Um monge que adora sexo
Um monge que adora sexo

Um monge que adora sexo, objectarás!
Apaixonado e de sangue quente, totalmente excitado.
Mas lembra que a luxúria pode consumir toda paixão
tornando o metal comum em ouro puro.

Tradução do inglês a partir do trabalho de John Stevens. Wild Ways, White Pine Press, 2003, USA. O título é meu. Ilustração de Hishikawa Moronobu.
09-06-2012, Ikkyu
"...um santo puritano não está nem perto de um Buda"
"...um santo puritano não está nem perto de um Buda"

Surgido da imundície do mundo, um santo puritano não está nem perto de um Buda.
Entra uma vez num bordel e a Grande Sabedoria vai explodir debaixo do teu nariz.
Manjusri devia ter deixado Ananda desfrutar numa casa de putas -
agora já nunca vai conhecer os praceres do elegante jogo do amor.

Tradução do inglês a partir do trabalho de John Stevens. Wild Ways, White Pine Press, 2003, USA. Ilustração: Ishikawa Toyunobu. O título é meu.

(Ikkyu Sojun)

"Bons amigos do Dharma"
"Bons amigos do Dharma"

Koans artificiais e respostas intrincadas é tudo o que os monges têm,
e entregam-se uma e outra vez a políticos e patronos.
Bons amigos do Dharma, tão orgulhosos, deixem que vos diga:
qualquer menina de bordel com brocados doirados merece mais do que vocês.

Tradução do inglês a partir do trabalho de John Stevens. Wild Ways, White Pine Press, 2003, USA. O título é meu.

(Ikkyu Sojun)

<< 1 ... 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 ... 30 >>