Arquivos para: Março 2005

31-03-2005

Link permanente 01:30:16, por admin Email , 399 palavras   Português (GZ)
Categorias: Sobre a Baiuca Vermelha

Quem somos?

O sábado 30 de Julho abriu em Ponte Areas um novo local social impulsionado pola esquerda independentista. O Baiuca Vermelha soma-se assim à rede de centros e locais sociais que nos últimos anos tenhem sido criados em diversas localidades do país, -embora com modelos e postulados diversos-, orientados à construçom nacional da Galiza e à defesa e promoçom da cultura e da língua galega.

O Baiuca Vermelha está situado na rua Redondela 11 rés-do-chao da vila do Condado, e a sua inauguraçom tivo lugar com umha importante afluência de amig@s e vizinh@s, que acompanhárom durante horas com festa e alegria o anseiado espaço de liberdade ao margem do estreito corsé institucional.

Os cantores galegos Servando Barreiro e Tino Baz, o Quarteto da Gentalha, assim como um recital poético de Kiko Neves, amenizárom a festa de abertura.

Concidindo com a posta em andamento do Baiuca Vermelha foi inaugurada umha exposiçom de cartazes, autocolantes, programas, livros e diversos materiais, da dilatada trajectória das ja 19 ediçons do Festival da Poesia do Condado, em colaboraçom com a Sociedade Cultural e Desportiva do Condado.

Um espaço aberto à realizaçom de actividades culturais, reivindicativas e de lezer

O Baiuca Vermelha nasce com o firme propósito de ofertar ao conjunto da rede associativa e popular do Condado um espaço autogerido no que poder realizar todo tipo de actividades culturais, reivindicativas e de lezer, ao margem das raquíticas e, na maioria das ocasions, inacesíveis infraestuturas municipais e autonómicas.

O Baiuca Vermelha pretende fomentar umha cultura alternativa e emancipadora, promocionar actividades recriativas que facilitem à juventude e ao conjunto do povo trabalhador o acceso a visons do mundo e da realidade nom mediatizadas e deformadas polo meios de comunicaçom e as tendências dominantes do consumismo e o individualismo.

O Baiuca Vermelha aspira a ser um motor de actividades e projectos que melhorem a nossa sociedade de postulados emancipadores e críticos com o injusto modelo vigente.

As suas portas estám abertas a todo mundo, sem exclusons, nem trabas de nengum tipo. Aguardamos pois que cumpra os objectivos e se consolide como centro de difusom do melhor do nosso povo.

Nas vindouras semanas dotará-se de umha Assembleia Aberta que contribua a dinamizar actividades e iniciativas várias sobre os princípios da autogestom e autoorganizaçom popular.

O Baiuca Vermelha nasce com o firme propósito de ofertar ao conjunto da rede associativa e popular do Condado um espaço autogerido no que poder realizar todo tipo de actividades culturais, reivindicativas e de lezer, ao margem das raquíticas e, na maioria das ocasions, inacesíveis infraestuturas municipais e autonómicas. [+...]

Março 2005
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
 << < Atual> >>
  1 2 3 4 5 6
7 8 9 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27
28 29 30 31      

Busca

Centros Sociais

Aguilhoar - Ginzo de Límia Alto Minho - Lugo Aturuxo - Bueu Local Social A Esmorga de Ourense Gentalha do Pichel Local Social Faísca - Vigo A Fouce de Ouro - Ames Henriqueta Outeiro - Compostela Revira - Ponte Vedra A Revolta - Vigo A Treu - Corunha C.S. Roi Soga de Lobeira - Noia C.S. Gomes Gaioso - Corunha Mádia Leva - Lugo Arrincadeira - O Ribeiro
Fundaçom Artábria - Ferrol

Ferramentas do usuário

Feeds XML

powered by b2evolution