A música de Camilo Nogueira

A música de Camilo Nogueira

Altera Galiza.- Sempre é enriquecedor assistir aos lançamentos editorias. Bem certo é que a leitura dos livros, na verdade, é necessária para a compreensão e desfrute total do universo criado, contado ou... cantado pelo poeta, ensaísta ou cantor, seja qual for o seu caso. Mas, ouvir em vivo as explicações de pessoas como Camilo Nogueira dá já uns juros que faz render bem o tempo investido, mesmo sejamos discordantes nalguns pontos com ele.

Pois bem, a sempre dinâmica -nunca será suficientemente valorizada- Livraria Torga voltou a disponibilizar a sua loja para acolher em passada terça-feira, 13 de Junho, o lançamento editorial, na, ainda, cidade das Burgas, do último produto saído da caneta, pensamento e trabalho do infatigável Camilo Nogueira. Falamos d' «A terra cantada», editado sob a chancela de Xerais.

Neste livro o já histórico político viguês, infelizmente hoje sem responsabilidades na vida pública, lança conjuntamente uma série de textos que têm a ver com o seu trabalho político e a sua concepção da situação socio-política e económica da Galiza e do mundo dos últimos 7-8 anos (e também da língua, claro).

Ainda, também se recolhem mais alguns textos da década de 80 que reflectem determinadas propostas bem contrastáveis nos dias de hoje, nomeadamente pela sua actualidade (estatuto de nação, direito de autodeterminação, movimentos sociais, construção europeia, império ianque, conflito palestiniano...).

Enfim, não vou contar muito do que o Camilo disse. Depois de ouvi-lo conclui que o livro pode dar para uma boa leitura, embora alguns dos artigos publicados são, na realidade, recuperações dos jornais nos quais Camilo colaborou -e colabora- com as suas opiniões e, por isso mesmo, talvez já os tenhamos lido. Acho que a estrutura em quatro grandes capítulos confere ao livro uma estrutura interna muito interessante: «O comezo do mundo» (limiar), «Provincia ou nación», »A memoria e a amnesia», «Unha revolución histórica» e «O imperio declinante».

Para já convido para ouvirem as palavras do Camilo e, também, do seu apresentador, Marcos Valcárcel. Sob a minha opinião valerá a pena. E depois, caso não o tenham feito já, podem(os) desfrutar e reflexionar com a leitura do livro. E pessoal, Camilo prometeu mais produção, inédita, de aqui a pouco.

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

Camilo Nogueira e Marcos Valcárcel

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

Título: «A Terra Cantada»
Emissão: Inédita (prevista em Rádio Alhariz)
Data: 13 de Junho de 2006, 20h30
Lugar: Livraria Torga (Ourense)
Duração: 1h 23 min. aprox.
Participantes: .- Camilo Nogueira
Apresentação: .- Marcos Valcárcel (Historiador)
Gravação: Digitalizada em formato MP3 a 44 Khz e 128 Kbps
Arquivo mp3:
(79.7M)
Fazer Descarga  Fazer Descarga
=> [Botão direito, Salvar Como...]


* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

Escrito em 15-06-2006, na categoria: Política, Áudio
Chuza!

Sem comentários ainda

        Busca

      powered by b2evolution