É A GRIPE PORCINA UMHA ARMA BIOLÓGICA? Para quem estám destinados os 500.000 ataúdes de plástico depositados em Atlanta?

29-04-2009

  11:49:10, por Corral   , 1063 palavras  
Categorias: Ensaio

É A GRIPE PORCINA UMHA ARMA BIOLÓGICA? Para quem estám destinados os 500.000 ataúdes de plástico depositados em Atlanta?

Por: Paul Joseph Watson

Há alguns factores que sugerem que a gripe porcina matando gente em México poda ser umha arma biológica, mas obviamente nom se podem extrair conclusons neste momento. A Organizaçom Mundial da Saúde e o governo dos EE.UU. apressuram-se a negar essas reclamaçons.

O vírus da gripe porcina descreve-se como umha cepa completamente nova, umha mistura intercontinentais de recursos humanos, o vírus da gripe das aves e porcina. No entanto, a nom se têm notificado infecçons polo H1N1 dos porcos.

Segundo umha fonte conhecida dos ex oficiais da NSA Wayne Madsen, ?Um cientista das Naçons Unidas, que tem examinado o brote do mortal vírus de Ébola na África, bem como a vítimas do HIV / SIDA, a conclusom de que o H1N1 possui certos ? vectores ?que sugerem que a nova cepa de gripe tem sido geneticamente fabricada como arma militar de guerra biológica.

Madsen afirma que sua fonte, e outra na Indonésia, estám ?convencidos de que o actual brote de umha nova cepa de gripe porcina em México e em algumhas partes dos Estados Unidos é o resultado da introduçom de um patogénico humano de engenharia que poderia resultar em umha generalizada pandemia mundial, com consequências potencialmente catastróficas para o lar e as viagens internacionais e o comércio. ?

No entanto, é importante sublinhar que é demasiado cedo para fazer esta suposiçom. Temos que ter em conta que o número de vítimas tem sido relativamente baixo se se tem em conta o facto de que centos de milhares de pessoas em México contraem a cada ano as doenças infecciosas relacionadas com a pobreza como a tuberculose e a malária.

Fort Detrick, the US Army Medical Command que foi a fonte dos ataques com antraz de 2001, volta a atrair a suspeita à luz da gripe porcina após que se revelou o desaparecimento de umhas mostras virais em suas Biolabs.

The Frederick News . ?Chade Jones, porta-voz de Fort Meade, disse que CID está a pesquisar a possibilidade de que faltem mostras de vírus nos laboratórios do Exército dos EE.UU.

Em fevereiro, USAMRIID deteve seu trabalho quando comprovou que tinha umhas mostras que nom figuravam em sua inventario. Criminoso investigators from the US Army Criminoso Investigation Division unit at Fort Meade descobriu que entre as mostras desaparecidas se encontram as de vírus e os agentes patogénicos ébola, o ántrax e a peste.

Obviamente, à luz da actual gripe porcina, é muito surpreendente que surjam as suspeitas sobre um laboratório do exército do que se originou o escape do antrax no 2001.

No 2008 umha investigaçom do FBI e do Departamento de Justiça chegou à conclusom de que Bruce Edwards Irvins, um microbiólogo, vaccinologist, e altos comissionado na biodefensa, pesquisador do Exército dos Estados Unidos do Instituto de Investigaçons Médicas de Doenças Infecciosas (USAMRIID) em Fort Detrick, Maryland, é responsável polo envio do ántrax por correio aos membros do Congresso e aos meios de comunicaçom em setembro e outubro de 2001.

O facto de que Irvins aparentemente se suicidou pouco dantes do anúncio levou a suspeitar que ele era um Patsy em umha ampla parcela. Apesar das circunstâncias suspeitas, nom se realizou autópsia no corpo de Irvins. Seu advogado está seguro de que Irvins, que tinha cooperado com a investigaçom durante 6 anos, era inocente das cinco mortes por ántrax.

O Departamento de Justiça considerou o Dr. Steven Jay Hatfill era um forte suspeito nos ataques com ántrax, mas mais adiante iniciou umha demanda contra o governo e ganhou 5,8 milhons de dólares em danos e prejuízos. No New York Times publicaram-se suspeitas sobre o ? suicídio de Irvins,

Os temores de que umha pandemia global se estám preparando desde faz tempo na forma de um ataque biológico highly unusual number of deaths of top microbiologists to suggest that people with knowledge of the program are being eliminated.
Segundo ?Schall und Rauch? e a Yijad em Eurabia O primeiro caso mortal da gripe porcina (H1N1) se deu o 13 de abril em México e a visita de Barack Obama em México City foi o 16 de abril após saudar a Obama o Director do Museu antropológico da cidade de México morreu pola gripe porcina. Cousas de Mandinga?

O Periódico Reforma deu a notícia de que Obama deveria se ter contagiado depois de seu contacto com Solís. (Talvez Obama tinha um duplo? ou recebeu algum tipo de vacina previamente?)

Em México realizam-se medidas extremas restrictivas das reunions públicas devido ao vírus

Os estadunidenses parecem ter sido mas previsores. Nas cercanias de Atlanta, onde está o Instituto epidemiologico CDC em Madison, uns periodistas encontrarom em Novembro do 2008 um estranho contingente de 500.000 ataúdes de plástico .

Em Suíça desde faz anos os servidores públicos preparam-se para umha epidemia, médicos e hospitais realizam desde faz anos exercícios para atender a umha pandemia. Em Chicago em Fevereiro do 2009, servidores públicos do Centro de Catástrofes FEMA e o Ministério de Protecçom Nacional, (DHS) preparam-se para a instauraçom de fossas comuns e preparativos de tempos de guerra.

O 4 de abril do 2007, publicou-se umha carta recebida no Cemitério do State of New York e enviada polos escritórios de Cemitérios regionais, perguntando-ches em que quantia estariam preparados para receber, umha grande quantidade de cadáveres.
A Carta dizia assim::

?No caso de um desastre, com grande número de mortes ou de umha epidemia de gripe em sua regiom em que medida poderia seu Cemitério ter capacidade para o deposito temporário ou permanente de um elevado número de cadáveres resultantes daquela catástrofe ou epidemia gripal??

Em Novembro o IPPR britânico (?Institute of Public Policy Research?), anunciou que umha Pandemia do tipo SARS, poderia derrubar o sistema financeiro em umha profunda depressom e recessom, supondo que terroristas iniciassem um ataque bacteriológico.

Desse grupo fazem parte as elites industriais e militares britânicas: Lord Ashdown ex- OTAN General secretario Lord Robertson, Lord Guthrie experto em Segurança , Comandante do Sistema defensivo, Sir David Omand, Coordenador do Serviço secreto do Governo em Londres.

1 comentário

Comentário de: Edna Queiroz [Visitante]  
Edna Queiroz

Tudo é possível. As instituições internacionais devem estar atentas a
estas possibilidades, para que se minimize os efeitos ou até mesmo sejam combatidos antes do seu início.

Edna - Brasil

19-08-2009 @ 12:27
Junho 2024
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
 << <   > >>
          1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30

Busca

  Feeds XML

Ferramentas de administração

powered by open-source CMS software