[O Sítio de Suso Sanmartin]

      No Caminho Português a Santiago de Compostela existe um lugar chamado Angueira de Suso.

      Segundo o dicionário e-Estraviz da língua galego-portuguesa “angueira” é “o quefazer, cuidados e negócios que cada pessoa tem”. “Angueiras” som “trabalhos, cargas sofrimentos”. Por sua parte “suso”, do latim susu, quer dizer “acima, atrás”.

      Angueira de Suso é o sítio de Suso Sanmartin na rede. Aqui colocará o susodito as suas angueiras presentes, passadas e futuras.

      Obrigado pola visita.

      susosanmartin@gmail.com


      ddooler


    Busca

    As minhas visitas no mundo

    Locations of visitors to this page

powered by free blog software

Categoria: Pichelaria Suso

"Grúas Suso" e "Fontanería Suso" (Carvalho)

Na boa companhia da Felisa e do José Ramom, no penúltimo dia do ano passado (Sábado, 30 de Dezembro de 2006) assistim em Pontecesso ao IV Encontro Galego de Acordeom Diatônico.

Após o almoço no Café-Bar-Restaurante A Pesqueira (Av. Anlhons, 84, frente ao CEIP Eduardo Pondal), onde a Bea e o Paulo se uniram a nós, assistimos na Casa dos Vizinhos do Couto à palestra, intitulada As gravações históricas dos acordeonistas Hermanos Moreira, do diretor artístico de Ouvirmos S.L. e professor de História da Música Galega no Conservatório de Música Tradicional e Folque de Lalim, Ramom Pinheiro.

Encerrou-se o poderoso encontro cum concerto-baile apresentado polo Xurxo Souto e amenizado por Brais Maceiras, o Sr. Pazos de Merexo (o homenageado), Carlos Quintá & Óscar Fernández, Os Tres Trebóns e o Vendaval do Rosal e o monitor de dança tradicional Marcelo González.

Ao finalizar o Concerto-Baile, de regresso a Compostela, topamos no Concelho de Carvalho os dous susoditos estabelecimentos comerciais que aparecem nas fotografias que ilustram este post: Grúas Suso (esquerda) e Fontaneria Suso (direita).

A viagem de volta figemo-la em comboio: a Bea e o Paulo diante, no seu carro, e a Felisa, o José Ramom e mais eu detrás, no meu. Grúas Suso descobrim-no eu quando, perdidas e perdidos, dávamos voltas por Carvalho. Há males que vêm por bem. A Fontanería Suso foram o Paulo e mais a Bea quem a descobriram para mim. Boa gente!

Do número de telefone que figura tanto no letreiro quanto na porta do guindaste (981 75 75 35) deduzimos que as fotos correspondentes a Grúas Suso foram feitas no lugar da Revolta da freguesia de Carvalho. E é que, segundo as nossas pesquisas internáuticas, no número 61 do lugar de Bolom, freguesia de Sofám, Concelho de Carvalho, existe um outro Grúas Suso cujo número de telefone é o 981 75 30 83.

Quanto às fotos da Fontanería Suso a identificaçom do local onde foram feitas é-nos mais complicada.

Segundo as Páginas Amarelas há no Concelho de Carvalho três canalizadores, picheleiros ou encanadores susceptíveis de serem chamados de Suso: Jesús Pedrouzo (Sam Joam Baptista, 7), Jesús Suárez Tasende (Ponte Rosende, 26) e Jesús Antonio Viña Rodríguez (Av. Fisterra, 71). Será que o susodito estabelecimento comercial que aparece nas tais fotografias pertence a algum destes três tocaios meus? Ou será que as fotos seriam feitas já fora do término municipal bergantinham?

A Felisa tivo a gentileza de enviar-me nesta semana as fotos que naquela noite figera com a máquina que gentilmente me emprestou. Por ambas as duas cousas, muitíssimo obrigado, Feli! :-)

Escrito em 19-01-2007, na categoria: SUSODITOS EST. COMERCIAIS, Mecanizados Suso, Pichelaria Suso