« Crónica do IV Roteiro da PantalhaChega o IV Roteiro da Pantalha! »

Apoiamos as reivindicaçons da Plataforma Salvemos a Fracha!

  15:53:43, por da Cultura   , 325 palavras  
Categorias: novas

Apoiamos as reivindicaçons da Plataforma Salvemos a Fracha!

20-10-14

Da Associaçom Cultural Amig@s da Cultura queremos somar-nos às entidades que já manifestárom o seu rejeitamento ao projeto da autovia A-57 polas suas consequências de destruiçom do território e o seu carácter desnecessário.

Apoiamos esta luita vizinhal, encabeçada pola Plataforma Salvemos a Fracha, porque, como dizemos, é umha infraestrutura que nom necessitamos e que, de levar-se a cabo, suporá umha destruiçom irreparável do território (mais umha vez), com consequências negativas no ambiental e paisagístico, mas também no social e no económico.

O Ministério espanhol de Fomento tem que retirar este projeto, que pode supor o gasto de 84 milhons de euros numha autovia que nom cobre nengumha necessidade real e que tem um impacto ambiental, paisagístico e patrimonial mui severo em lugares como a Ermida, Pintos, Tomeza e várias paróquias de Vila Boa, como denuncia a vizinhança afetada.

Reclamamos também que todas as instituiçons (do Concelho à Junta) se posicionem ativamente contra a A-57.

Há alternativas para melhorar o transporte entre Ponte Vedra e Vigo e outros concelhos da zona, como a eliminaçom da portagem da AP-9, fazendo esta gratuita e pública e nom essa espécie de imposto feudal para AUDASA que agora é.

Mas também queremos questionar a ideologia do ?progresso? e do desenvolvimentismo que está por detrás deste e de tantos projetos de infraestruturas padecidos por toda a Galiza. Umha destruiçom de recursos económicos e de um território que é a base imprescindível para a nossa vida, atual e futura, em troca de benefícios multimilhonários para uns poucos empresários.

Autovias, linhas de ferrocarril como a do AVE, polígonos industriais em cada concelho, minas, ?cidades da cultura?... há muitos exemplos de infraestruturas que o tempo demonstrou ou demonstrará inúteis, infrautilizadas e nada rentáveis, mas que causam danos de difícil ou impossível reparaçom.

O crescimento económico nom pode ser eterno, temos que fazer-nos conscientes disto, e o ?progresso? que nos vendem é umha mentira que pom em sério perigo o nosso futuro.

Ponte Vedra, outubro de 2014

Ainda sem comentários

Junho 2024
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
 << <   > >>
          1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30

Pesquisa

  Feeds XML

powered by b2evolution free blog software