Categoria: Resenhas

O FACHO: Oferenda floral no monumento a Curros Henriques com o galho das Letras Galegas do ano 2015

21-05-2015

Com o galho das Letras Galegas, a Agrupaçom Cultural O Facho realizou a tradicional oferenda floral nos jardins de Mendes Nunes diante do monumento a Curros Henriques em lembrança de todos aqueles que fizérom que da cultura galega umha constante e permanente jeira na construçom da liberdade do povo galego. O evento tivo lugar o dia 20 de Maio, às 12 da manhá,

Findando o acto muitos dos assistentes lerom poemas de autores e autoras galegas.

O FACHO: Colaboracionistas, franquistas. A élite política do franquismo na repressom fria da Ditadurapor Lúcio Martínez Pereda

21-05-2015

O passado dia 19 de Maio às 8 do serao o professor em História, Lúcio Martínez Pereda intervéu no ciclo, “Economia, História e C.C. Sociais”, organizado pola nossa Agrupaçom. A sua exposiçom versou sobre: “Colaboracionistas, franquistas. A élite política do franquismo na repressom fria da Ditadura”

A exposiçom centrou-se na Repressom Fria, nos diversos aspectos da retaguarda franquista durante a Guerra Civil: mobilizaçom, propaganda política e depuraçom administrativa. Demostrou como Filgueira Valverde foi um activo repressor durante a etapa da Tirania franquista. Toda a dissertaçom estivo respaldada pola cativa documentaçom existente e disponível, já que ao encetar a “Transacçom” do 78 todos os documentos das sedes do “Movimento Nacional” fôrom mandados desaparecer por Suárez.

Ao findar a exposiçom houvo um interessante colóquio.

O FACHO: - “A maçoneria na Galiza” por Joám Carlos Pereira Martins

03-05-2015

O passado dia 28 de Abril, o historiador, Joám Carlos Pereira Martins, intervéu dentro do Ciclo: Economia, História, e Ciências Sociais, com a sua exposiçom intitulada: “A maçoneria na Galiza”.

Pereira Martins expujo a sua moi emocionante palestra fundamentando-se em investigaçons tanto levadas por ele mesmo como por outros estudiosos da maçoneria, da importância desta instituiçom na construçom do livre pensamento nos séculos passados e assim como o custo em vidas e perseguiçom padecida polo clerical-fascismo durante e post a insurreiçom militar do ano 1936. No seu relatório lembrou os nomes dos muitos dos assassinados numha homenagem as suas pessoas.

Como sempre ao finalizar a palestra o conferenciante mantivo um interessante colóquio com os presentes.

O FACHO: “Luís Iglesias, um científico galego com sentido social da ciência” por Manuel Bermejo Patinho

09-04-2015

O passado dia 7 de Abril,o Catedrático de Química Inorgánica da U.S.C., Manuel Bermejo Patinho, intervéu dentro do ciclo “A Ciência na Galiza”, organizado pola nossa Associaçom. A sua exposiçom intitulada: “Luís Iglesias, um científico galego com sentido social da ciência”, foi seguida com grande interesse polos assistentes.

Bermejo Patinho ilustrou a sua rica palestra com didácticas filminas elaboradas com dados obtidos no seu trabalho de investigaçom, mostrando o desenvolvimento do pensamento e o compromisso social e académico de Luís Iglesias.

Como sempre ao findar a descriçom o conferenciante mantivo um mui interessante colóquio com o público presente.

O FACHO: “Umha Visom Eduardo Pondal” por Manuel Ferreiro

26-03-2015

O passado dia 25 de Março, o catedrático e ensaísta, Manuel Ferreiro Fernandes, falou dentro do ciclo “Língua, Literatura, e Naçom”, com a sua exposiçom intitulada “Umha Visom Eduardo Pondal”. O acto celebrou-se em Portas Ártabras.

O professor Manuel Ferreiro expujo na sua palestra ilustrando-a com significativos poemas pondalianos, para umha melhor compressom polos ouvintes, do grande mérito da poética do bardo bergantinham.

Como sempre ao findar a exposiçom o conferenciante partilhou com o público assistente sobre a transcendencia da obra literária de Pondal.

O FACHO: "A vigência de Alfonso Rodrigues Castelao" por Pilar Garcia Negro -

18-03-2015

O passado dia 17 de Março, a professora da UDC, Pilar Garcia Negro intervéu dentro do ciclo, Língua, Literatura e Naçom. A sua intervençom tivo como temática: A vigência de Alfonso Rodrigues Castelao.
Garcia Negro expujo na sua rica palestra com agudas reflexons a vigência do pensamento de Afonso Rodrigues Castelao, vulto fulcral do século XX na elaboraçom do pensamento político desde o País e para Nós, os galegos. A sua obra “Sempre em Galiza”, assim como os seus cartafoles de desenhos som mostra do afirmado pola conferencista
Como sempre ao findar a descriçom o conferenciante mantivo um mui interessante colóquio com o público assistente.

O FACHO: “O Direito a Decidir” por Ramiro Vidal Alvarinho

11-03-2015

O passado dia 10 de Março, o escritor e poeta, Ramiro Vidal Alvarinho intervéu dentro do ciclo, Economia, História e C.C. Sociais com a dissertaçom: “O Direito a Decidir”.

Vidal Alvarinho expujo da necessidade e o direito do conjunto do povo galego a exerzer o seu “Direito a Decidir” cara a construçom de um processo emancipador das classes trabalhadoras galegas e do País.
Como sempre ao finalizar a palestra o conferenciante mantivo um interessante colóquio com os presente

O FACHO: “O lume manso dos viveres galegos”por Xose Vasquez Pintor

04-03-2015

O passado dia 3 de Março, o professor e escritor Xosé Vasques Pintor falou dentro do ciclo, Língua, Literatura e Naçom com a sua exposiçom intitulada: “O lume manso dos viveres galegos”. O acto celebrou-se em Portas Ártabras..
Vasques Pintor expujo a sua moi emocionante palestra fundamentando-se em estudos e textos da sua própria colheita para fazer compreender ao público assistente a importância de preservar o legado das “tribos”, tal como ele definiu poeticamente aos distintos ofícios e labores levadas a cabo polo o povo galego.
Como sempre ao finalizar a palestra o conferenciante mantivo um interessante colóquio com os presentes.

O FACHO: “O Direito a Decidir” por Rafael Cuinha

26-02-2015

Dentro do ciclo de conferência Economia, História e C.C. Sociais, o passado dia 24 de Fevereiro, terça (martes), o politico e empresário Rafael Cuinha Aparicio dissertou sobre: “O Direito a Decidir”.

Na sua exposiçom Rafael Cuinha asseverou que o Direito a Decidir é consubstancial a existência mesma da democracia. Assim mesmo desvendou que a sua postura seria a construçom de um Estado federal e plurinacional

Ao findar a sua exposiçom mantivo com os assistentes um mui interessante debate.

O Facho: "O Direito a Decidir”por Iolanda Dias Peres

11-02-2015

A jurista e vice-portadora de AGE no Parlamento Galego, Iolanda Dias, interveu no passado dia 10 de Fevereiro dentro do ciclo: “Economia, História, e Realidade Social” organizado polo nossa Agrupaçom. Iolanda Dias expujo a sua análise sobre o “Direito a Decidir” cara a construçom de um processo emancipador da Galiza, sublinhando a importância da hegemonia neste andamento das classes trabalhadoras galegas para acadar a nossa emancipaçom como Naçom e Povo. O acto celebrou-se em Portas Ártabras na Cidade Velha .
Como sempre ao findar a descriçom o conferenciante mantivo um interessante colóquio com o público assistente.

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 ... 15 >>

Agrupaçom Cultural O Facho

Agrupaçom Cultural O Facho existe desde o ano 1963 . Nasce da vontade conjunta de umha vintena de estudantes, trabalhadores e profissionais liberais d’A Corunha.
+ info

Agrupaçom Cultural O Facho
Rua: Federico Tapia 12-1º
15005 A Corunha
o_facho_a_cultural@yahoo.com.br

Ligações

Busca

Ferramentas do usuário

Feeds XML

powered by b2evolution free blog software