Categoria: Resenhas

O FACHO: Acto de entrega dos prémios literarios 2015

09-06-2015

O dia 5 do mês que corre, no local de Portas Ártabras realizou-se a entrega dos Prémios Literários d'O Facho: Contos de Nenos para Nenos, Poesia, e Teatro Infantil que contárom com a colaboraçom de Casa Hamlet, Ediçons Xerais, Ediçons Positivas, Editorial Galaxia, e Editorial Toxos Outos; as quais expressamos a nossa gratitude. No acto participárom alunas do Conservatório Profissional d'A Corunha que interpretárom diversas obras.

Na ocasiom estivérom presentes para outorgar os prémios ao seleccionados, os membros dos júris: Xabier P. do Campo, Breogam Riveiro, Xúlio López Valcárcel, Lucía de Fraga, e Gustavo Pernas, que elogiárom as obras premiadas assim como aos seus autores.

Posteriormente houvo umha colaçom na que participárom os premiados com as suas familias.

Prema no enlace para ver tódalas fotos
https://archive.org/download/PremiosLiterarios2015/Premios%20literarios%202015.pdf

Prema na barra para oir a gravación

O FACHO: Oferenda floral no monumento a Curros Henriques com o galho das Letras Galegas do ano 2015

21-05-2015

Com o galho das Letras Galegas, a Agrupaçom Cultural O Facho realizou a tradicional oferenda floral nos jardins de Mendes Nunes diante do monumento a Curros Henriques em lembrança de todos aqueles que fizérom que da cultura galega umha constante e permanente jeira na construçom da liberdade do povo galego. O evento tivo lugar o dia 20 de Maio, às 12 da manhá,

Findando o acto muitos dos assistentes lerom poemas de autores e autoras galegas.

O FACHO: Colaboracionistas, franquistas. A élite política do franquismo na repressom fria da Ditadurapor Lúcio Martínez Pereda

21-05-2015

O passado dia 19 de Maio às 8 do serao o professor em História, Lúcio Martínez Pereda intervéu no ciclo, “Economia, História e C.C. Sociais”, organizado pola nossa Agrupaçom. A sua exposiçom versou sobre: “Colaboracionistas, franquistas. A élite política do franquismo na repressom fria da Ditadura”

A exposiçom centrou-se na Repressom Fria, nos diversos aspectos da retaguarda franquista durante a Guerra Civil: mobilizaçom, propaganda política e depuraçom administrativa. Demostrou como Filgueira Valverde foi um activo repressor durante a etapa da Tirania franquista. Toda a dissertaçom estivo respaldada pola cativa documentaçom existente e disponível, já que ao encetar a “Transacçom” do 78 todos os documentos das sedes do “Movimento Nacional” fôrom mandados desaparecer por Suárez.

Ao findar a exposiçom houvo um interessante colóquio.

O FACHO: - “A maçoneria na Galiza” por Joám Carlos Pereira Martins

03-05-2015

O passado dia 28 de Abril, o historiador, Joám Carlos Pereira Martins, intervéu dentro do Ciclo: Economia, História, e Ciências Sociais, com a sua exposiçom intitulada: “A maçoneria na Galiza”.

Pereira Martins expujo a sua moi emocionante palestra fundamentando-se em investigaçons tanto levadas por ele mesmo como por outros estudiosos da maçoneria, da importância desta instituiçom na construçom do livre pensamento nos séculos passados e assim como o custo em vidas e perseguiçom padecida polo clerical-fascismo durante e post a insurreiçom militar do ano 1936. No seu relatório lembrou os nomes dos muitos dos assassinados numha homenagem as suas pessoas.

Como sempre ao finalizar a palestra o conferenciante mantivo um interessante colóquio com os presentes.

O FACHO: “Luís Iglesias, um científico galego com sentido social da ciência” por Manuel Bermejo Patinho

09-04-2015

O passado dia 7 de Abril,o Catedrático de Química Inorgánica da U.S.C., Manuel Bermejo Patinho, intervéu dentro do ciclo “A Ciência na Galiza”, organizado pola nossa Associaçom. A sua exposiçom intitulada: “Luís Iglesias, um científico galego com sentido social da ciência”, foi seguida com grande interesse polos assistentes.

Bermejo Patinho ilustrou a sua rica palestra com didácticas filminas elaboradas com dados obtidos no seu trabalho de investigaçom, mostrando o desenvolvimento do pensamento e o compromisso social e académico de Luís Iglesias.

Como sempre ao findar a descriçom o conferenciante mantivo um mui interessante colóquio com o público presente.

O FACHO: “Umha Visom Eduardo Pondal” por Manuel Ferreiro

26-03-2015

O passado dia 25 de Março, o catedrático e ensaísta, Manuel Ferreiro Fernandes, falou dentro do ciclo “Língua, Literatura, e Naçom”, com a sua exposiçom intitulada “Umha Visom Eduardo Pondal”. O acto celebrou-se em Portas Ártabras.

O professor Manuel Ferreiro expujo na sua palestra ilustrando-a com significativos poemas pondalianos, para umha melhor compressom polos ouvintes, do grande mérito da poética do bardo bergantinham.

Como sempre ao findar a exposiçom o conferenciante partilhou com o público assistente sobre a transcendencia da obra literária de Pondal.

O FACHO: "A vigência de Alfonso Rodrigues Castelao" por Pilar Garcia Negro -

18-03-2015

O passado dia 17 de Março, a professora da UDC, Pilar Garcia Negro intervéu dentro do ciclo, Língua, Literatura e Naçom. A sua intervençom tivo como temática: A vigência de Alfonso Rodrigues Castelao.
Garcia Negro expujo na sua rica palestra com agudas reflexons a vigência do pensamento de Afonso Rodrigues Castelao, vulto fulcral do século XX na elaboraçom do pensamento político desde o País e para Nós, os galegos. A sua obra “Sempre em Galiza”, assim como os seus cartafoles de desenhos som mostra do afirmado pola conferencista
Como sempre ao findar a descriçom o conferenciante mantivo um mui interessante colóquio com o público assistente.

O FACHO: “O Direito a Decidir” por Ramiro Vidal Alvarinho

11-03-2015

O passado dia 10 de Março, o escritor e poeta, Ramiro Vidal Alvarinho intervéu dentro do ciclo, Economia, História e C.C. Sociais com a dissertaçom: “O Direito a Decidir”.

Vidal Alvarinho expujo da necessidade e o direito do conjunto do povo galego a exerzer o seu “Direito a Decidir” cara a construçom de um processo emancipador das classes trabalhadoras galegas e do País.
Como sempre ao finalizar a palestra o conferenciante mantivo um interessante colóquio com os presente

O FACHO: “O lume manso dos viveres galegos”por Xose Vasquez Pintor

04-03-2015

O passado dia 3 de Março, o professor e escritor Xosé Vasques Pintor falou dentro do ciclo, Língua, Literatura e Naçom com a sua exposiçom intitulada: “O lume manso dos viveres galegos”. O acto celebrou-se em Portas Ártabras..
Vasques Pintor expujo a sua moi emocionante palestra fundamentando-se em estudos e textos da sua própria colheita para fazer compreender ao público assistente a importância de preservar o legado das “tribos”, tal como ele definiu poeticamente aos distintos ofícios e labores levadas a cabo polo o povo galego.
Como sempre ao finalizar a palestra o conferenciante mantivo um interessante colóquio com os presentes.

O FACHO: “O Direito a Decidir” por Rafael Cuinha

26-02-2015

Dentro do ciclo de conferência Economia, História e C.C. Sociais, o passado dia 24 de Fevereiro, terça (martes), o politico e empresário Rafael Cuinha Aparicio dissertou sobre: “O Direito a Decidir”.

Na sua exposiçom Rafael Cuinha asseverou que o Direito a Decidir é consubstancial a existência mesma da democracia. Assim mesmo desvendou que a sua postura seria a construçom de um Estado federal e plurinacional

Ao findar a sua exposiçom mantivo com os assistentes um mui interessante debate.

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 ... 15 >>

Agrupaçom Cultural O Facho

Agrupaçom Cultural O Facho existe desde o ano 1963 . Nasce da vontade conjunta de umha vintena de estudantes, trabalhadores e profissionais liberais d’A Corunha.
+ info

Agrupaçom Cultural O Facho
Rua: Federico Tapia 12-1º
15005 A Corunha
o_facho_a_cultural@yahoo.com.br

Ligações

Busca

Ferramentas do usuário

Feeds XML

powered by b2evolution free blog software