Diferenças

Esta página mostra as diferenças entre a revisom do documento que escolheu e a versom actual.


Ligaçom para esta vista de comparaçom

pt_agal:normas:norma_da_agal:morfologia:o_nome [14/11/2016 19:49]
ramom [III.2.2.1. Nomes que variam quanto ao número: regras]
pt_agal:normas:norma_da_agal:morfologia:o_nome [14/11/2016 19:51] (Actual)
ramom [III.2.2.1. Nomes que variam quanto ao número: regras]
Linha 162: Linha 162:
 === III.2.2.1.a. Primeira regra === === III.2.2.1.a. Primeira regra ===
 Os nomes que em singular acabam em vogal ou -**m** apresentam no plural um -**s** acrescentado à forma de singular (leve-se em conta apenas que o -**m** final passa a -**n**- ao ficar no interior da sílaba): Os nomes que em singular acabam em vogal ou -**m** apresentam no plural um -**s** acrescentado à forma de singular (leve-se em conta apenas que o -**m** final passa a -**n**- ao ficar no interior da sílaba):
-  * //a → as; boi → bois; controlo → controlos//((Também cabe a forma //controle → controles//, cujo uso é habitual no Brasil)); //elite → elites; fole → foles; herói → heróis; hindu → hindus; irmao/irmão → irmaos/irmãos//((Também se pode escrever //irmám/mam// para representar a pronúncia das variedades mais ocidentais da Galiza nestas palavras e outras análogas. Neste caso, a forma de plural correspondente seguiria o modelo de //irmáns, mans//)); //javali → javalis; lei → leis; mole → moles//((Temos também as formas singulares de carácter populares: pelvalfol mol)); //pau → paus; pele → peles; regime → regimes//((Note-se que alguns nomes deslocam o acento nas formas de plural: //carácter → caracteres, espécime → especimes, júnior → juniores, sénior → seniores//, mas no caso de //regimes// (sing. //regime//), a palavra fica grave nos dous números)); //rei → reis; réu → réus; vale → vales//+  * //a → as; boi → bois; controlo → controlos//((Também cabe a forma //controle → controles//, cujo uso é habitual no Brasil)); //elite → elites; fole → foles; herói → heróis; hindu → hindus; irmao/irmão → irmaos/irmãos//((Também se pode escrever //irmám/mam// para representar a pronúncia das variedades mais ocidentais da Galiza nestas palavras e outras análogas. Neste caso, a forma de plural correspondente seguiria o modelo de //irmáns, mans//)); //javali → javalis; lei → leis; mole → moles//((Temos também as formas singulares de carácter popular //folmolpel// //val//, com igual plural: foles, moles, peles, vales)); //pau → paus; pele → peles; regime → regimes//((Note-se que alguns nomes deslocam o acento nas formas de plural: //carácter → caracteres, espécime → especimes, júnior → juniores, sénior → seniores//, mas no caso de //regimes// (sing. //regime//), a palavra fica grave nos dous números)); //rei → reis; réu → réus; vale → vales//
   * //álbum → álbuns; bom → bons; cançom (/canção) → cançons (/canções)//((Para as palavras do tipo pam e cançom temos ainda o plural que figura entre parêntese: consulte-se a segunda regra)); //jovem → jovens; pam (/pão) → pans (/pães); rim → rins//   * //álbum → álbuns; bom → bons; cançom (/canção) → cançons (/canções)//((Para as palavras do tipo pam e cançom temos ainda o plural que figura entre parêntese: consulte-se a segunda regra)); //jovem → jovens; pam (/pão) → pans (/pães); rim → rins//
  
QR Code
QR Code pt_agal:normas:norma_da_agal:morfologia:o_nome (generated for current page)