Galhas, galhos e bugalhos

Galhas, galhos e bugalhos

29-11-2015

Galho de carvalho cheio de bugalhos, também conhecidos por cecídios ou (nozes de) galhas na linguagem especializada

CONSULTA:

Como se diria em galego o port. galha, ing. gall, cast. agalla (formaçom grossa nas raízes das plantas produzida por parasitas), aposta a bugalho, excrescência das folhas produzida também por parasitas, tendo em conta que galha em galego comum da Galiza é ?ramo, póla?. Obrigado!

RESPOSTA DA COMISSOM LINGÜÍSTICA:

Para denominar as neoformaçons de tecido vegetal que apresentam aspeto variado, mas freqüentemente esférico e engrossado, causadas pola açom de organismos parasitas, como bactérias, fungos, insetos, etc., o galego-português dispom de um termo de especialidade de origem grega: cecídio. Para designar em concreto o cecídio globular induzido por parasitas no carvalho, pode também utilizar-se o vocábulo culto noz de galha, simplificável em galha, e o vocábulo popular (supradialetal) bugalho (galha também se pode aplicar, informalmente, a qualquer cecídio). Em todo o caso, no modelo de galego culto e especializado que patrocina a Comissom Lingüística da AGAL, o uso da voz galha com o sentido de ?cecídio (do carvalho)? nom colide com galha ?ramo de árvore?, dado que, nesse modelo lexical culto, galha ?ramo de árvore? é conceituado, de harmonia com os padrons lexicais lusitano e brasileiro, como elemento dialetal, frente ao supradialetal galho ?ramo de árvore?.

Categoria(s): Léxico
Chuza!

Sem comentários ainda

    Botom Consulta

    O Cosultório Lingüístico é um serviço da CL-AGAL para o povo galego, com o intuito de melhorar o conhecimento das normas prescritas por esta instituiçom, e dessa maneira ajudar a melhorar a qualidade da língua de todos/as as/os galegos/as.

    Busca

    powered by open-source CMS software