« O Gomes Gaioso coa Irmandinha »

Comunicado da Assembleia do Gomes Gaioso.

18-12-2008

  16:08:55, por csggaioso, 438 palavras  
Categorias: Associaçom

Comunicado da Assembleia do Gomes Gaioso.

Paremos a repressom contra o movimento associativo corunhês

O 23 de Dezembro estám chamadas a declarar nos julgados da Corunha cinco pessoas, todas elas pertencentes a associaçons desta cidade, do ámbito do galeguismo cultural ou da esquerda, por pretensos incidentes relacionados com actos em resposta ao desfile/acto mediático fascista protagonizado pola fantasmagórica Mesa por la Libertad Lingüística, que foi aliás arroupado por diversas entidades da extrema direita (chamativa a presença de Democracia Nacional e de Falange Española de las JONS) convocado para reinvindicar a derogaçom da Lei de Normalizaçom Lingüística e o decreto do galego no ensino. Entre os imputados há membros do Centro Social Gomes Gaioso, mas também forom chamadas a declarar algumhas entidades como tais: Briga, a Associaçom Cultural Alexandre Bóveda, o Centro Social Atreu e, surpreendentemente, as associaçons Arestora e Xacarandaina.

Estas pessoas e colectivos som acusad@s de ?alteraçom da ordem pública?. Pola parte que nos toca, diremos que, com efeito, nom ficamos calad@s nem ficaremos perante as agressons que a língua padece nesta cidade e denunciaremos publicamente a toda instituiçom, associaçom, grupo de pressom ou indivíduo que se destacar na nossa cidade pola sua beligeráncia contra o galego. Nada se nos pode botar em cara por isso, antes ao contrário, o escandaloso é o silêncio inexplicável de alguns e algumhas, ou a morneza, atitude que ante o cariz que está a tomar a situaçom tampouco tem cabimento, dentro dos parámetros da decência moral e intelectual. Por isso, temos que manifestar o nosso total apoio ao grupo de sóci@s imputad@s.

No que di respeito à extensa e variopinta listagem de associaçons chamadas a declarar, só cabe dizer que isto constata a intencionalidade deste juízo, que se vai converter num processo ao associacionismo cultural e à esquerda corunhesa, sob o pretexto de defender o direito à manifestaçom de umha entidade de origens, composiçom e finalidades nom precisamente transparentes nem democráticas, como também nom destacada por atesourar essas qualidades no seu discurso nem no seu agir . Parece que os elementos reaccionários da fiscalia e a judicatura corunhesa funcionam em perfeita sincronizaçom com o fascio corunhês.

Desde o Centro Social Gomes Gaioso denunciamos e condenamos a criminalizaçom ao movimento associativo, ratificamos o nosso compromisso até as últimas conseqüências com a língua e a cultura galegas e apelamos à solidariedade de toda entidade que se considere acreedora de tal compromisso.

Na Galiza em Galego!!! Na Corunha, em Galego!!!

Endereço de trackback para este post

Trackback URL (clique direito e copie atalho/localizaçom do link)

1 comentário

Comentário de: Celso Alvarez Cáccamo [Visitante]
Celso Alvarez Cáccamo

A minha solidariedade com as pessoas imputadas. Impossível solidarizar-me em presença nessa data, porém.

Saúde,
-celso

18-12-2008 @ 23:30

Quem Somos?

Esta entidade nasce com a ideia de integrar todas aquelas pessoas que, de forma aberta, se quigerem implicar na dinamizaçom deste espaço, que visa organizar iniciativas alternativas que pulem pola transformaçom da realidade em que nos desenvolvemos. + info

gomesgaioso@gmail.com

Biografia Gomes Gaioso

Ferramentas administrativas

Busca

powered by b2evolution