Associa-te

    Palestina livre

    LNB 23/24

    Outro Garañón...

    Apoia-nos

    Audios

    Revista A Malha Nº 2

    Revista A Malha Nº 1

        Busca

      O seu negócio , a nossa ruína.

      O seu negócio , a nossa ruína.

      01-04-24

      👉🏻Desde o Mádia Leva somamo-nos ao clamor popular contra Altri. Sobram as razons:

      🚧 O projeto de Altri implica a criaçom dum enorme polígono industrial no coraçom da Galiza.Ocupará mais de 350 hectares de habitat natural,10 vezes mais que ENCE, lindando com um espaço da Red Natura (ZEC Serra do Careom). Uns terreos que fôrom parte das propostas de ampliaçom da Rede Natura em 2008 e 2011 por parte da própria Xunta.

      💧O consumo brutal de água.
      640 litros cada segundo.17 piscinas olímpicas ao dia, 46 millones de litros de agua, tanto como toda a provincia de Lugo.
      Verterá ao Ulha uns 30 milhons de litros de água contaminada e tratada. A empresa quere garantia de ter a bilha aberta os próximos 75 anos.

      ☁️ Contaminaçom do ar.
      Emitirá à atmosfera xofre, óxidos de xofre, óxidos de nitrogénio, monóxido de carbono e material particulado através dumha chaminé de 75 metros de altura ao lado do Caminho de Santiago.
      As emissons de gases afetarám a um rádio de 10-30 quilómetros da fábrica.

      💸 Financiamento e portas giratórias. ?Projeto redondo?
      Beatriz Mato, umha ex-conselheira do PP trabalha agora para Greenalia, a empresa que acompanha a Altri. Altri espera obter 250 milhons de fundos europeus , umha quarta parte da inversom total.

      🏭 Celulosa encoberta.
      Produzirá 200.000 toneladas de Lyocell fibra vegetal que as principais marcas de roupa empregam para poder colar a etiqueta de "ecológicas" .Mas também produzirá 400.000 toneladas da celulosa de toda a vida. Para isto consumirám 1,2 milhons de toneladas de eucalipto.

      ⚠️Risco de catastrofe ambiental.
      Altri tem 3 fábricas de celulosa em Portugal. Acumula centos de denúnicas contra a sua filial Celtejo que é responsável do 90 % de verteduras no Tejo. Em janeiro de 2018 o Tejo sofreu umha da mais grande catástrofes medioambientais. A fábrica de Palas terá o duplo de produçom que a de Portugal.

      ✊🏻Defendamos a Terra
      Existe umha enorme oposiçom popular a este projeto que contrasta coa propaganda mediática favorável. As primeiras reunions informativas de Altri em Palas, Monterroso e Melide rematarom com berros em contra do projeto. A empresa suspendeu as outras charlas que tinha previsto fazer. Até o 17 de abril está aberto o praço para apresentar alegaçons.

      Entre todas conseguiremos parar esta ameaça.
      #Altrinon #PorUnhaUlloaViva #celulosasfóra

      Escrito ?s 21:49:00 nas castegorias: album
      por SCMadiaLeva   , 353 palavras, 73 views     Chuza!

      Endereço de trackback para este post

      Trackback URL (clique direito e copie atalho/localização do link)

      Ainda sem comentários

        madialeva.gz@gmail.com
        Rua Serra de Ancares 18
        Horário
        De segundas-feiras (luns) a sextas-feiras (venres) de 19h30 a 22h30
        CIF:G-27360825
          blog engine