AFEGANISTÁM, a NATO e a sua farsa de sangue

23-08-2009

  17:04:36, por Corral   , 407 palavras  
Categorias: Outros, Dezires

AFEGANISTÁM, a NATO e a sua farsa de sangue

Por Nazanín Amirian

Som possíveis eleiçons livres num País que agoniza baixo o terror dos talibans e a invasom de uns 100.000 soldados procedentes de 43 naçons que nom param de soltar bombas e mísseis sobre suas gentes? Afeganistám ?que fai 30 anos era umha República Democrática e em 2001, com a ocupaçom, passou a ser umha República Islâmica tutelada por Estados Unidos? tem celebrado umhas eleiçons que longe de ser a culminaçom do processo democratizador do país, só servem a Washington para pintar de normalidade o caos absoluto, demonstrar a utilidade das agressons militares, legitimar a seus políticos fantoches e dar vás esperanças a este sofrido povo. Umha farsa organizada com uns 65 milhons de euros doados polos membros da Aliança Atlântica.

O presidente Obama, que nom se enreda com palavreados sobre a democracia ou os nom direitos da mulher afegá e centra sua prioridade na segurança (de suas tropas!), tem investido mais quatro vezes em operaçons militares que em reconstruir o destruído. Os atentados do 11-S de 2001, ano da criaçom da ambiciosa Organizaçom de Cooperaçom de Shangai por China e Rússia, lançaram à maior coaliçom militar da história, liderada polo Pentágono, a tomar o Afeganistám que, apesar de nom encontrar nem umha sozinha prova que o relacione com ditos atentados, segue ocupada.

Que Bin Laden nom aparecesse (como as armas de Saddam), e que Washington procurasse umha nova aliança com os talibans, apresentam a Afeganistám como um ?dano colateral? de outros objectivos de EEUU: usá-lo de trampolim para fazer com o controle estratégico e energético de Eurasia, ponta de lança de operaçons militares na regiom e consolidar umha OTAN asiática. Hoje Afeganistám é o principal narco Estado do planeta; O PAÍS COM MAIOR NÚMERO DE CIVIS AFECTADOS POLA RADIOCTIVIDADE de toneladas de bombas proibidas descarregadas pola aviaçom invasora; O PAÍS ONDE TENHEM FUGIDO UNS CINCO MILHONS ( 5.000.000,.-) DE PESSOAS, DEIXANDO LÁ OUTRO TANTO DE VIÚVAS DE DE MENINOS ORFOS, QUE TENTAM AOS TRAFICANTES DE SEXO E DO ÓRGAOS; ONDE MORREM DE FAME UNS 400.000 MENINOS AO ANO e a esperança de vida nom atinge os 45 outonos; umha ditadura na que os críticos acabam em um de suas dezenas Guantánamos? Réquiem por Afeganistám.

Sem comentários ainda

Agosto 2020
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
 << <   > >>
          1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
31            

Busca

  Feeds XML

Ferramentas de administração

blogging software