[O Sítio de Suso Sanmartin]

      No Caminho Português a Santiago de Compostela existe um lugar chamado Angueira de Suso.

      Segundo o dicionário e-Estraviz da língua galego-portuguesa “angueira” é “o quefazer, cuidados e negócios que cada pessoa tem”. “Angueiras” som “trabalhos, cargas sofrimentos”. Por sua parte “suso”, do latim susu, quer dizer “acima, atrás”.

      Angueira de Suso é o sítio de Suso Sanmartin na rede. Aqui colocará o susodito as suas angueiras presentes, passadas e futuras.

      Obrigado pola visita.

      susosanmartin@gmail.com


      ddooler


    Busca

    As minhas visitas no mundo

    Locations of visitors to this page

powered by b2evolution free blog software

Arquivos para: Março 2008

"O Pasquim" Nº 9

Capas do Nº 64 do 'Novas da Galiza' (esquerda) e do Nº 9 d'O Pasquim' (direita).

Anteontem, sexta-feira, 28 de Março de 2008, chegou à minha caixa do correio o último número do Novas e, conjunta e in-separavelmente com ele, o último número d'O Pasquim.

N'O Pasquim Nº 9 (dedicado a Tan gallego como el gallego, Galicia Bilingüe, Mesa por la Libertad Lingüística e toda essa galegófoba ralé) colaboramos (in alphabetical order): Fer, Franjo Padín, Gerardo Doco Velo, Gonzalo Vilas, Maceirax, Pestinho+1, Pepe Carreiro e um servidor, Suso Sanmartin.

O título do Nº 9 d’O Pasquim («Be lingual, be happy!») tomamo-lo emprestado da magistral BD com a que o mestre Gonzalo Vilas, ausente nos dous anteriores números d'O Pasquim, volta a deleitar-nos neste número. A Deus o que é de Deus e a César o que é de César! ;)

Escrito em 30-03-2008, na categoria: O Pasquim
"Carnicería Suso" (Bertamirans)

"Carnicería Suso" (Avenida da Amaia, 38, Bertamirans-Ames).

Na segunda-feira encontrávamos por acaso um camiom de Construcciones Suso (Bexe-Seixo-Marim) e anteontem, quarta-feira, o amigo Antón Díaz enviava-nos as fotos do Mesón Suso (Arteijo) que nom havia muito tempo nos prometera.

As fotografias de um e outro susodito estabelecimento comercial foram publicadas aqui, em Angueira de Suso, com data de 26 de Março de 2008.

Nom há dous sem três, diz o ditado, assim que aproveitamos para publicar umhas fotografias, as da Carnicería Suso de Bertamirans, que levavam mais de cinco meses no disco rígido do computador esperando a sua vez.

Foram feitas em 20 de Outubro de 2007 (Sábado) quando a Teresa e mais eu regressávamos a Compostela depois de desfrutar, em pleno Outono e graças à mudança do clima, dum maravilhoso dia de praia.

A única nota negativa daquela jornada foi que, for the second time in my life e depois de muitíssimos anos, fum picado por umha faneca inglesa (às/aos que nom sodes de Bueu terei que explicar-vos que umha faneca inglesa é o que vós chamades de faneca brava).

Embora as moléstias no dedo gordo do pé direito me durariam várias semanas, na foto que com a Carnicería Suso de fundo me fijo a Teresa (a primeira, acima à esquerda) pareço completamente restabelecido da picada.

Escrito em 28-03-2008, na categoria: SUSODITOS EST. COMERCIAIS, Peixarias e Talhos Suso
"Mesón Suso" (Arteijo)

"Mesón Suso" (Cruzamento de Sabom-Seixedo, S/N. Arteijo)

Antón Xosé Díaz Gómez (mais conhecido por Antón Papa-Queijos) prometera nom há muito enviar-me as fotografias dum susodito estabelecimento comercial do qual é bom fregués.

Seu dito, seu feito. Na manhã de hoje recebim do amigo Antón cinco fotografias do arteijano Mesón Suso das que selecionei estas duas para a sua publicaçom.

Très bien, Antoine! Merci bocoup! Tu es très bon! ;)

Escrito em 26-03-2008, na categoria: SUSODITOS EST. COMERCIAIS, Hotelaria Suso
"Construcciones Suso" (Bexe-Seixo-Marim)

"Construcciones Suso" (Bexe-Seixo-Marim)

Anteontem à tarde, por volta das 16h00 (GMT), topei na Portelinha (lugar da freguesia de Sam Giam de Marim) este camiom de Constucciones Suso arrumado ao pé dumha casa em construçom.

Segundo reza na serigrafada porta do veículo, Constucciones Suso tem o seu domicílio social num lugar da vizinha freguesia de Seixo, Concelho de Marim também, chamado Bexa (terminado em "a").

Nem no Nomenclátor de Galiza nem no Topogal encontramos um lugar chamado assim. Encontramos, porém, que na morracense freguesia de Seixo existe um lugar chamado Bexe (terminado em "e").

Mais um mistério por resolver!

Escrito em 26-03-2008, na categoria: SUSODITOS EST. COMERCIAIS, Construções Suso
“O Pasquim” Nº 8

Capas do Nº 63 do 'Novas da Galiza' (esquerda) e do Nº 8 d'O Pasquim' (direita).

Há exatamente três semanas (na Quarta-feira, 27 de Fevereiro) recebim na minha morada o número 63 do Novas da Galiza e (conjunta e in-separavelmente com ele) O Pasquim número 8.

E há três semanas menos um dia (vinte dias já) que (na quinta-feira, 28 de Fevereiro) Gerardo Uz publicou no seu blogue um post sobre a oitava entrega do Suplemento de Humor do Novas da Galiza, integralmente dedicado às Eleições Gerais celebradas no Reino de Espanha no passado 9 de Março (há hoje dez dias).

A estas alturas O Pasquim Nº 8 já nom é, portanto, novidade nengumha. No entanto (visto que de todos os números anteriores d’O Pasquim foi dada notícia aqui, em Angueira de Suso) tarde, mal e arrasto fazemos o próprio com O Pasquim Nº 8.

E igual que figemos no post dedicado ao anterior número d’O Pasquim (O Pasquim Nº 7), abusando da confiança do Gerardinho voltamos a copiar e colar aqui um trecho do seu post. Com licença:

(...) Neste número colaboram os já habituais Suso Sanmartin (quem, ademais, coordena), Pestinho +1 e Franjo Padin. A maravilhosa equipa recupera a colaboração de Bruno Ruival (autor da imagem corporativa d’O Pasquim) e, como novidade, duas gratas fichagens: Fer (texto de opinião) e Maceirax (desenho crítico). Como no resto de números, o resto de tarefas continuam sendo as mesmas, com o grande Xico Paradelo assumindo a coordenação adjunta… e quem lhes escreve, pois perpetrando maquetando (...)

Escrito em 19-03-2008, na categoria: O Pasquim
Entendemo-nos?

De esquerda a direita: Eduardo Sanches Maragoto, Samuel Rego, eu, Domingos Manaça e Nilsom Leite (Foto: Teresa Díaz).

Desde ontem, segunda-feira 10 de Março, até depois de amanhã, quinta-feira 13, a Escola Oficial de Idiomas de Santiago de Compostela celebra o seu Festival das Línguas.

Dentro do programa do Festival das Línguas 2008 encontramos muitas e variadas actividades relacionadas com as línguas que se estudam na EOI: workshops (de gastronomia, regueifa, danças do mundo, manualidades, etc.), concursos (Cinema, music and literature quiz, Festival da Cançom de EOIvisom, etc.) projecções cinematográficas, debates...

Os meus bons amigos Edu e Bea (professores ambos do Departamento de Português da EOI compostelana) tiveram a gentileza de convidar-me a participar numha mesa-redonda intitulada Entendemo-nos? junto com o português Samuel Rego, o angolano Domingos Manaça e o brasileiro Nilsom Leite ...e eu tivem a ousadia de aceitar o seu amável convite!

O debate tivo lugar hoje, terça-feira 11 de Março, de 18h00 a 20h00 (GMT+1). Espero que para o público assistente (quinze encantadoras pessoas) escuitar os meus colegas de mesa-redonda tenha resultado tam interessante quanto para mim.

Entendemo-nos? ;)

Escrito em 11-03-2008, na categoria: LA QUESTIONE DELLA LINGUA (degli coglioni)
IX Bienal da Caricatura de Ourense: aí estamos!

Caricaturas de Xan, Lois & Chicho ["De Troula" Nº 0 (JAN 2006), pág. 7], José María Martínez Bordíu "Pocholo" ["Novas da Galiza" Nº 48 (15-NOV/15-DEZ-06), pág. 3], Bieito Iglesias ["Tempos Novos" Nº 117 (FEV 2007), pág. 7], Rafael Louzán ["Novas da Galiza" Nº 52 (15-MAR/15-ABR-07), pág. 3], Miguel Torga [Catálogo XI Salão Luso-Galaico de Caricatura - Vila Real 2007 (Torga ou a Poética da Vida), pág. 76], Quim Barreiros ["O Pasquim" Nº 1 ("Novas da Galiza" Nº 56, 15-JUL/15-AGO-07), pág. 4], Rubén Cela ["O Pasquim" Nº 4 ("Novas da Galiza" Nº 59, 15-OUT/15-NOV-07), pág. 2], Quintana, Tourinho & Feijoo ["O Pasquim" Nº 4 ("Novas da Galiza" Nº 59, 15-OUT/15-NOV-07), pág. 2], Isaac Díaz Pardo ["Galícia" Nº 0 (JAN 2008), pág. 12] e Xosé Lois González Álvarez "O Carrabouxo".

Hoje, 5 de Março de 2008, quarta-feira, a partir das 19h30 (GMT+1), inaugura-se na Casa da Juventude de Ourense a IX Bienal da Caricatura, que decorrerá na cidade das Burgas até o dia 30 do corrente (descarregar catálogo e programa em pdf).

Embora o Tenente de Alcaide do Concelho de Ourense, o Diretor Geral de Juventude e Solidariedade e mais o Vice-Reitor do Câmpus de Ourense tiveram a gentileza de convidar-me ao acto (o convite chegou na passada sexta-feira, 29 de Fevereiro, à minha caixa do correio), sentindo muito acho que nom vou poder ir: amanhã é dia de garavulhos! :(

E gostava muito de chegar-me até lá! Por duas razões: 1ª) porque é sempre um prazer estar em Ourense e 2ª) porque, após dous biénios de ausência (VII e VIII Bienais da Caricatura; 2004 e 2006, respectivamente), os meus trabalhos voltam a marcar presença no badalado evento ourensano.

Caricaturas minhas já estiveram presentes na III, IV, V e VI Bienais da Caricatura de Ourense (1996, 1998, 2000 e 2002, respectivamente). Aliás, em 1996 fum galardoado com o primeiro prémio no III Concurso Galego de Caricaturistas Noveis (por umha colecçom composta polas caricaturas de Xosé Mª Caneda, Xosé Cuíña, Xosé Ramón Gayoso, Felipe González, Mário Soares e Paco Vázquez) e dous anos mais tarde, em 1998, deram-me um dos quatro prémios de consolaçom (cast. accésit) por umha caricatura de Xosé Luís Méndez Ferrín.

No passado 16 de Janeiro, quarta-feira, recebim via telefónica o amável convite do diretor da Casa da Juventude de Ourense (o entranhável Benito Losada) para participar nas exposições de Caricaturistas Galegos e de Homenagem ao Carrabouxo desde hoje mesmo patentes ao público na cidade de Ourense (no Museu Municipal e no Pólo Universitário das Lagoas, respectivamente).

Naquele dia o Benito pediu-me dez caricaturas realizadas nos últimos dous anos e mais umha homenagem em forma de desenho aO Carrabouxo, a popular personagem criada por Xosé Lois25 anos.

Procurando no baú das recordações descobrim que poucas mais (13) eram as caricaturas que em total tinha desenhado no último biénio: sete caricaturas individuais (Pocholo, Bieito Iglesias, Rafael Louzán, Miguel Torga, Quim Barreiros, Rubén Cela e Isaac Díaz Pardo) e dous retratos caricaturais de seus respectivos trios (Xan, Lois & Chicho por um lado e Tourinho, Quintana & Feijoo por outro). Excepto a de Rubén Cela e as do trio Feijoo-Touri-Quin dum ou doutro jeito todas elas tinham aparecido já por aqui.

Em 29 de Janeiro, terça-feira, desenhei a partir desta foto a caricatura de Xosé Lois González Álvarez O Carrabouxo que podedes ver acima e daí a dous dias, na quinta-feira 31, tal e qual o seu diretor me pedira, enviei à Casa da Juventude de Ourense tudo por SEUR.

Vemo-nos em Ourense qualquer dia destes!!! :)

Escrito em 05-03-2008, na categoria: CARICATURA