Busca

        As minhas visitas no mundo

        Locations of visitors to this page

      blog engine

      DUCADO(de)S(uárez)

      DUCADO(de)S(uárez)

      Quando procedente de Igom (S. Martim da Ribeira-Cervantes-Ancares) ante-ontem à noite cheguei à minha casa (em Compostela), topei na caixa do correio o último número da revista Tempos Novos.

      Na sua página 7 o número 122 da Revista Mensal de Informaçom para o Debate traz a fotomontagem que, no passado 27 de Junho, figera para ilustrar os Dias Soltos do escritor ourensano fixado em Compostela Bieito Iglesias.

      Em concreto, a minha ilustraçom alude a umha das últimas frases do seguinte e estarrecedor dia solto bieito-eclesiástico:

      Xuño 14
      VISCERAL
      Existe ao parecer un ?cerebro intestinal?, conectado ao seu irmao da azotea, rico en neurotransmisores e capaz de tomar decisiós tales como iniciar os movementos da defecación cando non toca, por exemplo baixo a influencia dunha situación de estrese (medo ou abalo nervioso). Non cumpría o ditame dos científicos pra constatar que hai unha psicoloxía visceral. Eu coñecín un señor (viña á casa de xornaleiro a mantido en certas endeitas) que narraba as súas fazañas de executor no 36 sen o melindre dun Raxoi, partidario de abolir a Lei da Memoria Histórica. Explicaba aquel home nacho ?de nefres esmagados- que as vítimas, á vista do cano das armas do somatén falanxista, ?se desfacían a peidos?. O tipo, que consideraba os republicanos claudiados como outros tantos trofeus (e iso que, ao rematar o morticinio, lle pagaron mal e tivo que volver á cava das cepas), admiraríase diante do empeño da direita actual en ocultar os paseos. A direita está resolvida a exaltar a transición (unha versión palaciana da mesma, con intrigas da Zarzuela e paquetes de tabaco fumados por Suárez e Carrillo, sen loita operaria nin algueiradas estudiantís) e a edulcorar a historia con cantigas de Fórmula V. Coidadiño con pronunciar o nome dos asasinos.

      Bieito Iglesias, Dias Soltos. Tempos Novos Nº 122 (Julho de 2007), pág. 6.

      Dando por suposto que essa seria a marca de tabaco que o histórico lider comunista e o ex-presidente do governo espanhol fumariam a meias durante a tam badalada Transición, para a realizaçom da nossa ilustraçom empregamos um maço de tabaco da espanholíssima marca Ducados.

      Sem tocar umha só letra do logótipo original acrescentamos umhas quantas letras mais ("de" e "uárez") para transformarmos o nome da antedita marca de tabaco no pomposo título nobiliário concedido em 1981 polo actual chefe do Estado Espanhol ao presidente do seu segundo governo: o Ducado de Suárez.

      No seu momento, o título nobiliário outorgado por Juan Carlos I de Bourbon a Adolfo Suárez González dera pé a um popular trocadilho segundo a qual o significado das siglas do C.D.S. (partido fundado por Suárez em 29 de Junho de 1982) nom seria o de Centro Democrático y Social, que era o que significavam realmente, senom o de Conde-Duque Suárez.

      A marca de tabaco Ducados toma o seu nome dumha antiga moeda de ouro cunhada em vários paises europeus e em diferentes épocas e introduzida na península ibérica polos Reis Católicos.

      Na minha fotomontagem os perfís de Isabel I de Castela e Fernando II de Aragom, que aparecem no ducado do maço de Ducados original, foram substituídos polos perfís de Santiago Carrillo e Adolfo Suárez retirados desta foto.

      Escrito em 23-07-2007, na categoria: COLABORAÇÕES HABITUAIS:, Tempos Novos
      Chuza!

      2 comentários

      Comentário de: Escolopendra [Visitante]  
      Escolopendra

      Apenas um apontamento: a ‘espanholíssima marca Ducados’, já hai uns anos que se passou a ser ‘francessícima marca Altadis’, e agora nem isso…

      24-07-2007 @ 00:02
      Comentário de: suso [Visitante]  
      suso

      Obrigado polo teu apontamento, Escolopendra! Com efeito, as Wikipédias dim que Altadis é umha multinacional hispano-francesa (nascida em 1999 fruto da fussom entre a espanhola Tabacalera e a francesa SEITA) e que no mês corrente (Julho de 2007) foi comprada pola multinacional britânica Imperial Tobacco. Entom em vez de falar de umha marca espanhola haveria que falar de umha marca EXpanhola, he, he.

      24-07-2007 @ 14:50