Guardia Civil irrompe polo quarto ano consecutivo na Escola

Guardia Civil irrompe polo quarto ano consecutivo na Escola

03-04-2012

Os corpos repressivos do Estado volvêrom interromper polo quarto ano consecutivo o transcurso da Escola de Formaçom organizada conjuntamente por BRIGA e AGIR. Quando na manhá do sábado vários veículos com as e os jovens participantes se dirigia a Compostela desde o vizinho concelho de Teu, até três carros da Guardia Civil com membros do corpo ordenárom a detençom dos carros à margem da estrada para identificar todas as pessoas que iam dentro deles.

A Guardia Civil pretende é somentes atualizar o seus ficheiros alegais de jovens rebeldes. Para isso, nom repara em gastos utilizando ilegitimamente os recursos policiais do estado sufragados por tod@s em fins claramente arbitrários e raianos na própria legalidade burguesa, sob a ridícula escusa dum ?controlo de seguridade cidadá? em plena estrada.

Este tipo de condutas demonstram mais umha vez que sobra polícia, sobra guardia civil, e sobram efetivos mantidos a costa do povo trabalhador. Se os funcionários policiais nom tenhem outra cousa de que ocupar-se, que se invistam os fundos públicos em melhores causas e se dediquem a produzir em benefício da sociedade.

AGIR e BRIGA somos duas organizaçons que convocamos as nossas atividades publicamente, e continuaremos a fazê-lo apesar das improdutivas tentativas por amedrontar-nos.

GUARDIA CIVIL, CORPO REPRESSOR,
FORA DA GALIZA!!

Escrito ?s 00:54:20 nas castegorias: EF '12, Crónica
por agir_briga   , 207 palavras, 332 visualizaçons     Chuza!

Sem comentários ainda