30-04-2009

Link permanente 23:58:44, por i (gor) Email , 91 palavras   Português (GZ)
Categorias: Cousas por cá, Gz é bem pequena

Aos Maios!

Manham, aos Maios! A Vila Franca do Bierzo, a percorrer as ruas co Maio mozo. "Por cada rua há um Maio e por cada Maio vários músicos que o acompanham cantando umha copla milenária casa por casa. As estrofas da copla fam umha petiçom muito parecida a um aguinaldo e segundo a generosidade dos vizinhos canta-se umha estrofa de agradecemento ou com ironia e escarnho. Umha tradiçom milenária que une homem, natureza e música num espectáculo sobrenatural: O Maio Vivo de Vila Franca".

25-04-2009

Link permanente 09:43:41, por i (gor) Email , 105 palavras   Português (GZ)
Categorias: Gz é bem pequena, Músicas, B.S.O. da memória

25 DE ABRIL, SEMPRE!

[youtube]831MOlFMZCE[/youtube]

Grândola, vila morena
Terra da fraternidade
O povo é quem mais ordena
Dentro de ti, ó cidade

Dentro de ti, ó cidade
O povo é quem mais ordena
Terra da fraternidade
Grândola, vila morena

Em cada esquina um amigo
Em cada rosto igualdade
Grândola, vila morena
Terra da fraternidade

Terra da fraternidade
Grândola, vila morena
Em cada rosto igualdade
O povo é quem mais ordena

À sombra d'uma azinheira
Que já não sabia a idade
Jurei ter por companheira
Grândola a tua vontade

Grândola a tua vontade
Jurei ter por companheira
À sombra duma azinheira
Que já não sabia a idade

20-04-2009

2Mvks para ver, 2Mvks para ler

Ou o que é o mesmo: 2000 vacas para ver, 2000 vacas para ler.
Na próxima sexta-feira, 24 de Abril, inauguramos a exposiçom "poesia para Ver/poesia para Ler", na Galeria "DOSMILVACAS.arte", de Ponferrada, sala de exposiçons e actividades que é um foco de vitalidade e cultura graças ao bom fazer e capacidade(s) da sua direitora, Reme Remedios.
Depois de ter passado por Cabanas Raras, por Salvaterra, por Ponte Areas, por Compostela, por Trasancos, novamente por Cabanas Raras,... agora é Ponferrada onde estarám pendurados estes cartazes, estes poemas.
O 24 inauguraremos com petiscos, vinho, licor café e música. E cara os primeiros dias de Maio, contamos com poder organizar um micro-macro recital de poesia, do que já informaremos mais adiante.
Quem queira, quem poida, estar esse dia em Ponferrada, já sabe onde me pode atopar. A entrada, com certeza, é livre e de balde. Mais que livre, ilimitada.

Leia mais »

15-04-2009

Link permanente 20:30:40, por i (gor) Email , 160 palavras   Português (GZ)
Categorias: Cousas por aí, Escrever nom é mau, Gz é bem pequena

Poïética, este Sábado, às 20.30h.

Este Sábado dia 18, poderei, poderedes e poderemos compartilhar versos, palavras e músicas com @s poetas Xiana Arias, Luz Fandiño, Andrea Núñez, Séchu Sende, Marta Dacosta e a guitarrista Maya Grillo, no II Festival de Poesía Galega Contemporánea "POÏÉTICA", que organiza o Concelho de Poio. Terá a partir das 20.30h., no Casal de Ferreiros (Avda. Andurique, 43, San Salvador, Poio). Estám tod@s convidad@s. E, como sempre, agradecerá-se a difusom publicitária e propagandística deste acto.

Leia mais »

11-04-2009

Link permanente 15:41:30, por i (gor) Email , 104 palavras   Português (GZ)
Categorias: Filmes, Cousas por cá, Gz é bem pequena

A ilha de Chelo. Memória para o futuro

Cabanas Raras acolherá o próximo Domingo, dia 19, a projecçom do documentário "La isla de Chelo". Trata-se dum filme de 57 minutos sobre a vida da guerrilheira Consuelo Rodríguez López "Chelo", realizado por Odette Martinez-Maler com a participaçom de Ismael Cobo & Laetitia Puertas. Os dias 17 e 18, poderá ser visto também no Barco e em Monforte. No acto, estarám presentes além da própria protagonista, a realizadora Odette Martinez-Maler e Francisco Martínez López "Quico", um dos guerrilheiros da partida de Girom, resistente na zona do Bierzo ao golpe fascista de 36, e natural de Cabanas Raras.

03-04-2009

Link permanente 23:53:21, por i (gor) Email , 191 palavras   Português (GZ)
Categorias: Escrever nom é mau, Para Ver Ler

Desvario (3)

Endereço nom atopado.
Direcçom desconhecida.
Lugar inexistente.
O seu sistema foi incapaz de dar com o servidor que procurava. O bucle nom acolhe sincronizaçom no concentrador. Se calhar o endereço nom existe ou o servidor prefire nom dar com ele.
Houvo um erro, umha gralha, um descuido, umha ignoráncia, umha falta de verdade ao teclear o nome do lugar? Está vostede certo de que a direcçom do domínio existe e a sua expiraçom nom se tem registado já? Pode ser que para o óptimo aproveitamento do pesquisador vostede tenha que afirmar como verdadeiro aquilo que sabe que nom pode ser falso? Provou vostede a navegar por outros mares?
Verificou a sua configuraçom de rede e os seus servidores DNS? Comprovou vostede que o seu protocolo interno lhe permite aceder à posse dumha clave IP automaticamente? Está vostede protegido, sem sabé-lo, por um firewall situado mais ou menos próximo do seu lugar de residência?
Se vostede está mal configurado ou resulta imcompatível com os sistemas, a sua navegaçom pode resultar complicada. É vostede o legítimo dono da situaçom?

Abril 2009
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
 << < Atual> >>
    1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30      

Busca

Ferramentas do usuário

Feeds XML

powered by free blog software