Israel TEM ASSASSINADO ao menos SETE MIL 400 palestinianos em 20 anos

23-11-2009

  21:44:32, por Corral   , 402 palavras  
Categorias: Outros, Ensaio

Israel TEM ASSASSINADO ao menos SETE MIL 400 palestinianos em 20 anos

 De Betselem

Ao menos sete mil 400 palestinianos, entre eles mais de mil 500 meninos, tem sido assassinados polas Forças de Segurança israelitas nas últimas duas décadas e tem destruído mais de 10 mil moradias, segundo informou neste domingo um balanço da Organizaçom nom Governamental (ONG) Betselem, de Israel.

Depois de difundir estas estatísticas das violaçons de direitos humanos cometidas contra os palestinianos, a organizaçom, que cumpre 20 anos neste mesmo domingo, di que nom pode celebrar nada senom "comemorar, porque nom há nada que celebrar".

As últimas duas décadas tem estado marcadas polos confrontos da primeira intifada (1987-1993), da segunda intifada que começou em 2001 e da ofensiva devastadora "Chumbo fundido" de Israel contra a faixa de Gaza.

O relatório destaca que no ano 2009 está a resultar o mais sangrento ao mostrar um saldo de mil 33 palestinianos assassinados, entre os quais se destacam 315 menores, quase todos durante o ofensiva "Chumbo fundido" que arrancou o 27 de Dezembro de 2008 e concluiu o 18 de Janeiro de 2009. No entanto, fontes palestinianas e de organizaçons internacionais elevam esta cifra a mais de mil 400, em sua maioria civis, enquanto há 10 anos, só se registou a morte de oito palestinianos.

"Umha perspectiva de vinte anos deixa a um com o coraçom encolhido, especialmente pola continuada violaçom do direito à vida dos palestinianos e israelitas que resulta do conflito", assegura em um comunicado a directora da ONG, Jessica Montelh.

Apesar da dureza dos dados, Montelh considera que "se podem perceber alguns lucros em matéria de direitos humanos. Por exemplo,há vinte anos milhares de palestinianos eram sistematicamente e rotineiramente torturados durante as investigaçons e, graças aos esforços da comunidade defensora dos direitos humanos, na que se inclui Betselem, as torturas tem cessado".

Ademais, a ONG reporta a destruiçom de quatro mil 300 casas palestinianas em territórios ocupados como castigo das autoridades israelitas ou por nom contar com permissons administrativas, junto a outras seis mil 240 em diferentes operaçons militares em Gaza.

Betselem também denuncia que, desde seu nascimento em 1989, o número de colonos judeus que tem estabelecido sua residência nos Territórios Ocupados tem passado de 69 mil 800 a cerca de 420 mil, com 300 mil instalados em Cisjordânia e cerca de 120 mil em Jerusalém Oriental, o que constitui um dos principais escolhos para atingir um acordo de paz.

Israel tem fomentado a política de construir assentamentos em Cisjordânia, alegando razons religiosas e de segurança.

Na actualidade, o 59 por cento de Cisjordânia está oficialmente baixo o controle civil e policial de Israel.

Sem comentários ainda

Agosto 2020
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
 << <   > >>
          1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
31            

Busca

  Feeds XML

Ferramentas de administração

powered by b2evolution