Um presente de umeboshis e batatas
Um presente de umeboshis e batatas

Depois de procurar lenha nas montanhas
voltei à minha cabana
e encontrei umeboshis e batatas
que alguém deixou por baixo da janela.
As umeboshis embrulhadas em papel,
as batatas em folhas verdes
e um pedaço de papel com o nome de quem mo ofereceu.
No fundo das montanhas a comida não sabe a nada ?
é sobretudo nabos e legumes ?
assim que logo cozinhei o presente com molho de soja e sal:
enchi o meu estômago normalmente vazio
com três tigelas grandes.
Se o meu amigo poeta tivesse deixado algo de vinho de arroz
tinha sido um verdadeiro banquete.
Saboreei mais ou menos um quinto do presente, reservei o resto,
e, a dar palmadas à barriga cheia, voltei aos meus afazeres.
O Dia da Iluminação do Buda é daqui a seis dias
e ainda não sabia o que oferecer.
Mas agora tornei-me rico
e Buda vai deleitar-se com umeboshis e delicioso puré de batata.

Tradução do inglês a partir do trabalho de John Stevens. Dewdrops on a Lotus Leaf - Zen Poems of Ryôkan, Shambala, 1993, USA. O título é meu.

(Ryôkan)

Uma refeição de polvo fresco
Uma refeição de polvo fresco

Muitos braços, como Avalokiteshvara sacrificado a mim
e temperado com limão. Perante ele me inclino!
Este sabor a mar é simplesmente digno de deuses!
Sinto-o, Buda, mas este é mais um preceito que não posso seguir.

Tradução do inglês a partir do trabalho de John Stevens. Wild Ways, White Pine Press, 2003, USA.

(Ikkyu Sojun)

Em agradecimento de uma oferta de molho de soja
Em agradecimento de uma oferta de molho de soja

Livre e sem obstáculos durante trinta anos
Nuvem Louca pratica a sua própria escola Zen.
Centos de sabores condimentam a minha simples bucha:
esta farinha e este chá de raminhas fazem parte da Verdadeira Transmissão.

Tradução do inglês a partir do trabalho de John Stevens. Wild Ways, White Pine Press, 2003, USA.

(Ikkyu Sojun)

1 2 >>