[O Sítio de Suso Sanmartin]

      No Caminho Português a Santiago de Compostela existe um lugar chamado Angueira de Suso.

      Segundo o dicionário e-Estraviz da língua galego-portuguesa “angueira” é “o quefazer, cuidados e negócios que cada pessoa tem”. “Angueiras” som “trabalhos, cargas sofrimentos”. Por sua parte “suso”, do latim susu, quer dizer “acima, atrás”.

      Angueira de Suso é o sítio de Suso Sanmartin na rede. Aqui colocará o susodito as suas angueiras presentes, passadas e futuras.

      Obrigado pola visita.

      susosanmartin@gmail.com


      ddooler


    Busca

    As minhas visitas no mundo

    Locations of visitors to this page

powered by free blog software

Arquivos para: Junho 2008

"Les Invasions Barbares"

Cartaz do filme 'Les Invasions Barbares' (esquerda) e ilustraçom publicada na pág. 7 do último núm. da revista 'Tempos Novos' (direita)

Ainda nom chegou à minha morada (a ver se amanhã!) mas acabo de encontrá-lo no bem sortido revisteiro do Café-Bar 13 (R. Santa Clara, 13, Compostela). Estou a referir-me ao número 133, de Junho de 2008, da revista Tempos Novos.

O desenho que na Tempos deste mês da ilustra os Dias Soltos do escritor ourensano fixado em Compostela Bieito Iglesias nom é original mas é inédito.

Leia mais »

Escrito em 18-06-2008, na categoria: COLABORAÇÕES HABITUAIS:, Tempos Novos
'Susa Literatura' edita Manoel-António em basco

Trasantontem, sexta-feira 6 de Junho, recebim e-pístola do Jesu Pinheiro em que o meu amigo e tocaio rianxeiro (membro fundador da Coordenadora Cidadã Cachimbo pola Paz) me dava conta da impressionante descoberta que, como bom manoelantoniano, figera navegando pola internet.

Resulta que umha editorial basca editara Lauretatik lauretara (untziko eguneroko baten orri databakoak), é dizer, De catro a catro (follas sin data d'un diario d'abordo) em basco!

Mas nom era apenas isso! Resulta que a editorial responsável pola ediçom na língua dos bascos e das bascas do poemário manoelantoniano por antonomásia se chama... Susa!!!

É dizer, igual a nós os dous, só que em feminino :D

Tem razom o amigo Jesu/Suso Pinheiro (um dos trinta e nove luso-reintegracionistas que, atoalhados e orgulhosos, podedes encontrar neste vídeo) quando di que passam os anos e (Manoel-António e mais nós) continuamos unidos. E, quem sabe, talvez tenha razom também quando no seu e-mail acrescenta:

Portanto, Manoel António segue vivo em Euskal Herria, onde deveu refugiar-se trás fugir do 'zulo' onde o tinham pecho o comando dos 'GALaxios'. Estará o nosso heroi de marinheiro em Trintxerpe ou Ondarroa (vilas cumha alta percentagem de rianxeiros a trabalhar nos seus barcos nos anos 70 e 80)?, ou bem fazendo-se passar em Portugalete por um reformado de 'Altos Hornos de Vizcaya'?. Quiçá seja um dos líderes na sombra da Batasuna ilegal ou mesmo um "ojeador" do Atlhetic de Bilbao. Nada se sabe, há que investigar. Mira que sentido cobra agora aquele berro de "García Sabell sipaio / devolve De Catro a Catro".

Pois é, meu caro xará, tudo parece vir mesmo a calhar! :)

Escrito em 09-06-2008, na categoria: TERRORISMO CULTURAL (TC):, Cachimbo Pola Paz