Tags: idoso

Maior e menor ou mais pequeno

18-09-2011

CONSULTA:

Vejo que no galego de Portugal e do Brasil nom é comum utilizar o superlativo composto "mais grande".

O normal é dizer "maior". Porém, sim utilizam "mais pequeno".

É correto no padrom lusitano "mais grande"? E no padrom galego?

RESPOSTA DA COMISSOM:

Em galego-português, em contraste com o que acontece em castelhano, maior e menor som comparativos de tamanho, nom de idade (em bom galego deve dizer-se, portanto, «a irmá mais velha / mais nova», «Quando for crescido/grande, quero ser médico» [= cast. «Cuando sea mayor, ...»] e «O elefante-africano é o maior mamífero terrestre»). Como comparativo de grande, nas variedades lusitana e brasileira do galego-português, socialmente estabilizadas, a forma *mais grande é considerada incorreta, polo que cumpre, do mesmo modo, excluí-la do galego culto; polo contrário, como comparativo de pequeno, admite-se tanto a forma sintética menor como a analítica mais pequeno.

Como conseqüência do perfil semántico que acabamos de atribuir a maior, tenha-se em conta que esta voz também pode utilizar-se em sentido ponderativo com o significado de ‘importante’ («Ernst Mayr foi um dos maiores biólogos do séc. XX»), e para indicar que umha pessoa atingiu a maioridade ou maioria de idade («Eu já som maior e podo entrar sozinho nos bares»), mas nom, como em castelhano, como eufemismo empregado para evitar a voz velho(s) (cast. «persona mayor», «hogar para mayores»); neste último sentido, em galego devemos utilizar idoso («pessoa idosa / idoso/a», «lar de idosos»).

Categoria(s): Morfossintaxe
Chuza!
    O Cosultório Lingüístico é um serviço da CL-AGAL para o povo galego, com o intuito de melhorar o conhecimento das normas prescritas por esta instituiçom, e dessa maneira ajudar a melhorar a qualidade da língua de todos/as as/os galegos/as.

    Busca

    Ligaçons:

    • Comissom Lingüística
    • AGAL
blogging tool