Luciana Abreu: "Ainda não estou em pânico"

JR Sintra, 27 de Maio a 2 de Junho de 2008, pág. 3 (Premer na imagem para alargá-la).

Surpreendentes depoimentos ao Jornal da Região de Sintra da protagonista do cartazismo e musa do DdoOLeR'08, Luciana Abreu.

No vindouro domingo 1º de Junho a cantora e atriz portuguesa (que no passado domingo 25 de Maio, II Dia do Orgulho Lusista e Reintegrata e VIII Dia Internacional da Toalha, celebrou o seu vigésimo terceiro aniversário) "vai vestir a pele de apresentadora" pela primeira vez. Será n'O Melhor do Mundo, maratona televisiva com que a SIC comemora o Dia Mundial da Criança.

Continua:

"Não estou em pânico, mas sei que vou ficar..." confidenciou a protagonista de Floribella, admitindo ainda estar a esforçar-se "muito" para que tudo corra bem.

Resultam supreendentes estas palavras na boca duma pessoa nascida em 25 de Maio, Dia Internacional da Toalha, e que (tal e qual reza o Manifesto Tímido, escrito e lido para nós pelo João Guisán Seixas) tem "trazido alguma vez uma delas enroscada na cabeça".

"NÃO ENTRE EM PÂNICO!"

Para além de Dia do Orgulho Lusista e Reintegrata e dia de anos da Luciana Abreu, 25 de Maio é Dia da Toalha em homenagem a Douglas Adams, o saudoso criador d'O Guia do Mochileiro das Galáxias (em galego-português do Brasil, À Boleia pela Galáxia em galego-português de Portugal).

(...) O Guia do Mochileiro das Galáxias (...) é um livro realmente extraordinário(...) O livro é não apenas uma obra extraordinária como também um tremendo best-seller (...) Em muitas das civilizações mais tranqüilonas da Borda Oriental da Galáxia, O Guia do Mochileiro das Galáxias já substituiu a grande Enciclopédia Galáctica como repositório padrão de todo conhecimento e sabedoria, pois (...) ele é superior à obra mais antiga e mais prosaica em dois aspectos importantes. Em primeiro lugar, é ligeiramente mais barato; em segundo lugar, traz impressa na capa, em letras garrafais e amigáveis, a frase NÃO ENTRE EM PÂNICO.

[Trecho retirado da introdução d'O Guia do Mochileiro das Galáxias (PDF), introdução cuja versão cinematográfica pode ser vista aqui].

O Guia do Mochileiro das Galáxias faz algumas afirmações a respeito das toalhas:

Segundo ele, a toalha é um dos objetos mais úteis para um mochileiro interestelar. Em parte devido a seu valo prático (...) Porém o mais importante é o imenso valor psicológico da toalha. Por algum motivo, quando um estrito (isto é, um não-mochileiro) descobre que um mochileiro tem uma toalha, ele automaticamente conclui que ele tem também escova de dentes, esponja, sabonete, lata de biscoitos, garrafinha de aguardente, bússola, mapa, barbante, repelente, capa de chuva, traje espacial, etc., etc. Além disso, o estrito terá prazer em emprestar ao mochileiro qualquer um desses objetos, ou muitos outros, que o mochileiro por acaso tenha "acidentalmente perdido". O que o estrito vai pensar é que, se um sujeito é capaz de rodar por toda a Galáxia, acampar, pedir carona, lutar contra terríveis obstáculos, dar a volta por cima e ainda assim saber onde está sua toalha, esse sujeito claramente merece respeito.

Assim que, queridíssima Luciana, se não sabia agora já sabe: enquanto souber onde está a sua toalha não tem nada de que se preocupar! Muita merda no domingo e, por favor, NÃO ENTRE EM PÂNICO, NOM!!!*

* Lema do DdoOLeR'07. Como sabem, o lema escolhido este ano foi "A Nossa Língua 'Floribella' em Portugal" ;)

Escrito às 19:00:48 nas castegorias: Principal
por suso Email , 588 palavras, 998 visualizaçonsChuza!

Endereço de trackback para este post

Trackback URL (clique direito e copie atalho/localizaçom do link)

Sem comentários ainda

Deixe o seu comentário


Seu endereço de e-mail nom será revelado nesse site.

Sua URL será exibida.
(Quebras de linha se tornam <br />)
(Nome, e-mail & website)
(Permitir que usuários o contatem através de um formulário eletrônico (seu e-mail nom será exibido.))

    Busca

free blog tool