O FACHO: Goretti Sanmartín Rei - ?O direito à Normalizaçom Lingüística?

10-10-2012

Agrupaçom Cultural O Facho
Frederico Tápia 12-1º
15011 A Corunha

A Agrupaçom Cultural O Facho de A Corunha convida-lo assistir aos seus ciclos de palestras públicas do período 2012-13

Palestra


O vindouro dia 16 de Outubro, terça (martes), às 7,30 do serám; a ensaísta e directora do Serviço de Normalizaçom Lingüística da U.D.C. Goretti Sanmartín Rei, falará dentro do ciclo ?Língua, Literatura, e Naçom?, com a sua exposiçom intitulada ?O direito à Normalizaçom Lingüística?. O acto celebrará-se na R. Academia Galega, Rua Tabernas n. 11 ? Cidade Velha ? A Corunha.

Goretti Sanmartín Rei, é licenciada e doutora em Filologia Galego-Portuguesa. Actualmente é a directora do Serviço de Normalizaçom Lingüística da Universidade da Corunha. Como estudosa participou em distintas investigaçons entre as que sublinhamos: "A formaçom da língua literária galega durante o século XIX", em colaboraçom com Xosé Manuel Sánchez Rei e Xosé Ramón Freixeiro Mato. "A filosofia política de Ramón Vilar Ponte", em colaboraçom com Mª Pilar Garcia Negro, Luís Garcia Soto e Xesús Blanco Echauri. É membro do Conselho de Redacçom da Revista Galega de Filologia. Assim mesmo é autora de distintas publicaçons entre as que sublinhamos: O teatro de Xan da Cova, Lendo nas marxes. Lingua e compromiso nos paratextos (1863-1936), Os (pre)textos galegos (1863-1936); entre outras muitas

Dia: 16 de Outubro - Hora: 7,30 do serám
Local: R. Academia Galega
R/ Tabernas nº 11- Cidade Velha ? A Corunha

J. Alberte Corral Iglesias
Secretario d?O Facho

O FACHO: ?Moçambique, umha cultura e literatura para descobrir? por Adelino Timóteo

12-09-2012

O FACHO: ?Moçambique, umha cultura e literatura para descobrir?  por Adelino Timóteo

http://archive.org/download/Mozambique_564/AdelinoTimteo.pdf

O escritor, pintor, e jornalista moçambicano, Adelino Timóteo encetou as palestras do novo período 2012-13 intervindo dentro do ciclo "A lusofonia e Nós" com a sua conferencia: Moçambique, umha cultura e literatura por descobrir?

Adelino Timóteo expujo umha ricaz visom sobre o mundo moçambicano para logo se estender sobre o eido literário em particular.
Foi de grande interesse para o publico assistente ouvir na voz do conferencista diversos textos de autores de Moçambique, muitos dos mesmos cargados com funda ironia e beleza. Posteriormente deu a conhecer um pequeno relatório de literatos moçambicanos.

Como sempre ao findar a descriçom o conferenciante mantivo um interessante colóquio com a atenta cidadania assistente.

O FACHO: Adelino Timóteo - ?Moçambique, umha cultura e literatura para descobrir?

01-09-2012

Agrupaçom Cultural O Facho
Frederico Tápia 12-1º
15011 A Corunha

A Agrupaçom Cultural O Facho de A Corunha convida-o assistir aos seus ciclos de palestras públicas do período 2012-13

Palestra

O dia 11 de Setembro, terça, A Agrupaçom Cultural O Facho enceta as suas actividades do período 2012-13 com a palestra ?Moçambique, umha cultura e literatura para descobrir? dentro do ciclo ?A lusofonia e Nós?. A conferencia correrá a cargo do intelectual moçambicano, Adelino Timóteo às 7 e meia do serám no local de CaixaGalicia Banco do Cantom Grande da Corunha.

Adelino Timóteo é um homem comprometido com a realidade moçambicana em múltiplos eidos. Como escritor sublinharemos algumhas das suas obras:
Poesia:?Antologia da Poesia Moçambicana ?Nunca mais é Sábado?, ?Viagem à Grécia através da Ilha de Moçambique? (Prémio Nacional ANEM),?A Fronteira do Sublime?. Poemas de este livro, reunidos em ?De Veneza ao Peito?, e traduzidos ao italiano, Antologiado em "Poesia Sempre", Biblioteca Nacional (Brasil). ?Dos Frutos do Amor e Desamores até à Partida?.( Prémio BCI 2011)
Narrativa:Mulungu, A Virgem da Babilónia, Naçom Pária, Não Chora, Carmen Como jornalista tem um longo périplo em diferentes jornais; ?Diario de Moçambique?, Prémio de jornalismo da SNJ, Jornal Savana? em Beira.

Assim mesmo sublinhamos algumhas das suas exposiçons em tanto que pintor:
Colectivas
Com Ferrão, Silva y Sito em Beira. Workshop com artistas de Zimbabwé e Mozambique. Com Paulo Jorge, Casa de Cultura, Beira
Individuais
?O Muipiti?, Nampula. "Ilhoas Macuas", Maputo e Beira, "Crossing Cultures", Linz, Áustria, "Deixa passar meu povo", Beira. ?Zwischenwelten Frauenwelten" Viena.

Dia: 11 de Setembro ? Hora: 7h, 30m. do serám
Local: NovaGalica Banco ? Cantom Grande
A Corunha

J. Alberte Corral Iglesias
Secretário d?O Facho

O FACHO: Avelino Pousa Antelo

25-08-2012

Agrupaçom Cultural O Facho
Rua: Frederico Tápia 12-1º
15005 A Corunha

A Agrupaçom Cultural O Facho quer mostrar a sua grande tristura pola morte de Avelino Pousa Antelo acontecida o dia 20 de Agosto.

Pousa Antelo sempre manifestou desde a sua mocidade as suas profundas convicçons nacionalistas, sendo membro activo das Mocidades Galeguistas no percurso da II República. A sua entrega em grande parte estivo ligada ao eido agrariano, sendo mostra da mesma o seu compromisso desde a escola agrícola da Granja de Barreiros em Sárria e na Missom Biológica da Galiza, nesta última em parceria com Cruz Gallastegui. A constituiçom e gestom de cooperativas agro-gandeiras como entidades para o desenvolvimento do mundo rural galego é a cerna da sua actividade cívica, temática que assim mesmo se manifesta nos seus livros:
Temas de Agricultura (1951), Cooperativa de explotación comunitaria para unha parroquia rural (1968), ¿Valen ou non as cooperativas comunitarias para o campo galego? (1971), Reforma das Estructuras Agrarias de Galicia (1971), A Escola Agrícola de Granxa Barreiros (1988) e Galicia, tarefa urxente (1992

A nossa agrupaçom em reconhecimento ao permanente compromisso com o País e a sua cultura tivo a bem outorgar-lhe O Facho de Ouro no ano 2007.

Agrupaçom Cultural O Facho

O FACHO: Entrega dos prémios literários: Contos de Nenos para Nenos e de Teatro infantil

03-06-2012

O FACHO: Entrega dos prémios literários: Contos de Nenos para Nenos e de Teatro infantil
O FACHO: Entrega dos prémios literários: Contos de Nenos para Nenos e de Teatro infantil
O FACHO: Entrega dos prémios literários: Contos de Nenos para Nenos e de Teatro infantil
O FACHO: Entrega dos prémios literários: Contos de Nenos para Nenos e de Teatro infantil
O FACHO: Entrega dos prémios literários: Contos de Nenos para Nenos e de Teatro infantil
O FACHO: Entrega dos prémios literários: Contos de Nenos para Nenos e de Teatro infantil
O FACHO: Entrega dos prémios literários: Contos de Nenos para Nenos e de Teatro infantil
O FACHO: Entrega dos prémios literários: Contos de Nenos para Nenos e de Teatro infantil
O FACHO: Entrega dos prémios literários: Contos de Nenos para Nenos e de Teatro infantil
O FACHO: Entrega dos prémios literários: Contos de Nenos para Nenos e de Teatro infantil

A Agrupaçom Cultural O Facho fizo no serám do sábado, dia 2 de Junho do ano que corre, entrega dos diplomas e prémios do Concurso de ?Contos de nenos para nenos? e de ?Teatro Infantil?.

O acto efectuo-se na sala de conferências do Circulo de Artesans da Corunha (Rua de Santo André). No mesmo falárom o membro do júri, Breogam Ribeiro, aosé L. Rodrigues Pardo, presidente da associaçom, e Soledad González Maside, membro da directiva d'O Facho e responsável dos Concursos Literários. Ao mesmo acudírom todos os premiados assim como amigos e familiares.

XABIER P. Docampo
5 de maio de 2012
CARTA ABERTA A MARíA, ANDRÉS, DAVID E ANDRÉ, GAÑADORES DO CONCURSO DE CONTOS "CARLOS CASARES" DO FACHO DO ANO 2012
Benquerida amiga, benqueridos amigos: Non me foi posíbel asistir o sábado á entrega dos vosos premios, mais si quero darvos os meus parabéns polo voso traballo literario.
E quero tamén que saibades que o feito de escribirdes estes contos, como fixeron tamén varias decenas de rapazas e rapaces que non gañaron, e o feito de recibirdes este premio, son dous acontecementos moi importantes e que, xa para sempre, terán lembranza e significado nas vosas vidas.
En primeiro lugar porque se vos outorga un recoñecemento á vosa vocación literaria, a ese feito de que os vosos soños escritos se vexan recoñecidos polas persoas que os len. Iso fai de vós escritores feitos e dereitos.
Pero tamén este suceso conleva unha responsabilidade que vos quero lembrar. Agora formades parte de xeito público e notorio da xente que ofrece o seu esforzo no uso, na defensa e na promoción da lingua galega, a nosa, a vosa. Agora sodes membros dunha sociedad e nada secreta da que formaron parte Rosalía de Castro e Castelao, Otero Pedrayo e Álvaro Cunqueiro, Blanco Amor e Fole, Rafael Dieste e Carlos Casares. Un empeño polo que deron a vida Alexandre Bóveda ou Ánxel Casal e no que seguen miles e miles de homes e mulleres, deses que no noso himno lIes chamamos "os bos e xenerosos", e que mostran cada día o seu esforzo pola defensa da lingua propia de Galicia do xeito máis natural e necesario: falándoa.
Aí, nese compromiso de falar galego a cotío é onde contamos xa con vós para sempre e aí agardo con confianza que nos encontremos.

A miña mellor aperta para os catro.

O FACHO: Resoluçom do Concurso de Teatro Infantil

23-05-2012

Agrupaçom Cultural O Facho
Rua: Frederico Tápia 12-1º
15005 Corunha

Resoluçom do Concurso de Teatro Infantil do Ano 2012.



Depois de ter lido as obras apresentadas ao Concurso de Teatro Infantil convocado polo O Facho; o júri conformado por pessoas de reconhecido prestigio no âmbito teatral galego: Dna. Susana Alejandra Longueira Regueiro, Dn. Xosé Manuel Rabón Lamas, Dn. Francisco Pillado Maior, acordou, por unaminidade, conceder o prêmio à obra presentada sob o lema ?Fora Gaiolas?. Aberta a plica correspondente, resultou ganhadora Dna. Carmen Blanco Sanjurjo com a obra intitulada ?A Fuga?.

Os originais nom premiados poderám ser retirados, no prazo de 30 dias, no local de O Facho, prévio correio dirigido ao endereço postal da Agrupaçom. No caso de que o autor o autora nom resida na Corunha poderá solicitar que lhe sejam enviados por correio postal.

Na cidade d?A Corunha, 15 de Maio 2012


Asso. J. Alberte Corral Iglesias
Secretário d'O Facho

O FACHO: Resoluçom do Concurso de Contos de Nenos para Nenos

23-05-2012

Agrupaçom Cultural O Facho
Rua Frederico Tápia,12-1º
15003 A CORUNHA

http://agal-gz.org/blogues/index.php/ofacho/ o.facho_corunha@yahoo.com.br

A agrupaçom cultural O FACHO tem a honra de lhes comunicar a resoluçom do concurso literário ?Contos de nenos para nenos: CARLOS CASARES? na convocatória do ano 2012, segundo acordo do júri formado polos escritores Xabier P. Docampo, Breogán Riveiro Vázquez, Xosé Manuel Martínez Oca, e Soledade González Maside (sem voto):

1º.- Prémios da Categoria A (Nenos e nenas de 9 a 12 anos)

Primeiro prémio: ?Carta a Pilar? de Andrés Vázquez García
Aluno do CEIP Heloísa Rivadulha, Chantada ( Lugo)
Segundo prémio: ?A néboa? de David Carpacho Pérez
Aluno do IES Manuel Murguia , Arteijo (A Corunha)

2º.- Premios da categoria B. (Rapazes e rapazas de 13 a 16 anos)

Primeiro prémio: ?Unha historia do máis normal?? de María Álvarez Vázquez
Aluna do CPI Terras de Maside, Maside (Ourense)
Segundo prémio: ?Murmurio a media noite? de André Graña Casal
Aluno do Colegio Alborada, Vigo (Pontevedra)

Agradecemos a participaçom de todos os/as concursantes e felicitamos mói especialmente aos ganhadores e ganhadoras.
Parabéns e cumprimentos.

A Corunha, Maio de 2012

Asso.: Soledade González Maside, da Agrupaçom O Facho e secretaria do júri.

O FACHO - Resoluçom do Concurso de Teatro Infantil

16-05-2012

Agrupaçom Cultural O Facho
Rua: Frederico Tápia 12-1º
15005 Corunha

Resoluçom do Concurso de Teatro Infantil do Ano 2012.
 
 
 
Depois de ter lido as obras apresentadas ao Concurso de Teatro Infantil convocado polo O Facho; o júri conformado por pessoas de reconhecido prestigio no âmbito teatral galego: Dna. Susana Alejandra Longueira Regueiro, Dn. Xosé Manuel Rabón Lamas, Dn. Francisco Pillado Maior, acordou, por unaminidade, conceder o prêmio à obra presentada sob o lema ?Fora Gaiolas?. Aberta a plica correspondente, resultou ganhadora Dna. Carmen Blanco Sanjurjo com a obra intitulada ?A Fuga?.

Os originais nom premiados poderám ser retirados, no prazo de 30 dias, no local de O Facho, prévio correio dirigido ao endereço postal da Agrupaçom. No caso de que o autor o autora nom resida na Corunha poderá solicitar que lhe sejam enviados por correio postal.
 
Na cidade d?A Corunha, 15 de Maio 2012


Asso. J. Alberte Corral Iglesias
Secretário d'O Facho

O FACHO -" Valentim Paz Andrade" por Tucho Calvo

13-05-2012

O escritor e jornalista Tucho Calvo interveu dentro das actividades organizadas pola nossa Agrupaçom com o galho das ?Letras Galegas?. A sua palestra decorreu sob o lema ?Valentim Paz Andrade?

Tucho Calvo expujo a sua análise sobre a figura do intelectual, empresário e político, homenageado fazendo finca-pé na lucidez da visom de Paz Andrade cara a construçom de um processo de industrializaçom endógeno da economia galega sem pousar a olhada como para pedir permisso a Madrid, assim como o seu compromisso em permanente evoluçom para com o País.

Como sempre ao findar a descriçom o conferenciante mantivo um interessante colóquio com o público assistente.

O FACHO: "Valentín Paz Andrade" por Tucho Calvo

09-05-2012

O FACHO: "Valentín Paz Andrade" por Tucho Calvo


O escritor e jornalista Tucho Calvo interveu dentro das actividades organizadas pola nossa Agrupaçom com o galho das ?Letras Galegas?. A sua palestra decorreu sob o lema ?Valentim Paz Andrade?

Tucho Calvo expujo a sua análise sobre a figura do intelectual, empresário e político, homenageado fazendo finca-pé na lucidez da visom de Paz Andrade cara a construçom de um processo de industrializaçom endógeno da economia galega sem pousar a olhada como para pedir permisso a Madrid, assim como o seu compromisso em permanente evoluçom para com o País.

Como sempre ao findar a descriçom o conferenciante mantivo um interessante colóquio com o público assistente.

<< 1 ... 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 ... 58 >>

Agrupaçom Cultural O Facho

Agrupaçom Cultural O Facho existe desde o ano 1963. Nasce da vontade conjunta de umha vintena de estudantes, trabalhadores e profissionais liberais d?A Corunha. A ideia é originaria dos daquela hora estudantes de bacharelato, Henrique Harguindey, André Salgueiro, e Xosé Luis Carneiro; respondendo ao seu chamamento posteriormente somárom-se entre outros: Eduardo Martínez, Henrique Iglesias, X. Alberte Corral, Xosé L. Rodríguez, etc... É a primeira agrupaçom de resistência cultural criada numha cidade do Pais polos seus cidadaos, já que O Galo é conformada por estudantes universitários de todo o Pais em Compostela, naquelas datas era a única cidade galega com Universidade. O grupo nasceu cos sinais de identidade da resistência contra o franquismo e da defesa da plena valia da língua e da cultura galega. Existia unha claríssima vocaçom política do que se fazia precisamente porque essa era toda a actividade publica com repercussons políticas que se podia fazer. A defesa da cultura e a língua galega é a cerna do que-fazer d?O Facho, que passou de fazer cultura de resistência nos anos da longa noite de pedra a se constituir hoje numha autentica mostra de resistência da cultura. Desde os primeiros momentos O Facho destaca-se com os seus cursos de língua com apoio de alguns exemplares da ?Gramática do idioma galego? de Manuel Lugrís Freire. Estes cursos tivérom umha importância mui grande na Corunha;. Daquela o galego nom se escrevia apenas e estava expulso da sociedade ?bem pensante?, nem sequer tinha secçom galego a faculdade de Filologia de Compostela. Umha das figuras fundamentais dos cursos foi D. Leandro Carré Alvarellos quem dirigiu esta actividade. Os ciclos dedicados á cultura galega, os encontros nos que se tratava economia e sociedade, os concursos literários. O seu grupo de teatro criado nas primeira datas de existência da Agrupaçom do quem eram responsáveis Manuel Lourenzo, e Francisco Pillado, foi dos pioneiros em representar obras no nosso idioma, tanto de autores galegos como de outras nacionalidades ( Brecht, Ionesco...). Na actualidade, O Facho é consciente dos desafio culturais do século XXI. Agora há que tentar ver o significado que pode ter hoje o sermos galegos num mundo globalizado. A ideia básica é que sermos galegos agora implica ser dumha maneira concreta numha sociedade mundial. Entre as iniciativas mais recentes é a criaçom do Facho de Ouro, um prémio para reivindicar galegos, o que amossa a própria agrupaçom é unha cultura que resiste. d’A Corunha.
+ info

Agrupaçom Cultural O Facho
Apartado de Correios n.º 46, Oficina Principal da Coruña
o_facho_a_cultural@yahoo.com.br

Busca

  Feeds XML

Ferramentas de administraçom

powered by b2evolution