« O consumo responsável, a debate no GaiosoImagens e breve crónica da Festa do Solstício e a Festa Irlandesa »

Solidariedade com a populaçom imigrante

11-07-2009

Link permanente 12:02:00, por csggaioso, 599 palavras, 363 visualizaçons   Português (GZ)
Categorias: Associaçom

Solidariedade com a populaçom imigrante

O Gomes Gaioso chama a assistir à manifestaçom pola dignidade das pessoas imigrantes

O Gomes Gaioso expressa a sua solidariedade com as reivindicaçons da manifestaçom convocada pola associaçom Aseser – Teranga, em favor da dignidade das pessoas imigrantes. Esta manifestaçom convoca-se para chamar a atençom sobre as mudanças legais que vai haver no estado espanhol em matéria de imigraçom, umhas mudanças que se estám a apresentar perante a opiniom pública como melhoras e que na prática suponhem maiores travas para a integraçom social dos trabalhadores e trabalhadoras imigrantes.

Como Centro Social de orientaçom socialista e internacionalista, nom podemos mais que concordar com umha manifestaçom que denuncia a política migratória de um estado que nom combate a sério as redes de tráfico e exploraçom de pessoas e sim criminaliza às pessoas que cai em maos dessas redes, que entram clandestinamente em Europa porque nom se lhes oferecem outras vias para fazê-lo e que, em qualquer caso, venhem na legítima procura do que nom encontram nos seus lugares de origem: a possibilidade de viver em condiçons dignas, ainda que às vezes Europa nom seja o que puidera parecer.

Também pensamos que hoje mais do que nunca é necessário renovar o apelo à solidariedade de classe. O chamado de Karl Marx à unidade entre os trabalhadores e trabalhadoras do mundo tem hoje a mesma vigência que quando viu a luz, só que as circunstáncias actuais lhe fam cobrar um sentido ainda mais claro e concreto. @s imigrantes nom som @s noss@s inimig@s, antes som @s noss@s irmaos e irmás de classe e temos que contar com eles para a nossa luita; umha luita onde o verdadeiro inimigo é esse capital depredador, o mesmo que depauperou os seus países e os obrigou a emigrar, o mesmo que está a destroir a nossa paisagem, a nossa cultura, as nossas formas de vida e mesmo a nossa língua. O mesmo que tras provocar-se umha nova crise, quer-lhe fazer pagar a factura da desfeita quem move as engranagens do seu sistema de producçom: nós.

Apelamos também ao papel que na história do nosso povo tivo a emigraçom: emigrantes galegos na América forom Simón Bolívar, Ricardo Melha, Manuel “Gallego” Soto...geraçons de revolucionários que tiverom berço aquí e que na sua terra de adopçom se unirom à causa d@s humildes, porque a necessidade sim que é umha pátria comum. Por nom falar d@s anónim@s, que forom a maioria, que alí conhecerom e abraçarom ideologias revolucionárias e que de retorno ao seu país natal partilharom os seus novos conhecimentos com os seus compatriotas. Fagamos pois da imigraçom umha via de esperança para a classe trabalhadora galega e nom um motivo de confronto.

Activemos também as nossas alertas perante a ascensom da extrema direita (clássica ou moderna, organizada partidariamente ou nom) que vai intentar pôr no alvo do descontentamento popular pola crise e as regressons em matéria social às comunidades imigrantes. A extrema direita sempre utiliza esse bode expiatório como elemento de distracçom, já que, como conhecemos o fascismo é umha força de choque do capital para contrarrestar o movimento operário e neutralizar a luita de classes.

Portanto, o nosso fraternal cumprimento aos e às convocantes da manifestaçom do Domingo (saida às 19 horas, da rua Jorge Borrow) e a nossa adesom inequívoca.

Endereço de trackback para este post

Trackback URL (clique direito e copie atalho/localizaçom do link)

Sem comentários ainda

Deixe o seu comentário


Seu endereço de e-mail nom será revelado nesse site.

Sua URL será exibida.
(Quebras de linha se tornam <br />)
(Nome, e-mail & website)
(Permitir que usuários o contatem através de um formulário eletrônico (seu e-mail nom será exibido.))

Quem Somos?

Esta entidade nasce com a ideia de integrar todas aquelas pessoas que, de forma aberta, se quigerem implicar na dinamizaçom deste espaço, que tem visa organizar iniciativas alternativas que pulem pola transformaçom da realidade em que nos desenvolvemos. + info

gomesgaioso@gmail.com

Onde Estamos?

Estamos na Rua Marconi, 9 rés-do-chao [Atochas-Monte Alto] - Corunha (Galiza).

Abrimos de terças a sábados de 20h00 a 23h00.


View Larger Map
Biografia Gomes Gaioso

Busca

blogging software