« Histórico debut internacional das seleçons da Galiza e Bretanha, com caráter oficial, de futebol gaélicoApresentado XII Festival da Terra e da Língua »

XII Festival da Terra e da Língua concluiu, com festa e reivindicaçom de seleçons nacionais galegas

22-07-2012

Link permanente 18:50:53, por Fundaçom ARTÁBRIA Email , 566 palavras, 501 visualizaçons   Português (GZ)
Categorias: Festival da Terra e da Língua

XII Festival da Terra e da Língua concluiu, com festa e reivindicaçom de seleçons nacionais galegas

Mais um ano, e já vam 12, o Festival da Terra e da Língua que decorre cada verao em Narom constituiu umha referência reivindicativa e festiva. A mudança de localizaçom nom evitou que mais e mais pessoas participassem, apoiando a nossa língua, a nossa cultura e a oficilidade plena das nossas seleçons desportivas.

Continua:

Umha exposiçom e umha palestra sobre o desporto galego e sobre a necessidade de o dignificarmos coletivamente, exigindo apoio à prática de base e o reconhecimento da nossa participaçom oficial a todos os níveis, servírom de preámbulo para a XII ediçom do Festival da Artábria, que neste ano foi transladado do Moinho de Pedroso para a também bela localizaçom, em Júvia.

Futebol gaélico de caráter internacional e oficial

Na tardinha do dia 20, sexta-feira, desta vez apostamos na prática desportiva em lugar do concerto prévio que se fazia em anos anteriores. A mudança pretendia salientar outros aspetos da vida coletiva galega que devem ser apoiados, de maneira lúdica, mas com toda a seriedade.

Para isso, contamos com a valiosa parceria do coletivo Siareir@s Galeg@s, que figérom possível algo impensável: A localidade de Narom registou neste dia 20 de agosto o primeiro jogo internacional de caráter oficial de umha seleçom desportiva galega. A afortunada foi a seleçom de futebol gaélico, cujo jogo frente à da Bretanha foi reconhecido oficialmente pola Federaçom Irlandesa, máxima autoridade internacional nessa disciplina.

A festa desportiva protagonizada polo espetácular futebol gaélico trouxo umha vitória da Galiza, polo resultado de 5 golos e 8 pontos face aos 3 golos e 8 pontos da equipa bretoa.

Contodo, ambas seleçons vencêrom no mais importante: a irmandade e o reconhecimento inédito de duas seleçons de naçons sem Estado que contam com o aval do máximo organismo internacional de um desporto que poderá viver umha importante expansom no nosso país, segundo informaçons trazidas polos companheiros da seleçom galega e de Siareir@s Galeg@s. Haverá que acompanhar com atençom essa evoluçom.

À noite do dia 20, umha ceia fraterna entre as duas seleçons e várias dúzias de pessoas completou umha jornada importante que anunciava um festival especialmente festeiro neste ano.

Jogos infantis, música, reivindicaçom e festa rachada nas margens da ria

Ao longo do dia 21, sábado, as diferentes atividades previstas decorrêrom num belo dia ensolarado: a Charanga de Os Veraneantes, sessom vermut, jantar popular, festivalzinho de jogos tradicionais infantis...

Com maior pontualidade do que noutras ediçons (também nisso melhoramos!), começou a emocionante leitura do pregom por parte de Píli Neira, selecionadora nacional galega de futebol feminino. Palavras de compromisso com o desporto, com a língua, com o País... que fôrom muito aplaudidas polo público.

A seguir, os quatro grupos previstos fôrom passando polo cenário de Narom, diante de um antusiasmado público de desfrutou até a saída do sol.

Os magníficos Fracassados de Antemano, o rock corunhês dos já velh@s amig@s de Trapalhada, os bascos Betagarri, grandes profissionais e sempre solidários com a causa galega, a festa dos Cuchufelhos... e o fim de festa com DzSelectors.

Umha jornada memorável que foi possível graças ao trabalho voluntário de dezenas de sócias e sócios, amigos e amigas da Fundaçom Artábria. Sem todos e todas elas, nom seria possível mantermos esta importante iniciativa durante estes 12 anos.

Vista a boa receçom que, mais um ano, tivo o Festival da Terra e da Língua, a partir de hoje, a Artábria começa já a preparar a próxima ediçom do que já é um clássico da cultura popular galega, auto-organizada, lúdica e reivindicativa.

1 comentário

Comentário de: joám tavia [Visitante]
Estivo óptimo a gente gozou muito e pudemos ver umha organizaçom quase perfeita, melhor do que nunca!!!
23-07-2012 @ 12:40

Deixe o seu comentário


Seu endereço de e-mail nom será revelado nesse site.

Sua URL será exibida.
(Quebras de linha se tornam <br />)
(Nome, e-mail & website)
(Permitir que usuários o contatem através de um formulário eletrônico (seu e-mail nom será exibido.))
Horário de Abertura
- Segundas a quintas 17.00h-23.00h
- Sextas e Sábados 18.00h-02.00h

A Associaçom Reintegracionista Artábria, nascida em 1992 em Narom, transformou-se em abril de 1998 em Fundaçom, inaugurando em setembro desse mesmo ano o seu Centro Social.

A Fundaçom Artábria está declarada de Interesse Galego e classificada de interesse cultural, com o número de inscriçom 54 e CIF:G15645518.


Para saberes mais, lê a definiçom da Artábria na wikipédia + info

Calendário de atividades

Onde estamos?

Travessa de Batalhons nº 7 rés-do-chao
(Esteiro) Ferrol-Galiza
Telefone: 981 352 986
correiodeartabria(arroba)gmail.com


Ver Os meus Locais guardados num mapa maior

Busca

Ferramentas do usuário

Feeds XML

powered by b2evolution free blog software