Nom merqueis em Repsol

27-07-2005

  20:42:14, por Corral   , 286 palavras  
Categorias: Outros, Dezires

Nom merqueis em Repsol

As vidas dos pobres nom contam para esta transnacional. Dous labregos morren e um está mui grave

O 30jun05 três membros dumha mesma família, campesinhos todos, fórom vítimas dumha terrível inflamaçom de GAS, ventado pola empresa REPSOL YPF.
Dous morrêron, o pai Emilio Ucieda e o filho Mario Ucieda, mentres o irmao maior, Edgar Ucieda, atopa-se em estado de shock num hospital de Argentina.
As vítimas prendêron um cigarro para axotar aos mosquitos, perto ao poço petroleiro Surubi D, situado a 300 quilómetros da cidade de Cochabamba, e o gás incendiou toda a superfície e 50 metros no seu o redor.
Os técnicos de REPSOL prometerom que 'unha equipa especializada em acidentes investiga as causas do acidente'.
Com o fim de fazer fronte a estas práticas e fazer umha denúncia a nível nacional e internacional, o 22jul05 , umha comissom inter-institucional da sociedade civil de Cochabamba realizou unha inspecçom ao Poço Surubi D, a qual constato que, sendo o ventar gás umha actividade ilegal que por em risco a povoaçom, Repsol nom só venta (já que se verificou que a emissom de gás continua), se nom que o fai ao exterior do espaço perimetral resguardado, polo tanto, o trágico desenlace, só era questom de tempo.
Até o momento Repsol só se responsabilizou dos gastos do enterro das duas vítimas, pero se nega a costear a pensom de viuvidade da esposa e mae dos falecidos, a qual ficou a carrego dum filho com demora mental e outro que ainda permanece hospitalizado em Argentina com queimaduras graves e em estado de shock, a raiz do acidente.

Sem comentários ainda

Junho 2024
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
 << <   > >>
          1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30

Busca

  Feeds XML

Ferramentas de administração

powered by b2evolution free blog software