NOM SE PODE VETAR A BANDEIRA DA GALIZA

NOM SE PODE VETAR A BANDEIRA DA GALIZA

27-05-13

Os coletivos abaixo assinantes -pertencentes à Plataforma pola proteçom da serra do Galinheiro-, queremos manifestar o nosso desacordo com o inadmissível conteúdo e termos do comunicado emitido pola Plataforma, vetando a possibilidade de poder portar bandeiras da Pátria nas mobilizaçons em defesa deste espaço natural.

Nom só comunicamos que nom toda a Plataforma é partícipe desta decisom, condenamos a tentativa de negar o pluralismo de umha plataforma como a nossa, impondo absurdos vetos aos símbolos que unem a todas as galegas e galegos que amamos e defendemos esta Naçom.

Nom se pode impedir a presença de bandeiras do nosso País nas mobilizaçons populares. E menos ainda numha luita em defesa da terra como a que desenvolvemos os coletivos e pessoas que formamos parte da Plataforma pola proteçom da serra do Galinheiro.

Solicitamos a imedita retificaçom de umha decisom setária que atenta contra a liberdade ideológica e o direito a livre manifestaçom de todas aquelas e aqueles que coincidimos na defesa do Galinheiro, contra o espólio e o saqueio à que se vê submetida polas multinacionais e os governos do PP.

ADEGA
Centro social Lume!
Centro social Revolta

Vigo, Galiza, 25 de maio de 2013


Marcha a Jove (1979)


Andaina no Galinheiro (2013)

Escrito ?s 13:37:20 nas castegorias: NOVAS
por csrevolta   , 198 palavras, 449 views     Chuza!

Ainda sem comentários