28-02-2009

  22:24:38, por Lugris   , 9 palavras  
Categorias: Gz é bem pequena, B.S.O. da memória

Fai-se o caminho ao andar

Golpe a golpe, verso a verso.
Letra a letra.

25-02-2009

  09:20:24, por Lugris   , 267 palavras  
Categorias: Gz é bem pequena

No Bierzo, na Seabra, no Eu-Návia, na Cabreira... também queremos votar... e botá-los!

Comunicado de NÓS-Unidade Popular pedindo o direito ao voto para os galegos e as galegas da faixa oriental da nossa Naçom.
(Na foto, membros de NÓS-UP da comarca do Berzo diante dumha das faixas penduradas pedindo o voto para a esquerda independentista nas eleiçons da Comunidade Autónoma Galega)

NÓS-UP reclama o direito ao voto para todos e todas as galegas: 190.000 galegas e galegos nom poderám votar no 1 de Março

As organizaçons políticas com actual representaçom parlamentar, PP, PSOE e BNG, as mesmas que coincidem no direito a voto de netos, bisnetos e tataranetos de galegas/os que vivem a milhares de quilómetros, e completamente afastados da realidade galega, negam esse direito aos habitantes da Galiza irredenta. Perto de 190.000 galegos e galegas, do Berzo, da Seabra, da Cabreria, do Eu-Návia, bem mais integrados na vida e na realidade política, económica, social e cultural da Comunidade Autónoma Galega, nom poderám opinar sobre quem sentará nas cadeiras do Parlamento do Hórreo.

NÓS-Unidade Popular recolhe no seu programa eleitoral a necessidade de umha reordenaçom territorial da Galiza em que se inclua um ?regime de estreita colaboraçom com as comarcas galegófonas actualmente excluídas da Comunidade Autónoma Galega, com a perspectiva estratégica de umha consulta democrática sobre a sua eventual incorporaçom jurídico-política à Galiza?. Nesse sentido, aposta em reconhecer já o direito ao voto nas eleiçons autonómicas galegas ao conjunto da populaçom desses territórios galegos, actualmente negados polo Estatuto de Autonomia.

18-02-2009

  12:28:43, por Lugris   , 75 palavras  
Categorias: Músicas

Cogli la prima mela

[youtube]YcvrUlcP86M[/youtube]

Tenho estes dias a cabeza, as maos, os pés, e o conjunto do corpo físico, e também o sentimental, noutras cousas. Isso significa que este pequeno local estará desatendido.
Para quem passe por aqui, e nom tenha a sensaçom de ter perdido o tempo, deixo esta pequena joia. Quase 10 sensacionais minutos de Angelo Branduardi interpretando "Cogli la prima mela".

Porque nisso estamos, agora que sabemos onde vamos...

12-02-2009

Castela e Leom trilíngüe. Queremos liberdade para eleger!

Se em verdade as organizaçons convocantes e apoiantes da manifestaçom antigalega do Domingo em Compostela defenderam o que dim defender, um bilingüismo real (caso de que tal cousa exista), por quê motivo nom iam defender o mesmo noutros territórios, onde muitas pessoas som privadas dos seus direitos pola imposiçom dumha língua? Se o PP, UDyP e demais organizaçons, colectivos e seitas que convocavam e apoiavam a manifestaçom "por el derecho a elegir", defenderam realmente que a língua galega e a espanhola devem gozar do mesmo reconhecimento e protecçom, porque ambas fam parte do patrimonio cultural da Galiza, por quê motivo nom defendem o mesmo noutros territórios do Estado espanhol nom-monolíngües?

Full story »

10-02-2009

  00:40:44, por Lugris   , 159 palavras  
Categorias: Estam tolos estes espanhois, Stop hipocrisia!, Eu também desenhar, Paranhoia

Estamos fart@s de ser umha colónia

Frente à invisibilidade pola que optou umha parte do movimento normalizador, seguindo a estratégia do avestruz, que pensa que ao nom ser vista os seus problemas desaparecem, quem apostou por manter o conflito lingüístico na rua sofreu as agresons, as malheiras, as detençons por parte das forças de ocupaçom espanholas.
Deste blogue envio a minha solidariedade com as dez pessoas detidas, e que ao longo do dia de onte, segunda-feira, forom ficando em liberdade, e com todas as pessoas agredidas por parte da polícia espanhola por defenderem a nossa língua, por exercer o seu direito, o nosso direito, a mostrar com dignidade e orgulho, mais umha vez, que estamos fartos, que estamos fartas, de ser umha colónia.

NA GALIZA, EM GALEGO!

Full story »

09-02-2009

  12:15:32, por Lugris   , 182 palavras  
Categorias: Gz é bem pequena, Estam tolos estes espanhois, Stop hipocrisia!, Paranhoia

Esta é a sua democracia (também a de Vicequin)

Onte, Domingo, os Paranhoicos sairom às nossas ruas, para exercer o seu direito a impor livremente a sua língua comum, com a ajuda inestimável, isso sim, como sempre, das forças de ocupaçom espanholas.

Podes seguir as informaçons e as novidades que se vam produzindo, assim como comentários, opinions e reflexons, nos meios capitalistas burgueses habituais, ou nas seguintes ligaçons:

Primeira Linha em Rede.

NÓS-Unidade Popular.

BRIGA.

GZVideos.

Vieiros.

Kaosnarede.

Made in Galiza.

O Porto dos escravos.

Zero Vacas.

Actualizaçom das 17.00h.:
"Quintana condena la violencia en la manifestación de Galicia Bilingüe y acusa a Feijoo de fomentar el odio al gallego"

Refere-se ao Supervicequin Espartacus à violência das forças de ocupaçom espanholas? Nom. Supervicequin é um homem sério, responsável, democrata, moderno e europeu. Quando fala de condear a violência, refere-se a que condea às pessoas independentistas que forom malhados e se defenderom. Tinham-se que ter deixado zoscar, para demostrar que o galego nom é um povo violento.
Já sabes: se estas pola dependência, Supervicequin é o teu lider.

05-02-2009

  17:34:51, por Lugris   , 215 palavras  
Categorias: Escrever nom é mau, Gz é bem pequena, Para Ver Ler

Dous poetas muito pendurados na rádio

Os dous poetas muito pendurados protagonizarám na próxima semana, se o tempo nom o empece e as autoridades o permitem, a página de poesia do Diário Cultural da Rádio Galega, com motivo das suas exposiçons na Galeria Sargadelos de Ferrol. Isso significa, que de segunda a sexta-feira, todos os dias recitaremos um poema entre as 15.00 e as 16.00h.
(Mas, umha hora inteira recitando um poema? Nom, ho! Um minuto apenas, dentro dessa hora).
Já sabedes que a rádio galega se sintoniza na rádio, ou na rede. E se nom, sempre tedes a oportunidade de escuitar no seu web as gravaçons passados esses dias. Para quem esteja aí, escuitando-nos, saúdos.

Full story »

30-01-2009

  16:19:17, por Lugris   , 32 palavras  
Categorias: Filmes, Escrever nom é mau, Para Ver Ler

Casa Skylab na tele (por capítulos)

Vai fazendo click em cada tele. Por orde. Ou nom. Isto é livre.

Capítulo I:

Capítulo II:

Capítulo III:

Full story »

29-01-2009

  00:08:27, por Lugris   , 104 palavras  
Categorias: Gz é bem pequena, Para Ver Ler, Eu também desenhar

Dous poetas muito pendurados

Do 6 ao 28 de Fevereiro, na Galeria Sargadelos de Ferrol, Eduardo Estévez e Igor Lugris penduramos as nossas obras poético-visuais "Os veos da paisaxe" e "poesia para Ver/poesia para Ler". O dia 6, às 20.00h., fazemos umha inauguraçom, com recital estéreo a quatro maos incluido, e uns petiscos e uns vinhos para ajudar a digerir tantos poemas cheios de versos e palavras. Este é o convite informal.
Se queres, podes e desejas passar por ali, veremo-nos.
Seremos dous poetas muito pendurados. Pendurados das paredes.

Full story »

<< 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 ... 44 >>