« A partir do dia 1 de Janeiro, vamos estar de olho no conflito lingüísticoAssembleia Geral Ordinária no dia 20 de Janeiro »

Machina em concerto na Fundaçom Artábria

28-12-2007

  18:32:03, por artabria   , 428 palavras  
Categorias: Concertos

Machina em concerto na Fundaçom Artábria

O grupo de Emo-Core de Cerzeda, Machina, estará no próximo sábado pola segunda vez no nosso Centro Social. Será às 22.30 e o preço do bilhete 3 euros para nom sóci@s e 2,5 para @s nossas sóci@s. Recomendamos visitar o myspace do grupo para conhecer mais desta jovem e prometedora banda galega.

Reproduzimos a crónica que o companheiro Xende Lopes Teixeiro fixera do seu primeiro concerto na Artábria.

"Neste sábado dia 24 de Fevereiro, visitou o local da Fundaçom Artabria o grupo Machina, que desde Cerzeda chegou a Ferrol para descarregar a sua potente e particular visom de fazer metal.

Machina som 4 rapazes que, tanto no pessoal como no musical, som mui grandes e que nom merecem nada a escaseza de público que havia ontem no concerto. Mas esta é a lamentável realidade cultural deste país; em qu,e dia sim, e dia também, choramos a perda e a morte lenta e dolorosa da nossa cultura; mas que, dada a ocasiom, nom perdemos a oportunidade de escapar para ver um grupo foráneo que vende milhares de cópias do seu trabalho, em vez de estar desfrutando da música que fai um grupo galego comprometido com a Galiza e com a juventude, que está a começar e que merece todo o nosso apoio. Enfim; dito fica.

Alegro-me de nom ser “um desertor”. E alegro-me de ter estado ontem neste concerto, porque os Machina, apesar de estar a actuar perante umha vintena de pessoas, crescêrom e pareciam estar a tocar no cenário principal do mítico FestiMad.

Os quatro de Cerzeda estivérom no nosso local apresentando os temas da sua primeira maquete (que, afinal do concerto, repartírom de graça entre os e as presentes) e um adianto do que será o seu primeiro trabalho que, com um bocadinho de sorte, verá a luz depois do Verao. Umha música lavrada a base de motivaçom e sacrifício, composta pola contundente bateria de Mahi, os sons arrincados da guitarra de Gonzalo, o ritmo do baixo de Anxo e a voz, melódica em alguns momentos e desgarradora em outros, do Martín.

Um concerto que fijo as delicías d@s que lá estivemos e que rematou com umha espectacular improvisaçom de Martín e Carlinhos que arrincárom com umha demonstraçom de ‘beatbox’ e de rimas improvisadas.

Grandes. Mui grandes."

Vídeos

[youtube]qjK5RvupvsA[/youtube]
Machina - Cobarde [incompleta]

[youtube]RZlfIHs5luU[/youtube]
BeatBox de Martín e Carlinhos

Sem comentários ainda

Horário de Abertura
- Segundas a sextas 10.00h-13.30h // 17.30h-feche
- Sextas e Sábados 18.00h-feche

A Associaçom Reintegracionista Artábria, nascida em 1992 em Narom, transformou-se em abril de 1998 em Fundaçom, inaugurando em setembro desse mesmo ano o seu Centro Social.

A Fundaçom Artábria está declarada de Interesse Galego e classificada de interesse cultural, com o número de inscriçom 54 e CIF:G15645518.


Para saberes mais, lê a definiçom da Artábria na wikipédia + info

Busca

Ferramentas de administraçom

  Feeds XML

powered by b2evolution free blog software