OBAMA: A NOVA POLITICA IMPERIAL, MUDA O ENVELOPE MAS NOM O CONTIDO

26-02-2009

  00:29:18, por Corral   , 598 palavras  
Categorias: Ossiam

OBAMA: A NOVA POLITICA IMPERIAL, MUDA O ENVELOPE MAS NOM O CONTIDO

por Ossiám

A companhia American International Group (AIG), que foi resgatada polo Governo dos Estados Unidos em duas ocasions no ano passado e cujo 80% das acçons já pertence às autoridades do país, tem solicitado mais ajuda ante suas previsons de perdas por valor de 60.000 milhons de dólares (mais de 46.880 milhons de euros) para o quarto trimestre de 2008, que seriam as maiores da história da assinatura, segundo umha fonte próxima ao assunto.

Se finalmente cumprem-se as previsons de AIG, as perdas dos últimos três meses do ano seriam maiores que as de 54.000 milhons de dólares (42.182 milhons de euros) registadas por Time Warner em um trimestre de 2002 e duplicariam às de 24.500 milhons de dólares (19.138 milhons de euros) que a própria AIG sofreu no terceiro trimestre do passado ano. Naquele momento, o Governo incrementou seu pacote de resgate para a asseguradora até cerca de 150.000 milhons de dólares, informa Efe.

Segundo outra fonte próxima, as últimas rodadas de conversas com o Governo contemplam a possibilidade de que AIG receba financiamento suplementar a mudança de saldar sua dívida comercializando com sua capital. Ao que parece, a negociaçom está a produzir-se de maneira fluída e manejam-se outras opçons, polo que ainda nom há nada seguro, comentou a fonte.

A cadeia de televisom CNBC, que foi a primeira em anunciar as importantes perdas previstas para AIG, assegurou que se devem à reduçom de capital em bens comerciais e outros activos. Ademais, desvelou que se nom se atinge um acordo, os advogados da asseguradora poderiam ter preparado um anúncio de bancarrota, informaçom desmentida por umha fonte próxima.

Nacionalizaçom de Citigroup

Os contactos entre as autoridades financeiras estadunidenses e a assinatura, que se retomarám no próximo domingo, se produzem em um momento no que outra grande entidade, Citigroup Inc, se encontra em apuros e poderia ver como o Governo se faz com seu controle total e se converte em único accionista. Mesmo assim, é ainda possível que umha negociaçom entre ambas partes o evite. Polo momento, a Reserva Federal nom se pronunciou ao respeito, ainda que AIG tem confirmado a negociaçom, segundo o diário Financial Times.

Nom som as únicas entidades em risco de quebra. O Governo e as agências de regulaçom bancária dos Estados Unidos prometeram na quarta-feira sustentar aos bancos importantes do país com novas injecçons de capital. Essa intervençom levar-se-á a cabo mediante compra-a de acçons preferentes -sem direito a voto-, como no passado, mas a novidade é que poderão se converter em acçons comuns, segundo informaram em um comunicado.

A transformaçom de acçons preferentes em acçons comuns daria ao Governo um controle majoritário em algumhas dessas entidades. Segundo fontes da Administraçom, o problema consiste em que alguns bancos poderiam ser demasiado grandes para avariar, segundo informa International Herald Tribune.

E é que, os grandes bancos de EEUU estám em quebra. Assim mesmo, também se negocia umha nova injecçom de capital público nos grandes fabricantes de automóveis, tais como General Motors (GM) e Chrysler. Em definitiva, EEUU enfrenta-se a umha nova rodada de resgates de grande dimensom e custo. Pese a tudo, o presidente Barack Obama confia em reduzir o grosso déficit público do país em médio prazo.

A administraçom Obama continua a política económica de Bush de esvaziar as arcas públicas para dar milhons de dólares às empresas privadas em quebra

Sem comentários ainda

Julho 2019
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
 << <   > >>
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28
29 30 31        

Busca

  Feeds XML

Ferramentas de administração

multi-blog