CRÓNICA DAS JORNADAS DE ANÁLISE PARA O ENSINO POPULAR (fotos e áudios)

CRÓNICA DAS JORNADAS DE ANÁLISE PARA O ENSINO POPULAR (fotos e áudios)

Nos passados 7 e 8 de Outubro realizárom-se no Pichel as Jornadas de análise para o ensino popular: umha escola para nos fazermos grandes.

Reimundo Norenha inaugurou as jornadas com umha palestra sobre o ideário pedagógico de Carvalho Calero, próximo ao da Instituiçom Livre de Ensino, abordando especialmente a sua atividade como diretor da escola luguesa Fingoi.

Na manhá do sábado Antón Costa analisou polo miúdo as experiências de renovaçom pedagógica de começos do século XX na Galiza, desde os ateneus sindicais até as escolas agrárias. Do mesmo jeito tratou também e as correntes ideológicas que no nosso país estavam empenhadas em construir um modelo de ensino científico, laico e igualitário.
Nesta mesma linha Ernesto Vázquez Sousa detivo-se na experiência das Irmandades da Fala da Corunha e na criaçom por parte delas das Escolas do Ensino Galego, primeira tentativa de construçom de um modelo de ensino cooperativo, nom estatal, por parte do nacionalismo.

Após o jantar a sessom da tarde iniciou-se com umha palestra sobre o quadro normativo do galego no ensino. Eva Yusti Campo (membro do Viveiro e observatório das galescolas) analisou as limitaçons que existem sob o atual quadro legal à escolarizaçom das crianças na nossa língua e as possíveis alternativas a isto.
Sem dúvida umha das palestras que mais interesse levantou entre @s assistentes foi a de Manu Gómez Genua que fijo um percurso pola história e a actualidade das ikastolas navarras, detendo-se também nas práticas pedagógicas deste modelo de ensino alternativo.
Finalmente, Marta Santos e Marcos Lopes apresentárom a escola de ensino galego "Semente" traçando um percurso desde os inícios do grupo promotor até o momento em que já quase estava para abrir. Do mesmo modo tratou-se mais pormenorizadamente o projeto pedagógico e o modelo organizativo com que esta nova escola vai funcionar.

Podedes ouvir todos os áudios no arquivo digital da AGLP :

Marta Santos e Marcos Lopes: Apresentaçom da escola de ensino galego "Semente"

Reimunde Norenha: O ideário pedagógico de Carvalho Calero e a Instituição Livre de Ensino

Antón Costa: Ensino popular e renovaçom pedagógica na Galiza antes de 1936

Ernesto Vasques Souza: As Irmandades da Fala e outras tentativas de galeguizaçom do ensino nos início do século XX

Eva Yusti Campo: Quadro normativo do galego no ensino, limitaçons e alternativas

Manu Gómez Genua: Ikastolas: alicerces de uma Navarra euskalduna

Escrito em 05-11-2011, na categoria: Comissons, lingua
Chuza!

Sem comentários ainda

    SEMENTE

      Somos um grupo de compostelanas e compostelanos decididos a fazer activismo cultural na nossa cidade e comarca. A língua e cultura galegas, a vontade de aprender, de difundir e recuperar os nossos costumes, a nossa história, a nossa música... som os nossos eixos de trabalho.

      Documentário Quatro anos de Gentalha já na rede!

      A Gentalha do Pichel Centro Social O Pichel Loja da Gentalha

        AGENDA DE EVENTOS

          Busca

          O blogue do Apalpador

          powered by b2evolution