Diferenças

Esta página mostra as diferenças entre a revisom do documento que escolheu e a versom actual.


Ligaçom para esta vista de comparaçom

pt_agal:normas:norma_da_agal:morfologia:o_adverbio [17/11/2016 18:48]
ramom [III.10.1. Advérbios de lugar]
pt_agal:normas:norma_da_agal:morfologia:o_adverbio [17/11/2016 20:14] (Actual)
ramom [III.10.9. Advérbios inclusivos e exclusivos]
Linha 24: Linha 24:
  
 | aginha((Também temos a variante //asinha//, forma despalatalizada de //aginha//. Tal como a anterior, é forma arcaica na restante Lusofonia))\\ agora\\ ainda\\ amanhá/amanhã((Na Galiza usa-se maioritariamente a forma //manhá/manhã// com o valor de 'no dia a seguir'))\\ amiúde\\ antano  | antes\\ anteontem\\ cedo\\ dantes\\ daquela\\ decontado  | depois(( Também temos //despois//, variante antiga de //depois//, para este advérbio e noutras locuções que veremos abaixo. O facto de ser mais comum na atualidade deve estar relacionado com a influência do espanhol //después//))\\ doravante\\ entom/então\\ hoje\\ já\\ jamais  | logo\\ nunca\\ ontem((Também temos as variantes //onte, antonte// e //anteonte//, e //trás-antonte// e //trás-anteonte//))\\ ora((agora; forma literária))\\ outrora\\ quando  | sempre\\ tarde\\ trás-anteontem  | | aginha((Também temos a variante //asinha//, forma despalatalizada de //aginha//. Tal como a anterior, é forma arcaica na restante Lusofonia))\\ agora\\ ainda\\ amanhá/amanhã((Na Galiza usa-se maioritariamente a forma //manhá/manhã// com o valor de 'no dia a seguir'))\\ amiúde\\ antano  | antes\\ anteontem\\ cedo\\ dantes\\ daquela\\ decontado  | depois(( Também temos //despois//, variante antiga de //depois//, para este advérbio e noutras locuções que veremos abaixo. O facto de ser mais comum na atualidade deve estar relacionado com a influência do espanhol //después//))\\ doravante\\ entom/então\\ hoje\\ já\\ jamais  | logo\\ nunca\\ ontem((Também temos as variantes //onte, antonte// e //anteonte//, e //trás-antonte// e //trás-anteonte//))\\ ora((agora; forma literária))\\ outrora\\ quando  | sempre\\ tarde\\ trás-anteontem  |
 +
 +=== III.10.2.b Locuções ===
 +
 +| a cotio\\ a desora\\ a meados\\ a miúdo\\ à noite\\ à tarde\\ às vezes  | de contínuo\\ de cote\\ de longe\\ de manhá/manhã\\ de tempos a tempos\\ de vez\\ \\ depois de amanhá/amanhã(( Também temos as variantes galegas //passado manhá// e //despois de manhá//))  | em quando\\ em longe\\ em seguida\\ \\ \\ hoje em dia\\ por agora\\ por enquanto  |
 +
 +
 +===== III.10.3. Advérbios de quantidade =====
 +
 +=== III.10.3.a Formas simples ===
 +
 +| algo\\ apenas\\ assaz\\ avondo\\ bastante\\ bem  | demais\\ demasiado\\ mais\\ meio\\ menos\\ muito (mui)((Também temos as variantes galegas //moi// e //moito//, amplamente estendidas dialetalmente.))  | nada\\ pouco\\ quanto (quam/quão)\\ quase\\ sequer\\ simplesmente  | só\\ somente\\ tanto (tam/tão)\\ todo/tudo\\ unicamente  |
 +
 +=== III.10.3.a Locuções ===
 +
 +| a meias\\ ao menos\\ ao todo  | de muito\\ de pouco\\ de todo  | polo menos(( Também temos a variante //pelo menos//, contraindo //por + o// da mesma maneira que nos outros países de língua portuguesa.))  |
 +
 +
 +===== III.10.4. Advérbios de modo =====
 +
 +=== III.10.4.a Formas simples ===
 +| adrede\\ afeito\\ assim((Também temos a forma //assi//, usada de forma maioritária na Galiza))  | atreu\\ bem\\ como  | debalde\\ depressa\\ devagar  | deveras\\ grátis\\ mal  |
 +
 +Entre os advérbios de modo inclui-se também a maioria dos acabados em -**mente** (//boamente, felizmente//, etc.) e o uso adverbial de alguns adjetivos: //alto, forte, melhor, pior//, etc.
 +
 +=== III.10.4b Locuções ===
 +| a jeito\\ a modo\\ a réu\\ a olhos vistos\\ a sós\\ \\ \\ à toa\\ à vontade | às apalpadelas\\ às avessas\\ às carreiras\\ às direitas\\ às escuras\\ às pressas  | ao contrário\\ ao de leve\\ ao fim\\ ao léu\\ \\ aos poucos\\ \\ \\ \\ com gosto\\ com jeito  | de bom (ou mau) grado\\ de contínuo\\ de cor\\ de esguelha\\ de graça\\ de joelhos\\ de má vontade\\ de regra\\ de repente\\ de socate\\ de súbito  | em balde\\ em geral\\ em vam/vão\\ \\ \\ pouco a pouco  |
 +
 +
 +===== III.10.5. Advérbios afirmativos =====
 +
 +=== III.10.5.a Formas simples ===
 +
 +| abofé((//Abofé// é forma arcaica no resto da Lusofonia))\\ certamente  | decerto\\ efetivamente  | indubitavelmente\\ pois  | realmente\\ sim((Temos também a forma //si//, usada de forma exclusiva na Galiza))  |
 +
 +=== III.10.5.b Locuções ===
 +| com certeza\\ com efeito  | com segurança\\ de certeza\\  | na realidade\\ na verdade  | sem dúvida  |
 +
 +
 +===== III.10.6. Advérbios negativos =====
 +
 +=== III.10.6.a Formas simples ===
 +| nem  | nom/não  |
 +
 +=== III.10.6.b Locuções ===
 +| de forma algumha/alguma\\ de forma nengumha/nenhuma\\ de maneira algumha/alguma\\ de maneira nengumha/nenhuma  | de modo algum\\ de modo nengum/nenhum\\ de nengum/nenhum modo\\ de nengumha/nenhuma forma\\ de nengumha/nenhuma maneira  |
 +
 +
 +===== III.10.7. Advérbios designativos =====
 +| eis  | velaqui  | velaí((//Velaqui// e //velaí// existem como formas populares apenas na Galiza, criadas a partir do infinitivo, usado como imperativo, o pronome de terceira pessoa e os advérbios //aqui// e //aí//))  |
 +
 +
 +===== III.10.8. Advérbios de dúvida =====
 +=== III.10.8.a Formas simples ===
 +| acaso  | porventura\\ possivelmente  | provavelmente\\ quiçá  | seica((Também //sei que//))\\ talvez  |
 +
 +=== III.10.8.b Locuções ===
 +| diz que((Caso a consideremos forma simples, o que seria mais coerente, deverá ser grafada //dizque// ou //disque//, mas a grafia comum nos países de língua portuguesa é hoje em dia //diz que//: //Diz que// [comenta-se que] //é muito inteligente//))  | por acaso  | se calhar  | se quadra  |
 +
 +===== III.10.9. Advérbios inclusivos e exclusivos =====
 +=== III.10.9.a Formas simples ===
 +^  Inclusivos  ^| ^  Exclusivos  ^^
 +| ademais\\ ainda\\ aliás\\ até\\ igualmente | mesmamente\\ mesmo\\ também ((Temos ainda //tamém//, que representa a pronúncia mais habitual na Galiza e ainda, informalmente, em Portugal))\\ inclusive | ::: | apenas\\ exceto\\ exclusivamente\\ senom/senão\\ simplesmente | só\\ somente\\ salvo\\ tampouco((Também, nomeadamente fora da Galiza, //tão-pouco//))\\ unicamente |
 +
 +=== III.10.9.b Locuções ===
 +| além disso\\ além disto\\ a mais\\ igualmente\\ assim também  |  | \\ \\ também nom/não  |
 +
 +
 +===== III.10.10. Advérbios interrogativos =====
 +| De causa  | De lugar  | De modo  | De tempo  |
 +| porque?  | onde?\\ aonde?\\ donde?  | como?  | quando?  |
 +
 +
 +
 +
 +
 +
 +
 +
 +
 +
 +
 +
  
QR Code
QR Code pt_agal:normas:norma_da_agal:morfologia:o_adverbio (generated for current page)