17-03-2005

O próximo dia: comida japonesa :D

Passai-no bem nestas férias!

FOI ESCRITO @ 02:36:00 na categoria cousas minhas Link permanente 3 comentários »

17-03-2005

folque.com

O meu blogue está-se tornando famoso xD. Obrigado aos/às companheir@s de FOLQUE.COM (Associaçom do Conservatório de Música Tradicional e Folque de Lalim), e avante com esse formoso projecto para os que amamos a música.

P.S. Os que queirades descargar umha recompilaçom de artigos de Rudesindo Soutelo ide aqui &#59;)

FOI ESCRITO @ 02:21:00 na categoria música Link permanente 1 comentário »

17-03-2005

"O apêndice assassino" xD

O sábado nom saiu connosco porque estava um algo doente da barighinha. Na segunda surpreendim-me ao telefoná-lo à casa, e sair o seu pai... Pois antonte fum com os meus amigos visitá-lo ao hospital, por umha operaçom de apendicite. Já sabedes como é isso, uns dias no hospital e fora. Pede-nos que nom lhe fagamos rir, polos pontos, mas nom lhe fazemos caso &#59;D. O pior é que o pobre só tinha para cear um caldinho (só o líquido) e um pouco de leite. Está bem, e ademais tirou umhas mui boas notas neste quadrimestre :P

Põe-te bem :)

FOI ESCRITO @ 02:13:00 na categoria cousas minhas Link permanente Deixe o seu comentário »

17-03-2005

Gabriel (O Pensador?)

O sábado conhecemos a um companheiro do recentemente criado grupo AGAL-CUVI. Adorei o encontro, falamos um pouco de tudo, sobretudo de reintegracionismo, e do que pode custar ao princípio entender-se com gente com outros sotaques. E de que sim, que somos uns e umhas louc@s por escrever como o fazemos &#59;). O Kamasutra poderia ajudar, diz Sabela. Bom, algumha esperança há que guardar, ainda que pode que nom muitas em Quin...

Agora, já sabedes aí em Vigo, a organizar umha Copoterapia para celebrar a criaçom do primeiro grupo universitário da AGAL. (Em realidade ia ser o da Corunha, mas de momento é um grupo com um só componente xD. Alguém se anima? Escreve a univ.corunha[arroba]agal-gz.org &#59;).

FOI ESCRITO @ 02:02:00 na categoria cousas minhas, língua Link permanente Deixe o seu comentário »

02-03-2005

Maria Castanha (1)

Perguntaredes-vos (ou nom) o porquê do ?mariacastanha? no endereço deste blogue. Vou-no explicar, que me apetece :P. Gosto desse nome, e nom é mais que porque a tal Maria Castanha é a personagem mais famosa da aldeia dos meus avós maternos. Sim, Maria Castanha, essa galega guerrilheira, era da freguesia de Cereija, no Concelho da Póvoa de Brolhom :D. E gosto, com certeza, do que representa a personagem. Outro dia conto algo da sua vida, que pouco se saberá, é claro. Eu pouco mais sei que se rebelou contra o excessivo pago de impostos ao conde de Lemos, se nom recordo mal.

FOI ESCRITO @ 20:21:00 na categoria cousas minhas Link permanente 3 comentários »

02-03-2005

peixe-sapo


Que feio é, mas que rico está o peixe-sapo, mmm... Que sorte @s que o comem amiúde..., e @s que som convidad@s! &#59;)

FOI ESCRITO @ 20:19:00 na categoria cousas minhas Link permanente 1 comentário »

28-02-2005

O fole do cacique

Falando de gaitas marcianas, colo aqui um interessantíssimo artigo de Rudesindo Soutelo, que nom tem papas na língua.

Artigo publicado em A Nossa Terra, 1-04-2004

O Bardo na Brêtema; Rudesindo Soutelo

O fole do cacique

A falsificação da história é a manipulação habitual dos embaucadores. Na Galiza temo-los até na música culta e pretendem convencer-nos de que nunca existiu. Eis senão as programações dos concertos que se celebram na nossa terra. Ou as obras que se estudam nas aulas dos Conservatórios. Excepto Carminha Burrana o resto é tudo uma feira-dixit o manda-mais da cultura.

Falando de manipulação histórica o próprio nome da Galiza foi borradodo mapa; os seus reis destronados; o território arrebanhado; a língua convertida em filha da sua irmã menor; a cultura transformada em atraso e a música em aturuxo. Mas a falsificação mais pitoresca e ridícula da música galega é a dos roncos erguidos. Mistura de sado-masoquismo organológico, disciplina castrense e servilismo político em favor da destruição identitária-cultural e musical dum povo. Os sonhos de grandeza dum iluminado ao que se lhe aparece o dinheiro da Xunta em grandes moreias para aniquilar o principal ícone da cultura tradicional galega.

Full story »

FOI ESCRITO @ 20:04:00 na categoria música Link permanente 12 comentários »

28-02-2005

NOM!

Hoje vai um frio que nom é normal. Meu avô e eu tremíamos com a friagem na rua, aguardando polo autocarro. Aqui na Corunha quando vai este frio e pega o ar nom há quem pare, ainda que a temperatura nom seja tam baixa como noutros sítios. Menos mal que na casa ?está-se ao quente?, como ele diz :). E eu estou na casa, no quente, e bebendo um chá negro que me sabe a glória, na minha tacinha nova :D.

Acontece que a semana passada topei na rua com um rapaz limião que levava tempo sem ver. Com este amigo passou-me umha cousa bem curiosa. Quando o conhecim, há uns anos, sendo ele (e ainda é) companheiro de apartamento dum colega, eu fiquei para ele como um radical (xD). Por declarar-me nacionalista e reintegracionista, e lembro também que discutíramos acaloradamente sobre as gaitas marcianas (ele tinha umha), que lá pola zona de Ourense tenhem umha nojenta grande implantaçom (com os cartos e toda a maquinária caciquil da Deputaçom detrás).

Quando volvim coincidir com ele, celebrando um aniversário no seu apartamento, surpreendim-me de encontrar ciscadas pola sala brochuras dumha associaçom da que fazia parte desde havia pouco, Juventude pola Autodeterminaçom (JA!!), agora integrada em Aguilhoar. Eu numha noite de borracheira nom o conseguira convencer nem um pouco, mas aí o tinha, feito um reintegrata e independentista. O das gaitas, isso sim, ainda nom o tinha mui claro...

A questom é que quando o vim comentou-me decepcionado o resultado do referendo da Constituiçom europeia. Ainda pensava que poderia ter ganhado o NOM, um amigo muito optimista, ou melhor, pouco informado. Com certeza nom houvo um rejeitamento contundente nas urnas, mas sim umha clara encenaçom do afastamento da UE e as suas instituições no povo. E há que ter em conta a dificuldade de fazer chegar à populaçom as mensagens críticas, ficando os média nos artigos da Constituiçom que ninguém poderia rejeitar, lidos por personagens como Loquillo ou Butragueño, e nos partidos políticos que distorcérom a consulta fazendo que esta passasse a ser ?Europa (e nom Uniom Europeia) Sim? ou ?Europa Nom?. Há quem diga ainda que isto é umha democracia...

Bom, eu alegrei-me de volvê-lo ver &#59;).

FOI ESCRITO @ 19:49:00 na categoria cousas minhas, revolta Link permanente 2 comentários »

27-02-2005

quando eu fecho os olhos

quando eu fecho os olhos

e aí você surgiu na minha frente
e eu vi o espaço e
o tempo em suspensão.
senti no ar a força
diferente
de um momento
eterno desde então.

e aqui dentro de mim você demora;
já tornou-se parte mesmo do meu ser.
e agora em qualquer parte,
a qualquer hora,
quando eu fecho os olhos,
vejo só você.

e cada um de nós é um a sós,
e uma só pessoa somos nós,
unos num canto, numa voz.

o amor une os amantes em um ímã,
e num enigma claro se traduz;
extremos se atraem, se aproximam
e se completam como
sombra e luz.

e assim viemos, nos assimilando,
nos assemelhando, a nos absorver.
e agora não tem
onde, não tem quando
quando eu fecho os olhos
vejo só você.

e cada um de nós é um a sós,
e uma só pessoa somos nós,
unos num canto, numa voz.

Música: Chico César
Letra: Carlos Rennó
FOI ESCRITO @ 21:47:00 na categoria cousas minhas, música Link permanente 1 comentário »

27-02-2005

chá

Chá!

Alguém sabe que quer dizer o kanji escrito na taça? Procurei no meu livro de japonês, mas nom o topei xD

FOI ESCRITO @ 21:38:00 na categoria cousas minhas Link permanente 1 comentário »

<< 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 >>

mariacastanha.agal-gz.org

Tocando em aberto é o blogue pessoal, agora inactivo, de um gaiteiro-engenheiro (sem ser ainda nenhuma das duas cousas) sócio da AGAL onde fala do que gosta, do que lê por aí, das suas intimidades (sem exceder-se) e do primeiro que lhe sai da cabeça se fica bonito.

Agosto 2017
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
 << <   > >>
  1 2 3 4 5 6
7 8 9 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27
28 29 30 31      

Busca

  Feeds XML

powered by b2evolution free blog software