02-09-2007

  01:28:07, por Corral   , 73 palavras  
Categorias: Ossiam

A IGREJA CATÓLICA ROMANA

Que crédito moral pode ter A Igreja Católica Romana se ainda nom assinou os Tratados internacionais sobre os direitos humanos?
Que ética manejam os bispos que ocultam os curas pederastas?
Que podem dizer um Estado, O Vaticano, que foi peça clave para o triunfo dos fascismos e o nazismo na Europa?
De que ética podem presumir um Estado, O Vaticano, que financiou e auspiciou a recente guerra na Iugoslávia?

  01:24:42, por Corral   , 210 palavras  
Categorias: Novas

GALIZA: DESERTO VERDE

Miserias "fraghianas": O deserto verde na Galiza, a herdança do P.P.

Um pé de eucalipto de 15 metros de altura é capaz de absorver cerca de 3,6 mil litros de água no ano.

É por todos bem conhecido que esta árvore por nom perder folhas absorve muita água do solo a fim de se manter viva. A água e o lume som as questões que mais preocupa aos científicos e ambientalistas em relaçom à monocultura de eucalipto.
.
A monocultura de eucalipto é o deserto verde, pois a árvore, na sua procura de água, ressecará rios e lençóis freáticos do subsolo. Onde há eucalipto nom existe farduxeira nem mato, a vida do monte baixo.

O manto de terra do monte galego é delgado, e as vezes demais, por tanto as plantas nativas, o tojo, a gesta, etc., características do bioma galego sobrevivem no verão em virtude da sua pouca necessidade de agua que bebem no orvalho e nas brisas nocturnas, a vez que mantenhem húmido o manto de terra onde assentam; nom assim o eucalipto que resseca o seu, para ?chamar? polo lume e poder espalhar-se a novos lugares mais ajeitados. Ao fabricar madeira para a celulose, derramamos água, que é hoje umha das riquezas mais disputadas no mundo.

  01:12:02, por Corral   , 118 palavras  
Categorias: Ossiam

Gaza: o maior campo de extermínio

Hoje tenho vergonha de pertencer à civilizada Europa.

Nunca o Mar Morto será mais salgado. As lágrimas palestinas assolagam-no. O seu amargor nom vem só do sofrimento do povo palestiniano. É a convivência de U.E. com os campos de extermínio israelís. Jamais existiu um até agora, com um milhão duas centos mil pessoas, jamais? Gaza, se o é. É o maior campo de extermínio planetário, e nós os civilizados europeus contemplamo-o e financiámos o espectáculo. Nom esqueçamos os pagamentos de Alemanha ao Estado Sionista, nom esqueçamos os acordos económicos da U.E. privilegiando a esse Estado expansionista, neonazi, racista, chamado Israel. Hoje tenho vergonha de pertencer à civilizada Europa.

  01:09:01, por Corral   , 301 palavras  
Categorias: Outros, Ensaio

DO FRACASSO IDEOLÓGICO AO FRACASSO FACTUAL

Resistir.info

O neoliberalismo fracassou há muito no plano ideológico. A prova disso é que as políticas económicas neoliberais têm de ser impostas aos povos através das artes do engano e da mentira. Basta ver o caso português, onde uma feroz política anti-trabalho está a ser aplicada pelo governo de um partido que se diz socialista. Mais flagrante ainda é o caso do Brasil, onde a aplicar a política económica imposta pelos credores da Wall Street está um presidente que até já foi operário. Quando eles têm de usar máscaras 'de esquerda' para executar políticas de direita estão a passar um atestado de falência à ideologia que realmente aplicam.
Entretanto, nada disto é grande novidade. A novidade está em que as políticas neoliberais agora começam a estalar também no plano factual. A gigantesca ruína do sistema financeiro dos EUA é uma consequência directa das políticas de desregulação iniciadas pelo governo Reagan. Elas conduziram o sistema financeiro estado-unidense ao desastre, além de muitas estruturas sociais ali existentes (saúde, educação, transportes, infraestruturas, etc). Esta crise sistémica ? intrínseca ao capitalismo neoliberal ? contagia agora os sistemas financeiros de todo o mundo, com pesadas consequências para todos o povos. Ela mal acaba de começar. Nos próximos tempos veremos os seus desenvolvimentos.
A terceira crise anunciada é a do mundo pós Pico Petrolífero. O Pico já terá sido atingido ou esta a sê-lo agora (antes de 2009 ou 2010, seguramente). Como será a conjugação das duas crises? Que consequências trará para a humanidade? Tudo indica que é o momento de tocar todas as campainhas de alarme. Enterrar o neoliberalismo e com ele o capitalismo é uma condição imperiosa de sobrevivência

  01:07:32, por Corral   , 73 palavras  
Categorias: Ossiam

A IGREJA CATÓLICA ROMANA

Que crédito moral pode ter A Igreja Católica Romana se ainda nom assinou os Tratados internacionais sobre os direitos humanos?
Que ética manejam os bispos que ocultam os curas pederastas?
Que podem dizer um Estado, O Vaticano, que foi peça clave para o triunfo dos fascismos e o nazismo na Europa?
De que ética podem presumir, um Estado, O Vaticano, que financiou e auspiciou a recente guerra na Iugoslávia?

31-08-2007

  00:07:36, por Corral   , 301 palavras  
Categorias: Outros, Ensaio

DO FRACASSO IDEOLÓGICO AO FRACASSO FACTUAL

Resistir.info

O neoliberalismo fracassou há muito no plano ideológico. A prova disso é que as políticas económicas neoliberais têm de ser impostas aos povos através das artes do engano e da mentira. Basta ver o caso português, onde uma feroz política anti-trabalho está a ser aplicada pelo governo de um partido que se diz socialista. Mais flagrante ainda é o caso do Brasil, onde a aplicar a política económica imposta pelos credores da Wall Street está um presidente que até já foi operário. Quando eles têm de usar máscaras 'de esquerda' para executar políticas de direita estão a passar um atestado de falência à ideologia que realmente aplicam.
Entretanto, nada disto é grande novidade. A novidade está em que as políticas neoliberais agora começam a estalar também no plano factual. A gigantesca ruína do sistema financeiro dos EUA é uma consequência directa das políticas de desregulação iniciadas pelo governo Reagan. Elas conduziram o sistema financeiro estado-unidense ao desastre, além de muitas estruturas sociais ali existentes (saúde, educação, transportes, infraestruturas, etc). Esta crise sistémica ? intrínseca ao capitalismo neoliberal ? contagia agora os sistemas financeiros de todo o mundo, com pesadas consequências para todos o povos. Ela mal acaba de começar. Nos próximos tempos veremos os seus desenvolvimentos.
A terceira crise anunciada é a do mundo pós Pico Petrolífero. O Pico já terá sido atingido ou esta a sê-lo agora (antes de 2009 ou 2010, seguramente). Como será a conjugação das duas crises? Que consequências trará para a humanidade? Tudo indica que é o momento de tocar todas as campainhas de alarme. Enterrar o neoliberalismo e com ele o capitalismo é uma condição imperiosa de sobrevivência

26-08-2007

  12:03:17, por Corral   , 0 palavras  
Categorias: Novas

23-08-2007

  10:53:58, por Corral   , 89 palavras  
Categorias: Ossiam

Os genocídas

Mentres o Bush e os seus sequazes fabricam o medo com Al Qaeda para alienar e conseguir o assentimento dos cidadãos norte-americanos as políticas terroristas dos USA (segundo Bush Ao Qaeda estaria a formar grupos para atacar Estados Unidos). Os militares superiores ianques admitem que Al Qaeda nom existe. Os generais Casey e Kimmit reconhecérom que o falecido terrorista Al Zarkaui foi criado polos serviços de guerra psicológica dos USA. O general Bergner manifestou que Al Baghdadi, sucessor de Al Zarkaui, era um actor.

22-08-2007

  21:18:16, por Corral   , 117 palavras  
Categorias: Novas, Ossiam

Gaza: o maior campo de extermínio


Hoje tenho vergonha de pertencer à civilizada Europa.
Nunca o Mar Morto será mais salgado. As lágrimas palestinas assolagam-no. O seu amargor nom vem só do sofrimento do povo palestiniano. É a convivência de U.E. com os campos de extermínio israelís. Jamais existiu um até agora, com um milhão duas centos mil pessoas, jamais? Gaza, se o é. É o maior campo de extermínio planetário, e nós os civilizados europeus contemplamo-o e financiámos o espectáculo. Nom esqueçamos os pagamentos de Alemanha ao Estado Sionista, nom esqueçamos os acordos económicos da U.E. privilegiando a esse Estado expansionista, racista, chamado Israel. Hoje tenho vergonha de pertencer à civilizada Europa.

  01:36:46, por Corral   , 689 palavras  
Categorias: Outros, Ensaio

Pola laicidade na Europa

C.I.L.A.L.P

Após a ruidosa rejeição do projecto de Tratado Constitucional Europeu, em 2005, assiste-se hoje a uma nova tentativa de impor aos povos da Europa uma nova formulação constitucional. Foi nessa sentido que, a 25 de Março de 2007, Ângela Merkel apresentou uma declaração dos 27 países membros da União Europeia visando relançar ?o processo constitucional? com termo em 2009.
No mesmo dia, a partir de Roma , Bento XVI lançava um apelo : ?Não desarmeis nem vos deixeis desencorajar ! Estais conscientes da tarefa de edificar, com a ajuda de Deus, uma nova Europa?. Um despacho de imprensa (ZENIT) publicava : ?A Europa deve tomar consciência das suas próprias raízes cristãs e do papel público da religião : tal é a mensagem saída do congresso organizado pela Comissão das Conferências Episcopais da Comunidade Europeia (COMECE) que reuniu, em Roma, de 23 a 25 de Março, 400 participantes?.
Alguém célebre disse um dia que, sempre que a História se repetia, era uma primeira vez como tragédia e uma segunda como comédia. É evidente que nos vai ser representada de novo a cena a que já assistimos em 2005. O Vaticano e outros vão fazer uma forte campanha para reclamar a referência a Deus e ao Cristianismo no preâmbulo do projecto de constituição europeia para, desse modo, atrair a atenção das opiniões públicas.
Contudo, tal como em 2005, o conteúdo profundamente clerical do projecto constitucional da União Europeia não estará no preâmbulo, mas sim no corpo da própria constituição. Recordemos que, no anterior projecto, o artigo 70º previa a possibilidade de manifestação de pertença e as práticas religiosas no domínio público e que o artigo 52º conferia um privilégio exorbitante às Igrejas.
Torna-se, pois, evidente que a ausência de referência a Deus e ao Cristianismo na Declaração de Berlim não visa realmente afirmar que essa futura constituição não venha a ser clerical. Em 2005, o Cardeal de Viena, Christoph Schönborn, um dos principais responsáveis da COMECE, desvendava a manobra então em curso : ?O preâmbulo da Constituição Europeia não constitui a questão essencial. O que é um preâmbulo ? É um prefácio. A substância de uma constituição reside no que nela está realmente escrito e, desse modo, eu estou muito satisfeito por poder dizer que as opções fundamentais desta constituição [o projecto de 2005] são boas e aceitáveis de um ponto de vista cristão?.
Uma vez mais, pois, os bons povos da Europa vão ser distraídos com a questão do preâmbulo para mais facilmente se fazer passar a manutenção da dominação religiosa dentro da própria constituição.
Para mais, no Conselho da Europa desenha-se uma manobra complementar. René Van der Linden, Presidente da Assembleia Parlamentar do Conselho da Europa, declarou, a 7 de Setembro de 2006, em Nijni Novgorod : ?A acção Jurídica e política do Conselho da Europa deve-se reforçar pela cooperação com as Igrejas e os demais organismos confessionais? Não há nenhuma razão para nos opormos a que as Igrejas, tendo em conta a sua especificidade, tenham um estatuto oficial no seio do Conselho da Europa?
A esse respeito, podemos inspirar-nos no [projecto de] tratado da União Europeia que estabelece uma constituição para a Europa que sublinha o papel desempenhado pelas Igrejas e as organizações religiosas no processo de integração europeia e onde se aponta a necessidade de lhes reconhecer um estatuto oficial para reconhecer o seu contributo essencial??
Como sempre, o Vaticano joga em dois tabuleiros. Seja pela União Europeia, seja pelo Conselho da Europa, a Europa vaticana continua a caminho. A Federação Francesa da « Libre Pensée » apela aos livres-pensadores, aos laicos e aos humanistas para que não baixem os braços. Em todos os países da Europa, permaneçamos vigilantes e preparemo-nos para a mobilização contra a Europa vaticana.

<< 1 ... 86 87 88 89 90 91 92 93 94 95 96 ... 118 >>

Maio 2024
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
 << <   > >>
    1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30 31    

Busca

  Feeds XML

Ferramentas de administração

powered by b2evolution