CENTRO SOCIAL REVOLTA
    Rua Real 12, rés-do-chão.
    Zona Velha. Vigo. Galiza.
    csrevolta@gmail.com

    Abril 2011
    Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
     << < Atual> >>
            1 2 3
    4 5 6 7 8 9 10
    11 12 13 14 15 16 17
    18 19 20 21 22 23 24
    25 26 27 28 29 30  

    DIA DA PÁTRIA

    FUTEBOL 7

    FESTA DA RECONQUISTA

    CONSUMO CONSCIENTE

    VIDEOTECA

    DICIONÁRIO

    Pesquisa no e-Estraviz

    Busca

Arquivos para: Abril 2011

JANTAR POPULAR 1º DE MAIO

26-04-11

Coma é de costume o domingo 1º de maio poderemos desfrutar do jantar popular que organizam o CS Revolta, o CS Faísca e o CS Guindastre. Após as manifestaçons vamos compartilhar a mesa com @s camaradas!. Às 14h00 no CS Faísca (Rua Toledo nº9). Bonos à venda no própio CS Faísca, no CS Revolta ou na taberna O Toural.

Escrito às 23:30:16 nas castegorias: ACTIVIDADES
por csrevolta Email , 59 palavras, 794 leituras   Portuguese (PT)   Chuza!
ABERTURA DO C.S. GALHEIRA E FECHE DO ARRINCADEIRA

19-04-11

Nom deixam de surpreender-nos nos últimos tempos as novas em relaçom à abertura e feche de centros sociais. À triste nova do feche do Arrincadeira de Riba d'Avia acolhemos com satisfaçom a abertura dum novo centro social no ourensano bairro d'O Couto, o C.S. Galheira.

As novas fôrom resenhadas indistintamente polo jornal Novas da Galiza e o portal Galiza Livre. Aliás, neste último informa-se também a abertura dum outro centro social no bairro de Valençá da cidade das burgas.

Escrito às 17:38:49 nas castegorias: ACTIVIDADES
por csrevolta Email , 79 palavras, 471 leituras   Portuguese (PT)   Chuza!
A C ALMUINHA DE MARIM INAUGURA HOJE NOVO LOCAL SOCIAL

15-04-11

Escrito às 16:25:51 nas castegorias: ACTIVIDADES
por csrevolta Email , 0 palavras, 300 leituras   Portuguese (PT)   Chuza!
CENTRO SOCIAL A FOUCE FECHA AS SUAS PORTAS

15-04-11

Reproduzimos o comunicado do Centro Social A Fouce de Bertamiráns:

Tras quase cinco anos de intensa actividade, o Centro Social A Fouce fecha as suas portas. Fôrom anos de esforço voluntário, anos sendo um espaço de referência para a nossa língua, para a nossa cultura e para a dissidência política no Val da Amaía. Fôrom muitos os erros e acertos deste projecto, muitas as caréncias humanas e económicas, muitas as ilussons e a entrega dumhas poucas, muitas as pessoas que compartilhárom momentos e iniciativas arredor deste espaço, muitos os boicotes institucionais e mediáticos, muita a aprendizagem colectiva, muito o que se fijo onde nom havia apenas nada numha vila dormitório como é Bertamiráns. Muito o que se poderia falar deste projecto que a dia de hoje morre como espaço mas que continua como um colectivo: A Fouce. Morre o espaço mas nom morre a ideia de construirmos espaços livres na Amaía, desde as aldeias até as parróquias e vilas. O projecto da Fouce está aberto e vivo para quem se identifique com ele pola sua práctica, aberta a obra na que está todo por fazer para quem nela quera trabalhar. Como colectivo tentaremos furar a censura e as dificultades impostas por quem nos governa e seguir a realizar actividades e conseguir o nosso espaço na casas parroquiais, nas praças e nos espaços públicos aos que tenhamos acesso.

Construamos espaços livres para umha Galiza livre!

Escrito às 16:13:20 nas castegorias: ACTIVIDADES
por csrevolta Email , 234 palavras, 177 leituras   Portuguese (PT)   Chuza!
CENTRO SOCIAL ARREDISTA

13-04-11

No passado 20 de março abria as portas um novo centro social em Compostela, o Centro Social Arredista. Desde o CS A Revolta queremos dar-lhe as boas-vindas precisamente coincidindo em tempo com a má nova do feche pola força doutro, a Casa das Atochas na Corunha.

10, 100, 1000 CENTROS SOCIAIS!!

Escrito às 11:03:41 nas castegorias: ACTIVIDADES
por csrevolta Email , 47 palavras, 361 leituras   Portuguese (PT)   Chuza!
DESPEJO DA CASA DAS ATOCHAS NA CORUNHA

12-04-11

Despejada a Casa das Atochas. Nestes momentos já nom fica nengum d@s noss@s companheir@s na Casa. Vários operários estám a rachar com os telhados, janelas, etc.

Convoca-se à populaçom a umha concentraçom no Obelisco da Corunha esta mesma tarde, da terça-feira 12 de abril, às 20h, assim coma a umha manifestaçom em repulsa do acontecido hoje o sábado 16 de abril às 18h no Campo da lenha.
Porém, os criminais económicos nom podem com aqueles e aquelas que propagam outros jeitos de vida. Nem o uso da força das autoridades fai calar a umha populaçom hoje mais pobre social, política e culturalmente. E resulta bem significativo que se esté nestes momentos a destroçar fisicamente a Casa: de espaço que a empresa de acossamento e coacçons -o agente urbanizador Juan Pérez Paz S.L.- tinha em estado de abandono, agora passa directamente a espaço valeiro. A vida sobra. Mas haberá mais Casas das Atochas e mais vizinh@s inteligentes que destruam a cobiça e reconheçam a luita solidária e de proveito do grupo de pessoas que ali estivérom e que por ali passárom, durante os seus mais de 3 anos de existência.

Escrito às 17:33:54 nas castegorias: ACTIVIDADES
por csrevolta Email , 186 palavras, 259 leituras   Portuguese (PT)   Chuza!