CANTA O MERLO: Mercenários da OTAN detenhem, torturam e assassinam a imigrantes em Líbia

03-09-2011

  19:36:58, por Corral   , 603 palavras  
Categorias: Novas

CANTA O MERLO: Mercenários da OTAN detenhem, torturam e assassinam a imigrantes em Líbia

http://www.aporrea.org/internacionales/n187869.html

2 de Setembro de 2011.- Os mercenários da NATO estám a deter a milhares de imigrantes afros e levando-os aos acampamentos de prisioneiros como parte de represálias maciças que incluem relatórios de assassinatos indiscriminados, maus tratos e tortura, enquanto a capa "humanitária" da intervençom militar de ocidente rapidamente se desmorona.

Imigrantes africanos subsaarianos compreendem um terço do total da populaçom em Líbia, e segundo rumores umha minoria foram contratados por Gaddafi como combatentes, mas os mercenários estám a tratá-los a todos como combatentes inimigos, com relatórios de abusos, assassinatos e prisons maciços aumentando em volume.

Mercenários da NATO e ?esquadrons da morte? estám a deter a milhares de afros líbios e imigrantes africanos subsaarianos, acusando-os de luitar por Muammar Gaddafi e mantendo-os em cárceres improvisados na capital", informa agência AP.

A história de AP indica que virtualmente todas as vítimas som trabalhadores imigrantes inocentes e nom luitárom por Gaddafi, mas os mercenários ainda estám aos deter e internando-os nos estádios desportivos e outros acampamentos de prisioneiros simplesmente pola sua cor de pele.

Ao menos 5.000 homens foram presos, mas grupos de direitos humanos tenhem umha cifra mais alta.

Contodo o abuso vai mais ali das detençons maciças. O presidente da Uniom Africana, Jean Ping, dixo-lhe ao Washington Post que houvo umha clara evidência de assassinatos de represália. ?Eles estám a assassinar à gente, a trabalhadores normais, torturando-os", indicou. A história também relata como 500 pessoas de Darfur estám "desesperadas por sair de Líbia (...) eles temem muito polas suas vidas devido à sua cor de pele", segundo Richard Sollom, subdirector de Médicos polos Direitos Humanos.

Investigadores de Amnistia Internacional também presenciárom abusos no Hospital Central de Tripoli, "incluindo a homens que som tirados das camas dos hospitais para ser presos", enquanto também presenciam corpos nom identificados de homens pretos sendo transportados à morgue.

The Independent também informou que os representantes de Amnistia Internacional presenciárom como os ?esquadrons da morte? deitavam os corpos descompostos de 30 homens, case todos afros, logo que foram assassinados nos arredor de um hospital de campanha que levava o símbolo da média lua islâmica.

?Os assassinatos fôrom estimulados por rumores "ao que parece exagerados ou francamente falsos" de que Gaddafi contratara mercenários africanos de Chad e qualquer outro lugar para actuar como executores de civis líbios, disparando-lhes a sangue frio durante as supostos protestos", escreveu Rick Moram.

A possibilidade de que os abusos, torturas e assassinatos indiscriminados de pretos imigrantes e líbios aumentem num programa substancial de limpeza étnica racial levada a cabo por mercenários islamitas radicais, quem som dirigidos por terroristas de Al-Qaeda, é umha das razons pola que a Uniom Africana há rejeitado apoiar o acto da NATO de mudança de regime.

O ilegítimo Conselho Nacional de Transiçom de Líbia (CNT), criado em Paris, advertiu sobre os assassinatos por represálias, mas a CNT tem ?pouco poder" para deter as atrocidades dado que os comandantes como Abd Al-Hakim Belhadj e os seus mercenários tenhem aparentemente o controlo das grandes cidades incluindo Tripoli.

O tratamento dos mercenários aos afros líbios oferece umha prova mais para sublinhar o facto de que o pretexto ?humanitário? da NATO para umha intervençom foi um completo engano e que forças ocidentais aliás entregou um país inteiro a máfias de extremistas e racistas que continuarám violando e torturando à populaçom preta até que sejam expulsos do país por completo.

Os vídeos mostram clara evidência, a maioria dos quais som trabalhadores imigrantes inocentes e nom leais a Gaddafi, sendo torturados, atacados e assassinados polos ?esquadrons da morte? da NATO. O último vinde-o, particularmente perturbador, amostra a um homem afro pendurado para a exibiçom pública.

http://www.youtube.com/watch?v=DtuIZozNryo

http://www.youtube.com/watch?v=YNA8z5G-Xmk

http://www.youtube.com/watch?v=ihD20J2gXds

http://www.youtube.com/watch?v=15Eds2B6HlU

http://www.youtube.com/watch?v=megUguhKP6I

http://www.youtube.com/watch?v=r4oOAjCbXUg

http://www.youtube.com/verify_age?next_url=http%3A//www.youtube.com/watch%3Fv%3DCWitn-5v1Sc

Sem comentários ainda

Maio 2022
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
 << <   > >>
            1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30 31          

Busca

  Feeds XML

Ferramentas de administração

powered by b2evolution free blog software