CANTA O MERLO: O Reino Boubónico de Espanha a nível de Niger em compartimento da riqueza e à cola da Europa em gasto social

17-12-2012

  17:55:14, por Corral   , 413 palavras  
Categorias: Ensaio

CANTA O MERLO: O Reino Boubónico de Espanha a nível de Niger em compartimento da riqueza e à cola da Europa em gasto social

http://www.rebelion.org/noticia.php?id=160915

Diminuiçom drástica da igualdade de oportunidades em dados como conseqüência da crise provocada polo capital e a contra-revoluçom neo-fascista (ajustes neo-liberais) de Rajoy e a troika: 26'5% de abandono escolar, gasto social de quase nom 30%, crescimento da desigualdade social e aumento da pobreza.

A igualdade de oportunidades em Espanha retrocedeu a níveis de 1998, segundo denunciou um relatório publicado pola Fundaçom Ideias, que trata a evoluçom da desigualdade económica e social no país desde 1995.

No estudo, que analisa diversos indicadores sociais como nível educativo, salários ou redistribuiçom de impostos aos grupos mais desfavorecidos, mostra-se que a igualdade de oportunidades no Reino Boubonico de Espanha em 2010 quase nom chegava a um 33 sobre 100, um resultado similar aos 30 pontos registados em 1998. Este dado supom umha queda muito pronunciada com respeito aos 72 pontos alcançados só dous anos antes, em 2008, que se mantem como o registro mais alto da série que arrinca em 1995. Entre os dados analisados polo estudo, Espanha nom resulta favorecida em comparaçom com os 15 países da Europa ocidental que faziam parte da Uniom Europeia antes da ampliaçom aos países do lês-te em 2004 e 2007 (UE-15).

Assim, segundo o escritório de dados europeia Eurostat, Espanha é o país com a maior taxa de abandono escolar, chegando a 26,5 por cento face ao 14 em media da UE-15, e a sua taxa de desemprego entre intitulados universitários é superior em sete pontos (12,7 por cento face a 5,7 por cento na UE-15).

Em gasto social, Espanha é o penúltimo do ranking, sem chegar a 30 por cento do produto interno bruto (PIB), só por diante de Luxemburgo e longe de 35 por cento de investimento que realizam a França e Dinamarca. A respeito da desigualdade de ingressos entre os cidadaos mais ricos e mais pobres que estuda o índice Gini da ONU, Espanha alcança os 340 pontos, empatada com Niger, e 38 pontos por enzima da média da zona Euro, que fica em 302. Esta diferença reflecte-se no feito de que no Estado Espanhol, em 2010, 20 por cento mais rico da populaçom tivesse 6,9 vezes mais ingressos que 80 por cento da populaçom restante, face a 5 vezes em media na UE. Todos estes indicadores fam com que a taxa de risco de pobreza alcançasse o maior nível desde o inicio da série: 21,8 por cento em 2011 face a 19 por cento em 1995, segundo Eurostat.

Na sua análise, a Fundaçom Ideias pediu proporcionar "alternativas e soluçons que se adiantem às possíveis situaçons de desigualdade" e advogou por manter ao Estado como "um instrumento ao serviço de todos" que gere crescimento económico e coesom social.

Sem comentários ainda

Setembro 2020
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
 << <   > >>
  1 2 3 4 5 6
7 8 9 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27
28 29 30        

Busca

  Feeds XML

Ferramentas de administração

powered by b2evolution