Outubro 2019
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
 << <   > >>
  1 2 3 4 5 6
7 8 9 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27
28 29 30 31      

  Feeds XML

Concerto na Xebra!

Link: https://www.facebook.com/events/516897918386941/

Alvarito (cantautor, de Pola de Siero)
Infección (Punk, dende Navia)

Escrito em 27-09-13, na categoria: Vários
Chuza!
Concentraçom mensal pola liberdade dos presos independentistas

Link: https://www.facebook.com/events/365440643589601/

Como todas as ultimas sextas-feiras de mês, neste dia 27 de Setembro terám lugar concentraçons solidarias.As reivindicaçons som:
-Reconhecimento da sua condiçom de prisioneiras e prisioneiros políticos.
-Fim da política de dispersom penitenciária.
-Reagrupamento dos membros do coletivo numha prisom em território galego.
-Cessamento do regime de reclusom nos centros de menores.
-Melhora geral das condiçons de vida nas prisóns.

Escrito em 27-09-13, na categoria: Vários
Chuza!
Concerto popular em defensa da sanidade pública da Marinha.

Vem à Xebra! e defende a sanidade pública neste acto organizado po-lo Colectivo Cultural Buril e a Associaçom Cultural Xebra! em colaboraçom coa Plataforma em Defensa da Sanidade Pública na Marinha.
Coida-te dançando em apoio de umha sanidade pública, universal, gratuita e de proximidade neste Concerto em Defensa da Sanidade Pública da Marinha!
A juventude da Marinha reclama que remate a espoliaçom dos serviços públicos e as políticas neoliberais do goberno. Suma-te à reivindicaçom este sábado!

Escrito em 16-09-13, na categoria: Vários
Chuza!
Contra a brutalidade represiva do Estado

A associaçom Xebra! adire-se ao comunicado que mais de 20 coletivos, organizaçons políticas,
associaçons ecologistas, feministas, juvenis e culturais e sindicatos fixerom público hoje.

Contra a brutalidade represiva do Estado

Pola soberanía nacional de Galiza

1º Rechazamos a brutalidade represiva do Estado español que se evidencia na sentenza ditada
onte contra catro independentistas galeg@s. Condenalos a penas de 10 e 18 anos de prisión
é unha barbaridade represiva dun punto de vista democrático perpetrada por un tribunal que
carece das máis mínimas garantías xurídicas esixíbeis e realiza xuízos políticos.
É significativa esta contundencia penal contra quen defenden un lexítimo ideario político,
mentres ladróns de garavata, corruptos, saqueadores do erario público,
incendiarios organizados, etc. campan ás súas anchas.

2º A creación xurídica, por parte da Audiencia Nacional,
dunha suposta ?organización terrorista? a operar en Galiza é,
en mans dun Estado obsesionado coa súa propia ?integridade territorial?
e coa criminalización e persecución dos procesos soberanistas,
un instrumento represivo de primeira orde que levanta a veda para
criminalizar e penalizar organizacións sociais e políticas de signo nacionalista,
contradí as explicacións dadas polas persoas condenadas durante o xuízo e é contraria
ao sentir absolutamente maioritario da sociedade galega. Con esta sentenza,
encontrámonos ante a importación para Galiza da antidemocrática Ley de Partidos.

3º Valoramos que esta sentenza, que evidencia o trunfo das teses mais regresivas para unha
abordaxe en termos penais e policiais das posicións soberanistas,
é unha sentenza política e pretende abrir as portas para a criminalización das persoas
e organizacións que reivindicamos lexitimamente a soberanía nacional do noso país e
a solidariedade coas persoas presas.

4º Chamamos á sociedade galega a concentrarse hoxe ás 20:00 h. en rexime de
auto-convocatoria nas vilas e cidades do noso país para expresar o noso rechazo frontal
a este salto cualitativo que, coa sentenza de Madrid, acaba de dar a represión política.
Hoxe, a solidariedade, por riba de siglas e de diferencias políticas e ideolóxicas,
é unha obriga de calquer demócrata frente a un Estado corrupto e antidemocrático que avanza
nun proceso constante de fascistización. Neste sentido, animamos á sociedade galega
a estar pendente das próximas convocatorias solidarias que se realizarán.

Escrito em 13-09-13, na categoria: Vários
Chuza!
Jornadas de portas abertas

A partir de esta semana começamos a abrir o centro social
todas as sextas e os sábados pola tarde, para que poidades conhece-lo

O horario é o seguinte:

sexta-feira: 20:oo h até peche
sábado: 18:00 h até peche

Agardámos-te!

Escrito em 04-09-13, na categoria: Vários
Chuza!
concerto Mandanga e Aitor Nieve

A segunda-feira teremos no cs Xebra! a Aitor nieve(cantautor bcn)e a Mandanga(punk bcn), será apartir das 20:30 por 3 euros

Escrito em 04-09-13, na categoria: Vários
Chuza!
albinoDj na Xebra!


2step, deep house e UKG este venres depois das oito com albinoDj

Escrito em 09-08-13, na categoria: Vários
Chuza!
Batuko Rabentola em concerto!


Este sábado chegarám ao cenário da Xebra! as Batuko Rabentola a representar um dos géneros musicais tradicionais cabo-verdianos.
O Batuque é umha das danças mais representativas da Ilha de Santiago em Cabo Verde, um dos géneros musicais do seu património inmaterial e a representaçom cultural mais africana. Proibido em época colonial por questons ideológicas a instáncias da igreja, jogou um papel de importância no processo de consciencializaçom da cultura popular cabo-verdiana durante a Luita de Libertaçao Nacional da década dos anos cinquenta, que levou à fim do colonialismo e à independência da república no ano 1975.
Com base em ritmos originais africanos, o Batuque é tocado com um pano que substitue à percussom. As batucadeiras formando um círculo entoam a melodia seguindo um padrom de canto-resposta e do coro emerge umha dançante ao ritmo marcado polo resto do grupo.
Hoje em dia o Batuke passou de ser umha manifestaçom cultural regional a inspirar estilos musicais urbanos contemporâneos com umha ampla representaçom nos artistas das Ilhas do arquipélago cabo-verdiano. Paralelamente emergem grupos de Batuke tradicional na maioria das vezes formados por mulheres como Batuko Rabentola: dança, percussom e inprovisaçom dende Cabo Verde a Burela!
http://www.facebook.com/events/133359423540068/

Escrito em 02-08-13, na categoria: Vários
Chuza!
Apresentaçom do livro de Ramiro Vidal Alvarinho, "Letras de amor e guerra" , e apresentaçom do colectivo poético "Desarraigados" de Burela.


Este sábado contamos coa presença no C.S. Xebra! do colectivo poético "Desarraigados" de Burela, formado por Nuno Pico e Xoel Xeada. Integrantes do grupo musical "Skohlma", num começo nom se sintem interessados pola poesia até ler a Samuel París, baixista da formaçom musical "Terbutalina", e influenciar-se por autores como Charles Bukowski e Allen Ginsberg ou Celso Emílio e Lois Pereiro, intentan achegar a poesia a todo-los públicos e que a gente se sinta identificada coa sua maneira de escreber.
Ramiro Vidal Alvarinho apresentou-nos o seu livro "Letras de Amor e Guerra". É militante da esquerda independentista é autor de artigos de opiniom e poeta. Nado em Ferrol no 1973 numha família operária e filho do éxodo rural da década dos anos setenta.

Escrito em 29-07-13, na categoria: Vários
Chuza!
Concerto Desbrozadora!

este sábado no Xebra!

Escrito em 11-07-13, na categoria: Vários
Chuza!
Um lume novo ao som das Alesancia

As pandereiteiras de Alesancia chegarom ao cenário da Xebra! para fazer dançar às mais imutáveis e riscando os seus instrumentos encherom a noite de som popular que nos fixo festejar o lume novo do jeito mais agradável. Agardamos outras celebraçons junto a vosoutras, obrigadas Alesancia!
http://www.flickr.com/photos/96913218@N06/

Escrito em 03-07-13, na categoria: Vários
Chuza!
Festa do Lume Novo!

Vem a festejar este 23 de Julho às oito e meia ò C. S. Xebra!
Polo serám quentaremo-nos com uns calhos veganos e brincare-mos sobre as lapas do Lume Novo ò som da foliada com as pandereteiras de Alesancia.
Prende com a Xebra! este lume novo e arde de gosto no nosso Centro Social.

Escrito em 19-06-13, na categoria: Vários
Chuza!
assembleia informativa de Ceivar

Seguimos com as atividades no centro social Xebra!, a próxima quinta-feira 13 de junho ás 19:00 teremos com nós à gente do Colectivo anti-repressivo Ceivar, que realizaram umha assembleia informativa sobre o juizo que o próximo 24 de Junho começa na Audiência Nacional contra quatro militantes independentistas, Maria Osório, Antom Santos, Eduardo Vigo e Roberto Rodrigues.
Após a juntança, haverá petiscos solidários.

Escrito em 10-06-13, na categoria: Vários
Chuza!
Obrigadas sócias!

Ainda ressoam nos ouvidos os acordes que Skohlma, The Brosas, Abstrakt e Estruga fixérom soar na Festa de Inauguraçom do Centro Social Xebra!
As actuaçons de este fim-de-semana soubêrom satisfazer às pessoas sócias da Xebra! e transmitirom-nos a energia necessária para seguir avançando em este projecto de auto-organizaçom popular!

Fotografias em http://www.flickr.com/photos/96913218@N06/

Escrito em 07-06-13, na categoria: Vários
Chuza!

<< 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 >>