Últimos comentários

Em resposta a: O/A galego/a de Doba/o

Luís [Visitante]
Continuam com a falsidade argumentativa de sempre. Dentro dos pressupostos "filosóficos" reintegracionistas atribuem-nos a consideraçom do "galego" como um "dialecto" do "português", para picar o orgulho galego e assim provocar a rejeiçom do reintegracionismo por cometer tal heresia. Os reintegracionistas sempre dixemos, com Joam Vicente Viqueira por exemplo, que o galego é umha forma de português como o andaluz o é do castelhano, e que se notem as diferenças nom implica que sejam "línguas outras". Em todas as línguas, em especial nas muito espalhadas, as diferenças convivem com as semelhanças; a consciência sócio-lingüística dessas diferenças aparece por vezes influída por preconceitos (como a falsa equivalência entre fronteiras políticas e lingüísticas, por exemplo), preconceitos superáveis com informaçom objectiva e cultura base de todas as liberdades.
Link permanenteLink permanente 11-06-2010 @ 00:13

Em resposta a: E uma semana depois, os vídeos!

Jo [Visitante]
*Olga
Link permanenteLink permanente 01-06-2010 @ 23:53

Em resposta a: E uma semana depois, os vídeos!

Jo [Visitante]
"Para um listo que tedes!"

Que bom! Magnífica performance!

Governo da Câmara municipal da Estrada: shame on you!

VIVA O REINTEGRACIONISMO E O HEDONISMO!!!

Grandes madrinhas Ugia e Ola!
Link permanenteLink permanente 01-06-2010 @ 23:53

Em resposta a: Em galego-português e em toalha estamos no mundo

gloria [Visitante]
¡ De todas formas es un punto eso de escoger el dia de la toalla para integrarse-o no (lo de la hora también me ha gustado) con Portugal ! No os vayais que en Andalucía se os quiere !!!Besos Gloria
Link permanenteLink permanente 27-05-2010 @ 09:19

Em resposta a: Fotos do DdoOLeR'2010 no Flickr

Umgrego [Visitante]
Recem chegado da Grécia,....

Loukaniko amigo, a toalha está contigo!!!!!
Link permanenteLink permanente 26-05-2010 @ 21:23

Em resposta a: DdoOLeR'2010: Compostela é onde, 25 de Maio é quando

Diadatoalhagz [Membro]
Sem dúvida! Quem tenha visto, lido, ouvido 'O Guia do Mochileiro das Galáxias' dará-se conta de que o Douglas Adams tinha uma inteligência fora do comum. Muitíssimo obrigado polo teu comentário, amigo Miguel! :D
Link permanenteLink permanente 24-05-2010 @ 13:03

Em resposta a: 'Chuza' apoia o DdoOLeR mais uma vez

Diadatoalhagz [Membro]
Muitíssimo obrigado ao amigo Berto e também aos 'chuceiros' ifrit, Galeguzo & Fer pola difussom:

O DdoOLeR'2010 quence motores [ifrit]

DdoOLeR, Dia da Toalha e Dia do Orgulho Friki, Geek ou Nerd [Galeguzo]

Ugia Pedreira 'amadrinha' a quarta ediçom do DdoOLeR [Fer]

Muitíssimo obrigado também ao Portal Galego da Língua:

Ugia Pedreira 'amadrinha' a quarta ediçom do DdoOLeR
Link permanenteLink permanente 24-05-2010 @ 12:55

Em resposta a: DdoOLeR'2010: Compostela é onde, 25 de Maio é quando

Miguel R. Penas [Visitante]
Um avançado ao seu tempo o senhor Douglas

-----------------

O futuro da Internet por Douglas Adams, em 1999

Por Pepe Flores em 17 de maio de 2010, 20:46 em Internet .


Sobre o Dia da Internet (também conhecido como o Dia Mundial da Sociedade da Informação), um texto brilhante recuperação de Douglas Adams , escritor de ficção famoso e conhecido por sua obra-prima: "The Hitchhiker's Guide a galáxia" . Como Worringer aprender a parar e amar a Internet (Como parar de se preocupar e aprender a amar a Internet) é um artigo publicado mais de dez anos, 29 de agosto de 1999, e mostra uma visão impressionante.

Adams começa o seu texto, esclarecendo três pontos fundamentais:

1) Tudo o que é em torno de nós ao nascer é normal.

2) Qualquer coisa que é inventada entre então e antes de completar 30 anos é incrivelmente excitante e criativo, e esperamos que você pode fazer uma carreira nessa área.

3) Qualquer coisa inventada depois de completar 30 anos é contra a ordem natural das coisas eo começo do fim da civilização como nós sabemos, e se acostumar a ser em torno de nós durante cerca de 10 anos, quando gradualmente aceitá-la.


Almeida falou sobre o início da massificação da Internet, quando a sociedade britânica (sobretudo a mídia) não conhecem o potencial da rede. O primeiro ataque foi, então, a credibilidade do que foi publicado no ciberespaço. Douglas respondeu que o problema não é acreditar em tudo o que aparece online, mas desenvolveram o péssimo hábito de acreditar cegamente que a TV ou os jornais publicaram. "Uma das mais importantes para aprender a Internet é que não há" eles "lá fora. Só um monte de 'nós'. "

Da mesma forma, também se queixou de que a rede foi outro ao invés de aumentar o fosso intransponível entre ricos e pobres. Uma superfície de previsão, levando em consideração o alto preço de computadores, modems e encomendas. No entanto, Adams compreendeu o potencial da Internet, prever que a sua descida rápida:

"O custo da ligação está rapidamente se aproximando de zero, e é uma razão muito simples: o valor da rede aumenta com cada pessoa extra acrescenta. É um dos custos de interesse coletivo cair mais e mais até chegar a nada até a última pessoa no planeta está interligado. "
Finalmente, Adams vê o surgimento da aldeia global, numa altura em que a humanidade está interligada, como nos dias em que os habitantes de uma aldeia conheciam uns aos outros, mas em uma escala global. Em suma, Douglas Adams, não só fez um texto profético de seu tempo, mas é totalmente aplicável é muito 2010. As redes sociais, localização geográfica, as comunidades virtuais ... toda mudança gera tanto nos mostrado sensações de emoção, tais como fobias e medos. É uma questão de (r) evolução.

http://bit.ly/clOhqe
Link permanenteLink permanente 20-05-2010 @ 11:03
    Outubro 2014
    Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
     << <   > >>
        1 2 3 4 5
    6 7 8 9 10 11 12
    13 14 15 16 17 18 19
    20 21 22 23 24 25 26
    27 28 29 30 31    

      Busca

    powered by b2evolution free blog software