Foucelhas apresenta alegações contra a solicitude de Monsanto de experimentar com transgénicos na Galiza

Foucelhas apresenta alegações contra a solicitude de Monsanto de experimentar com transgénicos na Galiza

16-01-2010

Somando-nos ao chamamento do Sindicato Labrego Galego, da AC Foucelhas apresentamos alegações às autoridades pertinentes contra a solicitude de Mosanto Europe, S.A., representado por Monsanto Agricultura España S. L. para liberar plantas superiores modificadas geneticamente (PSMG), concretamente continuando os ensaios com os milhos NK603, NK603+MON810, MON88017, MON889034+NK603 E MON889034+MON88017, com os números de notificaçom B/ES/10/09, B/ES/10/10, B/ES/10/11, B/ES/10/12 e B/ES/10/13 respeitivamente, polas seguintes razões:

1) Cada vez há mais evidências sobre a impossibilidade de evitar a polinizaçom cruzada entre campos transgénicos e nom transgénicos, como vêm demonstrando multidom de estudos sobre caracterizaçom da dispersom do pólen a grandes distâncias. Valham como exemplo os estudos recolhidos no informe da Alta Autoridade Francesa sobre Organismos Modificados Genéticamente que levou a activaçom da cláusula de salvaguarda no cultivo do milho transgénico MON810 na França [1]. Polo tanto, a impossibilidade real de conter a dispersom do pólen, fai extremadamente perigosa a liberaçom ao meio ambiente destes cultivos transgénicos experimentais.

2) Existem demasiada incertidom sobre os impactos potenciais para a saúde dos organismos modificados genéticamente. O informe da Alta Autoridade Francesa recolhe a necessidade de estudos a longo prazo sobre impactos tóxicos dos transgénicos, e recolhe que os test utilizados nom som ajeitados. Resalta também a ausência de avaliaçons dos efeitos endócrinos, teratóxenos e transgeneracionais. Outras revisons dos estudos publicados em revistas científicas internacionais sobre este assunto, destacam as escassas ou nulas referências a estudos sobre riscos sobre a saúde e toxicolóxicos sobre animais e humanos dos organismos modificados genéticamente.[2] Destaca que a maioria das investigações correspondem a estudos a curto prazo, principalmente estudos nutricionais, com umha informaçom toxicolóxica mui limitada. Esta revisom conclui: ?Onde está a evidência científica que mostra que as plantas/comida transgénica som toxicolóxicamente seguras como asumem as companhias biotecnológicas implicadas nos alimentos MX??

3) Recentemente publicou-se um estudo sobre o impacto de um milho transgénico sobre ratos[3], patrocinado polo Goberno de Áustria, que atopou que fertilidade dos ratos alimentados com o milho modificado genéticamente NK603xMON810 viu-se seriamente danada, com umha descendência menor que os ratos alimentados com o milho convencional. Este estudo demonstra que os transgénicos podem ter efeitos imprevisíveis, nom avaliados no processo de aprovaçom, e de extrema gravidade.

4) Os expedientes que permitem a experimentaçom com transgénicos ao ar livre som aprovados baixo a premissa de que ?Considera-se que no estado actual de conhecimentos e com as medidas de uso propostas, os ensaios nom supõem um risco significativo para a saúde humana e/o o meio ambiente.? A ASSOCIAÇOM CULTURAL FOUCELHAS, considera esta argumentaçom inaceitável e umha falta de responsabilidade por parte das instituições encarregadas de proteger o meio ambiente e a saúde de todos e todas.

Notas

[1]. COMITÉ DE PREFIGURACIÓN DE UNA ALTA AUTORIDAD SOBRE ORGANISMOS MODIFICADOS GENÉTICAMENTE (2007). Instituido por el decreto nº 2007-1719 del 5 de diciembre 2007. Opinión sobre la diseminación del MON810 en territorio francés.
[2]. DOMINGO, J.L. (2007) Toxicity Studies of Genetically Modified Plants: A Review of the Published Literature. Critical Reviews in Food Science and Nutrition, 47:721?733.
[3]. VELIMIROV, A. and BINTER, C. (2008) Biological effects of transgenic maize NK603xMON810 fed in long term reproduction studies in mice. Bundesministerium für Gesundheit, Familie und Jugend, Sektion IV. Wien.

Escrito ?s 17:39:07 nas castegorias: ACTIVIDADES
por ordes   , 511 palavras, 770 visualizaçons     Chuza!

Endereço de trackback para este post

Trackback URL (clique direito e copie atalho/localizaçom do link)

1 comentário

Comentário de: Ruxxa [Visitante]  
Ruxxa

de q maneira se pode sumar un a estas alegacións?? faredes publico o resultado da solicitude q presentou monsanto? Tívose ou tense en conta nalgún momento o coñecemento ou descoñecemento destas clausulas por parte dos agricultores que empregan os OXM??

17-01-2010 @ 12:03
    Março 2019
    Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
     << <   > >>
            1 2 3
    4 5 6 7 8 9 10
    11 12 13 14 15 16 17
    18 19 20 21 22 23 24
    25 26 27 28 29 30 31
    A Associaçom Cultural Foucelhas pretender coordenar a constituiçom de um centro social para a comarca de Ordes, que sirva de "base de operaçons" para todo tipo de actividades de defesa do nosso. Organiza-se de forma assembleária e está aberta a todo o mundo. Podes contactar através do correio foucelhas.ordes@gmail.com

    Busca

blog engine