Tags: padronizaçom

Fui ou fum?

14-02-2011

CONSULTA:

Seria aceite na escrita, é só uma particularidade dialetal ou uma outra coisa?

Fui - Fum
Colhi - Colhim

Pablo César Galdo Regueiro

RESPOSTA DA COMISSOM:

Como é bem sabido, o galego perdeu de maneira muito maioritária a nasalaçom vocálica fonologicamente rendível que existiu na etapa medieval e que ainda existe em Portugal, Brasil e restantes países de língua portuguesa, ao ponto de ser considerado esse um traço caraterístico do português. Referimo-nos a formas como 'irmão', 'cães' ou 'canções'. Entretanto, na Galiza produziu-se também umha curiosa generalizaçom do traço consonántico nasal velar nas primeiras pessoas dos pretéritos perfeitos da segunda e terceira conjugaçons fracas e na mesma pessoa de todos os pretéritos perfeitos fortes, tal como se vê no exemplos colocados pola pessoa que nos fai esta consulta.

É verdade que existem ainda pontos no leste do nosso país (Portelas, Ancares...) onde se conserva a forma original nom anasalada. No entanto, é evidente o caráter muito maioritário da forma inovadora, provavelmente resultado da extensom analógica do -m presente noutras terminaçons do mesmo tempo. Esse fator, junto à inquestionável natureza endógena do fenómeno (o espanhol coincide aí com o resultado antigo galego e com o atual luso-brasileiro) tornam recomendável a padronizaçom das formas com nasalaçom, quer dizer, as segundas dos pares que figuram no enunciado da consulta. É isso que fam o Estudo Crítico e o Prontuário Ortográfico da AGAL desde as suas primeiras ediçons, de 1983 e 1985, respetivamente.

Categoria(s): Morfossintaxe
Chuza!