O paraíso da morte

16-09-2005

  17:31:01, por Corral   , 150 palavras  
Categorias: Outros, Dezires

O paraíso da morte

Frances Newton foi assassinada legalmente em Texas (OU.S.A.) e Falsimedia rematou-na com o seu silêncio cúmplice

Por Iñaki Errazkin

Era negra e pobre. Como a maioria das vítimas do Katrina em Nova Orleáns. Negra e pobre, como a vida mesma dos pobres negros pobres. Nom ha redundância no que escrevo. Ha só realidade. Porque negra e pobre era Frances Newton, e por isso, nasceu com um número de probabilidades infinitamente maior que os de qualquer branca rica para acabar no moderno patíbulo no que os produtos químicos substituíram á soga e á corrente eléctrica. Negra, pobre e...assassina? Provavelmente si. OU se quadra nom. Ela sempre se declarou inocente, pero a justiça dos brancos di que arrebatou três vidas. Sem embargo, George W.Bush saca todos os dias moitas mais e segue de presidente do Império.

Sem comentários ainda

Maio 2024
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
 << <   > >>
    1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30 31    

Busca

  Feeds XML

Ferramentas de administração

free blog tool