30-12-2008

  07:35:45, por Lugris   , 230 palavras  
Categorias: Cousas por aí, Eu também desenhar

Homenagem / Homenatge a Joan Brossa

De Lándoa recolho a notícia, e do Abloccedari a proposta, de realizar hoje umha homenagem, umha homenatge, grande ou pequena, ao Joan Brossa, no 10 aniversário da sua morte: La idea és publicar tots simultàniament el 30 de desembre ─dia de l'efemèride─ un apunt als nostres blocs sobre Brossa, cadascú segons el tarannà del seu bloc i a la seva manera.
Este A, preto, tipografia berlin sans FB demi 1300 pontos, está cheio de as brancos, amarelos, azuis e vermelhos, com as tipografias das que mais gosto e/ou que mais emprego no meu trabalho (profesional e/ou artístico), todas de 24 pontos: amertype Md Bt, arial black, courier new, garamond, cancun, verdana, times new roman, bauhaus, clarendon BT, english111 vivace BT, avantgarde, binnerD, lucida sans typewriter, chiller, ravie, pablo LET, kabarettD, etc...

Full story »

29-12-2008

  17:24:31, por Lugris   , 2147 palavras  
Categorias: Cousas por aí, Gz é bem pequena

O Partido ao serviço da língua

O Portal Galego da Língua publicou nestes dias umha entrevista colectiva, realizada com motivo da publicaçom do número 50 do Abrente, o vozeiro de Primeira Linha, a Noa Rios Bergantinhos, Carlos Morais e a quem isto escreve.

Aporto umha pequenha reflexom, já várias vezes repetida, portanto, nom excessivamente original, mas que pode aportar algumha cousa para o debate sobre os blogues, a literatura na rede, etc..., e que foi, está ainda a ser, um dos debates do ano que remata, e do ano que vai começar: "Além do dito, é claro que a leitura na rede costuma ser mais fragmentária, imediata, enquanto no papel dá para umha leitura mais profunda e demorada, complementando a leitura na Internet. É curioso, neste senso, comprovar como na rede se tenta cada vez mais aproximar os formatos de leitura à leitura em papel, como se vê em serviços gratuitos como Issuu, onde vimos publicando o Abrente desde há uns meses".

Full story »

  16:16:18, por Lugris   , 71 palavras  
Categorias: Gz é bem pequena, Músicas, Aqueles maravilhosos anos

A vida tola

[youtube]iRkrupsjz-M[/youtube]

Cada quem, vive a vida como quer, como pode. Há quem vive a vida louca, ou tola. Se lê este blogue, ou simplesmente o visita de quando em vez, e o seu filósofo de cabeceira fai-lhe visitar estas terras, que se lembre de mim. Que se lembre de nós.

Full story »

  11:04:46, por Lugris   , 97 palavras  
Categorias: Gz é bem pequena, Xende Lugris, O Apalpador 08

O Apalpador ao vivo!!!

[youtube]wqdsx5QbH40[/youtube]

O Apalpador andivo estes dias com muito trabalho. Por sorte para ele, nom tem que percorrer o mundo inteiro, só Galiza, que ainda que tu digas que é bem pequena, todas/os sabemos que Galiza é um mundo.
Nestas imagens, podemo-lo ver polas ruas de Compostela, mas há testemunhas, mesmo também fotos e outros vídeos, que mostram o seu passo polas ruas de Ponte Areais, Ferrol, Ourense...

Full story »

21-12-2008

  21:28:55, por Lugris   , 173 palavras  
Categorias: Músicas

"Com estes versos nom farás a Revoluçom"

[youtube]0f7UPTz4KeU[/youtube]

Senta na mesa e escreve
?Com este poema nom tomarás o poder? di
?Com estes versos nom farás a Revoluçom? di
?Nem com milheiros de versos farás a Revoluçom? di

E mais: eses versos nom lhe serviram para
Que peons mestres hacheros vivam melhor
Comam melhor ou ele próprio coma viva melhor
Nem para namorar umha serviram-lhe

Nom ganhará um cam com eles
Nom entrará no cinema de graça com eles
Nom lhe darám roupa por eles
Nom conseguirá tabaco ou vinho por eles

Nem papagaios nem cachecois nem barcos
Nem touros nem guardachuvas conseguirá por eles
Se por eles for a chuva molhará-lhe
Nom alcançará perdom ou graça por eles

?Com este poema nom tomarás o poder? di
?Com estes versos nom farás a Revoluçom? di
?Nem com milheiros de versos farás a Revoluçom? di
Senta na mesa e escreve

Full story »

20-12-2008

  07:40:37, por Lugris   , 95 palavras  
Categorias: Lugris, Aqueles maravilhosos anos

Nestas entranhaveis datas

Estarei estes dia entre aqui e alá. Entre alá e acolá. Novamente para aló. É o que tenhem estes dias, estas entranhaveis datas, que diria o bourbom.
Esta casa estará, seguramente, desatendida. Mas, para passar os dias, vou deixar aqui esta foto. Será de há 33 ou 34 anos...!!!
O famoso trio musical "Os Lugrises", interpreta algumha das suas mais famosas peças, um dos seus grandes éxitos das festas de natal.

Full story »

19-12-2008

  23:20:22, por Lugris   , 104 palavras  
Categorias: Escrever nom é mau

Para completar este poema

Canso-me
Nom é pronome inecesário
É que me canso
A mim próprio
A mim mesmo
Canso-me
Porém
continúo
na procura dum lugar
dum momento
dumha palavra
ou dumha pequena sensaçom
que me permita
por um segundo
descansar

Canso-me
por aguardar
por nom saber
por saber de mais
por nom querer seguir esperando

Canso-me
falando
ou guardando silêncio
escrevendo lendo vendo
ouvindo escuitando sentindo

Canso-me
com tanta indecissom
longe das madrugadas
e com tanta falta de equilíbrio

Canso-me
para saber-me
ainda com forças
para continuar
na procura da palavra
que me falta
para completar este poema

Full story »

15-12-2008

  07:44:58, por Lugris   , 158 palavras  
Categorias: Escrever nom é mau, Para Ver Ler

Como um blues

Se soubesse escrever
um poema como um blues
escreveria o blues do proletariado
Ou melhor ainda
da proletária
A mulher trabalhadora
que na fábrica
na cadeia de produçom
durante dez ou onze horas
sem se poder mover
e comendo
ás agachadas
umhas pequenas bolachas salgadas
que leva nos bolsos do fato azul
todos os días
repassa as melodias e as letras
que nas noites das sextas e o sábados
interpreta
com o seu grupo
num pequeno local de jazz
dumha cidade atlántica
cheia de metal força e esperança

Full story »

13-12-2008

  10:56:51, por Lugris   , 150 palavras  
Categorias: Cousas por aí, Gz é bem pequena, Stop hipocrisia!

Estibalizista e Espinosófilo

Eu, de verdade e de coraçom, declaro-me estibalizista e espinosófilo. Convencido. Confeso. Compacto.
Um motivo poderia ser isto, isto, ou isto. Poderia ser também por isto, ou por aquilo. Por aquela festa. Por ter-nos dado comida quanto tinhamos fame, ou por seu umha criatura tam mecánica. Em fim, motivos, tenho para mim que exitem avondos para declarar-se estibalizista e espinosófilo. Estibalizófilo e espinosista. Estes que eu citei, e outros.
Para mim, já o digem aqui, este é um deles. Só com isso, eu já me faria da igreja onde ela fose chefa, se existir.

Por isso quero agasalhá-la com esta entrada no meu blogue. Porque já lho digem: a língua se defende bem dos idiotas, mas a nós, a nós, quem nos defende a nós dos idiotas.

Full story »

12-12-2008

  07:45:29, por Lugris   , 56 palavras  
Categorias: Escrever nom é mau, Para Ver Ler

Crise

Por muito que olho
pola janela
para a rua
ou para os caminhos
para toda essa gente
para toda essa realidade
que está ai fora
ou aqui dentro
nom vejo
nom consigo ver
qual é o lugar onde estou
o lugar onde estarei

Full story »

<< 1 ... 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 ... 44 >>