Stop criminalizaçom: A Esmorga, Centro Social em Ourense

Stop criminalizaçom: A Esmorga, Centro Social em Ourense

06-12-2005

PGL tenta mostrar o lado humano do movimento associativo após a operaçom policial que o colocou no alvo

PGL.- O Local Social A Esmorga está sito mesmo a lado do grande Centro Histórico e Monumental da cidade das Burgas. Justo por estas datas faz o seu 1º aniversário, e já dá para dizer que o projecto dinamizou enormente a vida cultural da cidade de Ourense. A operaçom policial de Novembro passado também chamou as suas portas; Lico, um dos responsáveis pola actividade cultural do local conta-nos o que é A Esmorga e como afrontam o futuro.

Qual a funçom principal e quais as actividades desenvolvidas polo C.S. A Esmorga?

O Centro Social nasceu há menos de um ano e hoje recolhe por volta de 60 pessoas. O seus estatutos definem-na como umha proposta popular em defesa da cultura nacional, os valores solidários e os interesses e direitos históricos da Galiza. O seu eixo principal, sobre o que se articula, é a defesa da língua (monolingüismo e reintegracionismo), partindo do princípio sociolingüístico de compactaçom da massa social favorável ao idioma.

Realizamos actos de cariz variado: concertos, cursos de língua, palestras de história, passamos filmes, conta-contos, teatro, pandeireta... A ideia foi e é que as pessoas da Comarca ourensá que tenham algo que dizer fora do Statu Quo tenham um espaço onde organizar-se e mostrar-se.

Que pessoal envolve?

Na verdade, há pessoas de sectores diversos, da dança tradicional, como Algaravia, da língua, como a Agal e o MDL, do teatro, como as Esmorganas, do feminismo, como as MNG...

Por que achais que fostes vítimas do registo da G.C.?

Nom foi um registo mas um saque. Possivelmente por razons ideológicas. Levaram de todo: o dinheiro do Magusto, os papéis legais da organizaçom, dous equipamentos informáticos, um projector, livros de contabilidade da nossa associaçom, material de outros colectivos... até 8 caixas. A primeira valoraçom é que carregárom contra tudo o que estivesse relacionado, directa ou indirectamente, com o independentismo.

Qual a reacçom das pessoas associadas?

O dia do registo mantivemos a calma mais absoluta e já depois tentamos manter o ritmo associativo. Ora, o roubo de material interno de tipo administrativo tem criado contratempos. Na verdade, o sentimento dominante foi de espanto, ficamos sideradas.

Qual o relacionamento com a vizinhança antes e qual agora?

No dia do registo, vários vizinhos vinhérom a se interessar e defender-nos e tivemos mesmo de acalmá-los. No entanto, nom sabemos ainda em que medida a acçom policial poderá sujar a nossa imagem. Para nós é importante nom sermos um ilhéu e integrar a nossa actividade na vida do bairro. Foi assim que no S. Joám organizamos na esplanada de S. Francisco, além da clássica paparota, jogos para crianças que tivo muito sucesso congregando muita rapaziada.

Achais que o facto de ser monolingues em galego é motivo de suspeita?

Nom achamos, nom. Noutras cidades, quem sabe, mas em Ourense o facto de falar galego está longe, ainda, de ser excepcional. Nom é algo, ao revés de Vigo, que dê nas vistas.

Nota: A conhecida como «Operação Castinheira», actuação das forças de segurança espanholas dirigidas contra o pessoal da Assembleia da Mocidade Independentista, fez também rusgas nos centros sociais da Gentalha do Pichel e da Revolta.

Numerosos colectivos mostraram o seu apoio e solidariedade, entre os quais: Associaçom Galega da Língua (AGAL) BRIGA, Burla Negra, CineClube de Compostela, ERVA, Mulheres Nacionalistas Galegas (MNG), Novas da Galiza, MDL, Fundaçom Artábria, Centro Social Atreu, Espaço Galego dos Países Catalães.

Escrito ?s 06:00:00 nas castegorias: Velha Esmorga, Informaçons
por csesmorga   , 622 palavras, 952 visualizaçons     Chuza!

Sem comentários ainda

    A Esmorga somos cada vez mais pessoas que apostamos pelo activismo social e cultural comprometido com a realidade em que vivemos.

    Trabalhamos para promover a língua e a cultura galegas, a sensibilidade para com o meio ambiente e a solidariedade entre as pessoas e os povos.

    Torna-te esmorgan@

    O entusiasmo, o espírito positivo, o empenho e a diversão são as nossas ferramentas de trabalho para construir tijolo a tijolo um mundo mais justo e agradável para tod@s.

    A porta da Esmorga está aberta para qualquer pessoa que queira conhecer-nos ou mergulhar neste projecto.

    ASSOCIA-TE!Torna-te esmorgan@
    Inscrição on-line



    http://aesmorga.agal-gz.org

    aesmorga[arroba]agal-gz.org

    Facebook esmorgano Flickr esmorgano Calendário esmorgano
      Outubro 2021
      Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
       << <   > >>
              1 2 3
      4 5 6 7 8 9 10
      11 12 13 14 15 16 17
      18 19 20 21 22 23 24
      25 26 27 28 29 30 31

      Busca

      powered by b2evolution free blog software