Apresentação Filhos da Brêtema

Apresentação Filhos da Brêtema

13-12-2010


A Esmorga Blogue - Esta sexta-feira, 17 de Dezembro, às 20h30, Artur Alonso Novelhe apresenta o seu novo poemário Filhos da Brêtema no nosso local.

Segundo lemos no site da Imperdível, Artur Alonso Novelhe dá-nos conta das suas inquietações, aspirações e sugestões com um idioma poético muito próprio e que o principia a singularizar na Galiza. Com efeito, quem tenha contactado outros produtos literários dele reconhecerá nesta nova proposta o seu estilo, inconfundível, que também se reflecte na sua maneira de recitar, e de dizer o seu discurso e o seu mundo.

É este um processo de crescimento individual, que se enriquece com uma continuada formação e um generoso esforço por atingir uma comunicação efectiva com o leitor. Esquece velhos clichês e procura uma linguagem nova que espelhe melhor os aconteceres deste século XXI, que na primeira década oferece interrogantes antes quase impensáveis, com os quais já estamos a conviver. São crises, reptos e oportunidades que batem com costumes que há de revisitar e revisar, talvez por não saber ler sinais que alertavam delas e que levaram a decepções que, com efeito, têm soluções, mas exigirão actuações com renovadas ilusões, energias e metodologias para não frustrar as expectativas.

Em Filhos da Brêtema emerge também a decepção, que leva mesmo o escritor a questionar-se o seu próprio trabalho; mas ultrapassa-se com fórmulas que tentam estabelecer esperanças para um futuro melhor em que o home, como a comunidade em que se insere, deixem atrás dependências desnecessárias e encarem uma convivência mais plural, multicultural e enriquecedora num mundo certamente globalizado. Mas com uma globalização que não signifique invasão cultural e submetimento: antes pelo contrário, que vise uma sociedade que saiba compartilhar melhor o meio e os meios, sem desigualdades, com diálogo cordial, com lutas em que não haja objectivos de infravaloração, mas de atingir umas condições de vida que façam acreditar numa existência melhor e diferente, e em que a colaboração, a solidaridade e a cumplicidade social sejam regra e não exercício excepcional.

A poesia que aqui se nos oferece leva a pensar nisso, e tenta ser um contributo para que as melhores ideias resultem bem sucedidas. Artur Alonso Novelhe nesta ocasião inova o Campo Literário galego e situa-se numa vanguarda que anda a abrir-se caminho, ao oferecer um dos primeiros produtos redigido segundo o novo Acordo Ortográfico
.

Escrito ?s 11:40:18 nas castegorias: Actividades
por csesmorga   , 383 palavras, 224 visualizaçons     Chuza!

Sem comentários ainda

    A Esmorga somos cada vez mais pessoas que apostamos pelo activismo social e cultural comprometido com a realidade em que vivemos.

    Trabalhamos para promover a língua e a cultura galegas, a sensibilidade para com o meio ambiente e a solidariedade entre as pessoas e os povos.

    Torna-te esmorgan@

    O entusiasmo, o espírito positivo, o empenho e a diversão são as nossas ferramentas de trabalho para construir tijolo a tijolo um mundo mais justo e agradável para tod@s.

    A porta da Esmorga está aberta para qualquer pessoa que queira conhecer-nos ou mergulhar neste projecto.

    ASSOCIA-TE!Torna-te esmorgan@
    Inscrição on-line



    http://aesmorga.agal-gz.org

    aesmorga[arroba]agal-gz.org

    Facebook esmorgano Flickr esmorgano Calendário esmorgano
      Agosto 2018
      Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
       << <   > >>
          1 2 3 4 5
      6 7 8 9 10 11 12
      13 14 15 16 17 18 19
      20 21 22 23 24 25 26
      27 28 29 30 31    

      Busca

      free blog software