16-11-2010

Link permanente 00:26:54, por i (gor) Email , 204 palavras   Português (GZ)
Categorias: Cousas por aí, Escrever nom é mau, Gz é bem pequena

11 de Outubro

Nom tem sentido escrever um poema novo

quando ainda o anterior nom está rematado

Faltam-nos tantas e tantas palavras que acrescentar

Tantos ritmos internos que procurar

Tantas metáforas ainda pertinentes que estabelecer

Faltam-nos tantos significados por descobrir

Nom tem sentido escrever um poema novo

quando ainda nom fomos capazes de escrever o anterior

Quando ainda nom tivemos a oportunidade

ou a capacidade a habilidade

ou se calhar a audácia

para continuarmos a escrever o poema anterior

que ficou na memória repetindo-se insistentemente

aguardando um final

Faltam-nos tantas batalhas que ganhar

Nom tem sentido escrever um poema novo

quando ainda temos que dizer novamente o que já está dito

fazer o que já está feito

demonstrar o que já mostramos

Ser o que já somos

Nom

Nom tem sentido escrever um poema novo

quando ainda temos é que escrever os mesmos versos

para continuar berrrando as mesmas palavras

e fazendo as mesmas pintadas

Por isso digo que nom

(que nom tem sentido escrever um poema novo)

Continua:

Poema inédito, intitulado "11 de Outubro", escrito para o acto central do Dia da Galiza Combatente que decorreu o passado sábado 9 de Outubro em Ferrol, organizado por NÓS-Unidade Popular, onde participei acompanhado por, entre outros, Belem Grandal e Ramiro Vidal.

Sem comentários ainda

Deixe o seu comentário


Seu endereço de e-mail nom será revelado nesse site.

Sua URL será exibida.
(Quebras de linha se tornam <br />)
(Nome, e-mail & website)
(Permitir que usuários o contatem através de um formulário eletrônico (seu e-mail nom será exibido.))
Dezembro 2014
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
 << <   > >>
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28
29 30 31        

Busca

Ferramentas do usuário

Feeds XML

open source blog software