« 27-J Manifestaçom pola língua em CompostelaRoteiro pola Rota da Pedra e da Água »

Ante o retorno do monumento a Castelao a Santa Maria

  18:05:16, por da Cultura   , 342 palavras  
Categorias: novas

Ante o retorno do monumento a Castelao a Santa Maria

07-01-13

A Associaçom Cultural Amig@s da Cultura quer expressar a sua opiniom ante a recente decissom da Cámara Municipal de devolver o monumento a Castelao ao seu espaço original. Se bem é umha decissom positiva, achamos que só corrige parcialmente a lamentável desfeita inicial, posto que o monumento nom volta ao seu lugar exato nem volta nas mesmas condiçons em que estava. Se agora se retifica e reconhece o erro cometido, por que se permitiu antes? Alguém sente remorsos polo seu vergonhento consentimento inicial?

Queremos lembrar que a existência do complexo escultórico realizado polo escultor Manuel Garcia Buciños, que inclui nom só a escultura do patriota Daniel Castelao mas também a pedra sobre a qual estava colocada e o carvalho que a acompanhava, foi um projeto impulsionado pola nossa associaçom em 1982 que foi sufragado mediante umha campanha de subscriçom popular e finalmente colocado no seu espaço originário em Santa Maria em 1983, após a luita contra a negativa do reaccionário governo municipal daquela altura.

Também que Amig@s da Cultura nomeou o povo galego como o proprietário do complexo escultórico, por tanto a Cámara Municipal nom tinha direito nengum a modificá-lo e destrui-lo, e menos sem consultar nem ao povo nem à nossa associaçom. Mas esse foi o prepotente comportamento do governo municipal em 2010, quando decide arbitrariamente recolocar a escultura de Castelao na zona do Museu de Ponte Vedra, destruindo o complexo escultórico como o conjunto que era inicialmente, danando a escultura durante o seu translado, e eliminando a placa inaugural que estava colocada na pedra.

A Cámara Municipal demonstrou naquela altura um nulo respeito polo património artístico da cidade, que nom podemos separar do seu afám turistificador da Zona Velha que incluiu outras atuaçons mui discutíveis, como as remodelaçons da Praça da Verdura ou da própria Avenida de Santa Maria. Esperemos que esta retificaçom da nefasta atuaçom municipal seja umha liçom para que cousas assim nom se repitam no futuro. A cidade, e menos ainda o seu património artístico e histórico, nom som propriedade dos governos, som propriedade do povo.

Ponte Vedra, janeiro de 2013

Ainda sem comentários

Abril 2019
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
 << <   > >>
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28
29 30          

Pesquisa

  Feeds XML

blogtool