Categoria: 03. Notícias

A Vogal publica hoje o primeiro capítulo do livro "Três Tristes Sonhos de Princesa"

25-12-2007

A associaçom Vogal, com o intuito de fazer um presente e felicitar as festas a todos, publica hoje em formato digital o primeiro capítulo da obra "Três Tristes Sonhos de Princesa", premiada no primeiro Concurso Internacional Galescola.

A obra autoria de Carlos Figueiras virá a ser publicada pola Vogal no decorrer do vindouro ano. Esperamos no entanto que gostedes deste avanço que disponibilizamos agora.

Boas Festas e Bom Ano Novo !!

Três Tristes Sonhos de Princesa - Vogal - Primeiro Capítulo

A Vogal com a Candidatura do Património Imaterial Galego-Português

25-11-2007

Link: http://www.opatrimonio.org/pt/principal.asp

A Associaçom Vogal quer mostrar, mais uma vez, o seu apoio decidido à Candidatura das Tradições Orais Galego-Portuguesas promovida por diferentes colectivos, entidades e particulares galegos e portugueses para a sua proclamação como Património Imaterial da Humanidade pola Unesco em 2009.

Muitos ânimos e avante !!

null

A VOGAL dá a conhecer o resultado do Concurso "Galescola"

30-05-2007

A Associação VOGAL (Viveiro e Observatório das Galescolas) dá a conhecer hoje, segundo estabeleciam as bases da convocatória, o resultado do Iº Concurso Internacional "Galescola" de Criação de Material Didáctico Infantil:

- na categoria de textos escritos o ganhador é Carlos G. Figueiras, com a obra "Três tristes sonhos de princesa"

- na categoria de arquivos sonoros o concurso fica deserto.

Associação VOGAL
Vigo, 30 de Maio de

Concurso "Galescola"

24-05-2007

O passado 15 de Maio às 24:00, hora galega, rematou o prazo de apresentação de obras ao Iº Concurso Internacional "Galescola" de Criação de Material Didáctico.

O dia 30 de Maio, segundo estabelecem as bases do concurso, serão dados
a conhecer os nomes das obras ganhadoras e os dos seus autores.

Associação Vogal (Viveiro e Observatório das Galescolas)

Convocado o I Concurso Internacional ''Galescola'' de Criação de Material Didáctico Infantil

24-03-2007

Vogal/Galescolas.- A associação Vogal (Viveiro e Observatório das Galescolas) no seu objectivo de promover e favorecer o ensino alargado, certo e efectivo da nossa língua na Galiza, convoca o I Concurso Internacional ''Galescola'' de Criação de Material Didáctico Infantil.

O certame é convocado em duas modalidades, uma de textos escritos (textos, contos e estórias) e a outra de arquivos sonoros (relatos falados ou musicados), estabelecendo-se um prémio para a melhor obra de cada categoria.

As obras deverão ser originais e inéditas e o prazo de apresentação das obras fica aberto até o dia 15 de Maio às 24:00 GMT.
O resultado do Concurso será dado a conhecer o dia 30 do mesmo mes.

As bases do Concurso podem ser descarregadas aqui.

O grupo Galescola disponibiliza materiais didácticos através do seu sítio web

24-02-2007

Vogal/Galescolas.- O grupo Galescola, com o escopo de colaborar com as mães e pais que, apesar dos numerosos obstáculos, continuam a educar os filhos em galego, vem de disponibilizar através do seu sítio web diversos materiais que possam servir de apoio para uma melhor aprendizagem e adquisiçom da nossa língua por parte das meninas e meninos galegos.

Para poder ter acesso aos materiais disponíveis (textos, contos e canções) nom é necessário mais do que cadastrar-se na lista de correios do grupo Galescola.

A ''Oficina Española de Patentes y Marcas'' aceita a solicitude da Vogal

13-01-2007

A oepm concede o registo do nome "Galescola" à associação Vogal

Vogal / Galescolas.- A ''Oficina Española de Patentes y Marcas'' aceitou numa resolução do passado 16 de Dezembro a solicitude apresentada pola associação Vogal (Viveiro e Observatório das Galescolas), concedendo o registo do nome "Galescola" em favor da associação.

A associação Vogal quer exprimir a sua satisfacção por ver reconhecidos os seus legítimos direitos sobre o nome que ela criou e difundiu e reitera que ninguém está autorizado a usá-lo para outros projectos alheios aos da própria associação.

Ligação à Notícia no PGL

COMUNICADO DA ASSOCIAÇÃO VIVEIRO E OBSERVATÓRIO DE GALESCOLAS (VOGAL)

22-05-2006

A denominação galescola é criação e autoria da Vogal (Viveiro e Observatório das Galescolas) e como tal pertence a esta associação

A iniciativa Galescola nasceu em Novembro de 2004 em torno a um grupo de pessoas pertencentes ao tecido associativo reintegracionista galego. A intenção dos criadores do projecto era dar uma solução às famílias que desejassem escolarizar os seus filhos integramente em galego, especialmente nas cidades.

A solução proposta pelos integrantes da iniciativa Galescola foi a criação duma rede de cooperativas de ensino em que o galego e uma língua estrangeira (especialmente o inglês) fossem as línguas veiculares do ensino. Também se deveria dar importância à presença das novas tecnologias e ao contacto entre a Galiza e os outros países de expressão galego-portuguesa. Em suma, a solução consistia em fornecer ensino de qualidade em galego.

A cristalização deste projecto teve lugar no dia 7 de Maio de 2005 com a fundação da associação VOGAL (Viveiro e Observatório de Galescolas), admitida no registo de associações da 'Xunta de Galicia' a 12 de Julho de 2005. A associação tem como objectivos colaborar na criação de cooperativas de ensino dentro da rede Galescola e agir como coordenadora e supervisora delas.

Durante os meses seguintes à sua fundação, o trabalho da associação consistiu na localização de famílias e professorado com interesse no projecto e também na procura dum local para a primeira galescola em Vigo.

Simultaneamente a VOGAL difundiu publicamente o seu projecto por diferentes vias, entre elas a apresentação da iniciativa Galescola no centro social A Reviravolta de Pontevedra (19-05-2005) e pouco depois no centro social A Revolta de Vigo (09-06-2005). No mês de Julho do mesmo ano, o jornal Novas da Galiza publicou uma entrevista com o vice-presidente da associação VOGAL.

A presidenta da associação manteve uma reunião com a secretária geral de Igualdade, Carme Adán, no dia 17 de Novembro de 2005. A secretária manifestou o seu interesse no projecto, e também o do vice-presidente Anxo Quintana. Na semana passada, surpressivamente, Carme Adán comunicou à presidenta da Vogal a intenção da Vice-Presidência de lançar nessa mesma semana uma rede de escolas infantis sob o nome Galescola.

A associação Vogal, que se considera gravemente prejudicada pelo aproveitamento ilegítimo do nome por parte da Xunta, iniciará as acções administrativas e judiciárias necessárias para defender os seus direitos como legítima proprietária, e contactará oficialmente com a Vice-Presidência para manifestar-lhe o seu mal-estar e estudar as possíveis saídas a este conflito de interesses.

Pode-se contactar com a associação directamente através do endereço-e escolaemgalego[arroba]yahoo.com.br

Notícia: "Junta lança programa de infantários em galego sob a denominaçom Galescola "

11-05-2006

A Junta da Galiza tem previsto anunciar amanhã, sexta feira, um programa em colaboraçom com a FEGAMP para a criaçom de infantários em galego sob a denominaçom “Galescola”. Porém, esta denominaçom vinha e continua sendo utilizada por parte duma iniciativa civil, nucleada em torno da associaçom VOGAL (Viveiro e Observatório das Galescolas).

Segundo tem transcendido nas últimas horas, a Junta da Galiza visa pôr em andamento um programa para a criaçom de centros de infância de 0 a 3 anos em colaboraçom com a FEGAMP (Federaçom Galega de Municípios e Províncias), onde o galego seja a língua veicular e de ensino. Outras concreções do programa como a da habilitaçom lingüística dos docentes, virám a ser explicados e concretados provavelmente amanhã na apresentaçom do programa.

A toma do nome “Galescola”, denominaçom que já vinha e continua sendo usado e difundido pola associaçom VOGAL (Viveiro e Observatório das Galescolas), iniciativa surgida no âmbito do reintegracionismo, e que nom lhe foi solicitada, demonstra mais uma vez o dinamismo do trabalho desenvolvido a diário desde o reintegracionismo na defesa, promoçom e valorizaçom da nossa língua.

A VOGAL, que nom foi consultada de forma prévia ao processo, manifesta no entanto, a sua vontade de dialogar para tratar de, entre todos, implementar um ensino galego e de qualidade tam necessário e importante para o futuro da nossa língua nesta faixa etária.