O FACHO: Cathryn Teasley Severino - “A segregaçom de facto de comunidades locais”.

29-11-2014

Agrupaçom Cultural O Facho
Rua: Frederico Tapia 12-1º-C
15005 Crunha

A Agrupaçom Cultural O Facho da Crunha convida-o assistir aos seus ciclos de palestras públicas do período 2014-15

Palestra

O vindouro dia 16 de Dezembro, terça (martes), a Doutora e Professora da UDC, Cathryn Teasley Severino falará dentro do ciclo, Economia, História, e Realidade Social. A sua charla versará sobre: “A segregaçom de facto de comunidades locais”

Cathryn Teasley Severino mantem como eido o fomento da justiça intre-cultural mediante a Pedagogia Crítica, a investigaçom etnográfica, a formaçom do professorado e a Educaçom para a Paz, todo o qual reflecte-se tanto na sua docência como no trabalho da tese de doutoramento sobre a recente incorporaçom do alunado romaní/gitano na Educaçom Secundaria em Espanha.

A professora, Teasley Severino, tem publicado diversos livros entre os que sublinhamos: “Globalizing Cultural Studies: Ethnographic Interventions in Theory, Method, and Policy”, que examina o papel dos Estudos Culturais e a etnografia no âmbito educativo, entre outros. Coordenou, junto com Cameron McCarthy, o volume colectivo “Transnational Perspectives on Culture, Policy and Education: Redirecting Cultural Studies in Neoliberal Times”, que conta com colaboradores/as procedentes de diversos países. “Volver a pensar a educaçom”, livro de dous volumes coordenado polo professor da UDC Jurjo Torres Santomé.
Assim mesmo escreveu múltiplos artigos em revistas de investigaçom etnografica e educativa: Aprendizagens pós-coloniais em tempos neocoloniais, B.A.G.L.P. Os “outros” de sempre: xitanidade, cidadanía e educación, R.G.O. etc...


Dia: 16 de Dezembro 2014 - Hora: 8 do serám
Local: Portas Ártabras
Rua Sinagoga-Cidade Velha – Crunha

J. Alberte Corral Iglesias
Secretário d’O Facho

Todas as palestras podem-se ouvir em: http://agal-gz.org/blogues/index.php/ofacho/

O FACHO: “O momento presente da pesca na Galiza” por Carmen Garcia Negro

27-11-2014

Com grande sucesso, o passado dia 25 de Novembro, a Doutora e Professora, Maria do Carmo Garcia-Negro falou dentro do Ciclo: Economia, História, e Ciências Sociais, com a sua exposiçom intitulada: “O momento presente da pesca na Galiza”.

A sua dilatada experiência e trajectória investigadora fai da professora, Maria do Carmo Garcia-Negro umha das especialistas que melhor conhece o eido da economia da pesca na Galiza. Na sua interessante palestra, a investigadora Carmo Garcia Negro mostrou como os diversos desenvolvimentos das empresas galegas adicadas a captura, produçom, e comercializaçom do pescado ( peixe, vivalvos, etc...) estám presentes no mercado do “peixe” mundial com múltiples e diversas politicas produtivas e económicas

Ao findar a sua exposiçom mantivo um curto mas muito interessante colóquio com os cidadás assistentes.

O FACHO: Maria do Carmo García-Negro - “O momento presente da pesca na Galiza”.

23-11-2014

Agrupaçom Cultural O Facho
Federico Tapia 12-1º
15011 Crunha


A Agrupaçom Cultural “O Facho” d’A Corunha convida-o assistir aos seus ciclos de palestras publicas e abertas do período 2014-15.


Palestra:

O dia 25 de Novembro, a Doutora e Professora, Maria do Carmo García-Negro falará dentro do Ciclo: Economia, História, e Ciências Sociais, com a sua exposiçom intitulada: “O momento presente da pesca na Galiza”.

Carmo Garcia Negro é doutora em Ciências Económicas e Empresariais e professora titular do departamento de Economia Aplicada da USC. Foi directora do Centro de Documentaçom Europeia (1990-1994). Directora do Grupo de Investigaçom de Economia Pesqueira e Recursos Naturais e Directora do Máster em Economia Pesqueira.
As linhas de investigaçom nas que trabalha som: Economia de Galiza, Economia Pesqueira, Estudos de género, Energia, recursos naturais e médios ambiente. É membro da ponência de pesca do projecto de investigaçom "Galiza 2000" dirigido polos investigadores Gómez e Díaz-Castroverde, Santiago de Compostela. Entre os seus trabalhos dirigidos podemos destacar: Censo das indústrias de primeira transformaçom pesqueira. Comercializaçom da pesca no mercado único; Tábuas Input-Output 1995 do sector pesqueiro galego-conserva; Informe da avaliaçom económica dos danos produzidos pola maré negra do "Aegen Sea" (1994-99); Tábua Input-Output pesca-conserva galega 1999 (2000-2001) e Tábuas Input-Output 2000 (em termos físicos) da energia em Galiza, Efeitos a médio e longo prazo sobre a economia pesqueira provocados polos vertidos de petróleo: o caso do Prestige (2003-2006) ·.


Dia: 25 de Novembro 2014 - Hora: 8 do serám
Local: Portas Artabras
Rua Sinagoga 22- Cidade Velha – Crunha

J. Alberte Corral Iglesias
Secretário d'O Facho

A Questom Celta na Galiza por Filipe-Seném Lopes Gomes

13-11-2014

O passado 11 de Novembro, terça, o arqueólogo e historiador, Filipe-Seném Lopes Gomes dissertou dentro do Ciclo, História, Economia e, Ciências Sociais, organizado pola nossa Agrupaçom. A sua exposiçom: “A Questom Celta na Galiza” que foi seguida com grande interesse pola cidadania assistente.

Filipe-Seném, encetou a sua exposiçom perguntando-se se Galiza podia ser considerada um país celta. A continuaçom mostrou com prolixos argumentos tanto arqueológicos como documentais, que tal asseveraçom é certa; ainda que também sublinhou que no País existem outras visons que nom participam deste critério.

Ao findar houvo umha muito interessante debate com o público presente.

O FACHO: “ A desgalizaçom da política galega. Aspectos” por Anjo Quintana

08-11-2014

Com grande sucesso, o passado dia 30 de Outubro o ex-vicepresidente da Junta de Galiza, Anjo Quintana falou dentro do ciclo, Economia, História e C.C. Sociais organizado pola nossa Associaçom, sobre “ A desgalizaçom da política galega. Aspectos” .A sua dilatada experiência como político e activista social.

No desenvolvimento da sua interessante palestra, Anjo Quintana como profundo conhecedor da realidade política galega, mostrou aos assistentes que ateigavam a sala, o perigo de que o povo galego, nestes tempos prévios as grandes mudanças políticas que estám a nascer dentro do Estado espanhol, seja um convidado de pedra por carência de organizaçons políticas que tenham como eixo do seu que-fazer a Galiza como especifidade política. E como esta ausência da nova conformaçom do Estado, levará a Galiza a umha maior servidume como povo e naçom.

A findar a sua exposiçom o conferenciante mantivo um muito interessante colóquio com o público assistente.

O FACHO: Filipe-Seném Lopes - “A Questom Celta na Galiza”.

07-11-2014

Agrupaçom Cultural O Facho
Frederico Tápia 12-1º
15011 Crunha

A Agrupaçom Cultural “O Facho” da Crunha convida-o assistir aos seus ciclos de palestras publicas e abertas do período 2014-15.

Palestra:

O vindouro 11 de Novembro, terça (martes), o arqueólogo e historiador, Filipe-Seném Lopes Gomes falará dentro do Ciclo, História, Economia e, Ciências Sociais, com a sua sua exposiçom: “A Questom Celta na Galiza”.

Filipe-Seném, é um activo intelectual comprometido com a normalizaçom e a dignificaçom cultural de Galiza. É co-fundador de vários colectivos dedicados à sensibilizaçom sobre o património cultural. Criador do boletim “Brigantium” para dar a conhecer e sensibilizar sobre as questons arqueológicas e patrimoniais da cultura de Galiza. Coordena trabalhos de prospecçom arqueológica submarina co Grupo de Investigaçom e resgate Arqueológico Sub-acuático (GIRAS), dirigido por Rafael Mejuto. Assim mesmo é numerário do Instituto José Cornide de Estudos Corunheses. Co-fundador e animador de “Amigos do Museu Arqueológico da Corunha”, inspirador e base de “Amigos dos Museus de Galicia”, associaçom pioneira na sensibilizaçom sobre a imensidade do património cultural de Galicia, com iniciativas como o “Prémio Pedra do Destino” à defesa do património cultural e as “jeiras” ou excursons guiadas ao longo de todo o ano por Galicia, como um jeito de conhecer para querer e defender o património.

É autor de numerosa obra, entre livros e ensaios, só sublinharemos alguns dos mesmos: Os primeiros galegos, Pré-história e arqueologia, História de Galiza (junto outros autores), Os primeiros galegos: pre-história e arqueologia de Galicia, Xaquín Lorenzo “Xocas”, Arqueologia submarina, os materiais procedentes da bádia Corunhesa, O folclore do Castro de Viladonga e da sua contorna, Defender o património cultural, fender esquemas de fracasso, Artesanía de Galicia,Festas populares de Galicia: Nadal, Entroido, Semana Santa, Maios, S. Joám, Magostos, etc...

Dia: 11 de Novembro - Hora: 8 do serám
Local: Portas Artabras
Rua Sinagoga 22- Cidade Velha-Crunha

J. Alberte Corral Iglesias
Secretário d’O Facho

“Câmbios na Economia Galega nas últimas décadas, perspectivas” por Manuel Gonçáles Lopes

29-10-2014

O passado dia 28 de Outubro, o Professor de Economia na USC, Manuel Gonçalves Lopes ofereceu umha interessantíssima palestra dentro do Ciclo, A Economia Galega, Hoje. A sua exposiçom: “Câmbios na Economia Galega nas últimas décadas, perspectivas” foi seguida com grande interesse polos assistentes que ateigavam o salom de actos de Portas Artabras.

A exposiçom desenvolta polo conferencista mostrou como a economia produtiva galega acha-se bloqueada por decisons alheias ao sujeito colectivo que é o povo galego. E como elemento bascular do divorcio entre o desenvolvimento da economia do País e as políticas económicas levadas a cabo pola burocracia de Bruxelas e seguidas servilmente polo actual governo galego e o central em contra do bem-estar da povoaçom galega. Mostrou com diferentes gráficas o desastre a que nos abocárom as concepçons neo-liberais da economia com as suas conseqüências de desemprego e miserabilizaçom dos sectores populares da povoaçom.

Ao findar da conferencia, o professor Gonçalves Lopes mantivo um palpitante colóquio com publico.

O FACHO: Manuel Gonçáles Lopes-“Câmbios na Economia Galega nas últimas décadas, perspectivas"

17-10-2014

Agrupaçom Cultural O Facho
Rua: Frederico Tápia 12-1º
15005 Crunha

Palestra

O dia 28 de Outubro, o Professor de Economia na USC, Manuel Gonçáles Lopes falará dentro do Ciclo, A Economia Galega, Hoje. A sua exposiçom terá como contido: “Câmbios na Economia Galega nas últimas décadas, perspectivas.

Gonçales Lopes é Doutor em C.C.E.E pola USC, trabalhou e ampliou estudos no Reino Unido (U. de Manchester), Dinamarca (Departamento de E. Industrial da Copenhagem Business School), e França (CNRS em Paris). Assim mesmo está em possessom de: Máster of Social Sciencie, Máster of Philosophy pola U. de Manchester. É autor de numerosas publicaçons de âmbito nacional e internacional, nos campos da Economia da Inovaçom e o Desenvolvimento assim como no da Economia Regional na Europa. Ademais do trabalho académico, conta com experiência nas áreas de Cooperaçom para o Desenvolvimento e de Projectos Europeus. Participou em qualidade de investigador principal da USC num projecto da U. de Bergen de Noruega.

Tem publicados diversos ensaios e livros, tanto a título individual como colectivo: Production changes in the Spanish codfishing industry, A diversidade da innovación. Unha perspectiva sectorial, “A colaboración entre universidade e industria no marco dos sistemas rexionais de innovación: o caso galego”, “Capital extranjero e innovación en Galicia”, “El sistema gallego de Innovación: características, debilidades, y potencialidades”, etc...


Dia: 28 de Outubro do 2014 - Hora: 8 do serám
Local: Portas Ártabras
Rua Sinagoga – Cidade Velha

J. Alberte Corral Iglesias
Secretário d’O Facho

As palestras podem ser ouvidas em: http://agal-gz.org/blogues/index.php/ofacho/

O FACHO: “As craves do assalto ao Estado de Bem-Estar” por Antom Losada

16-10-2014

Seguindo com as palestras organizadas pola Agrupaçom Cultural O Facho, o passado dia 14 de Outubro, o professor na USC, Antom Losada Travada, intervéu dentro do ciclo, Economia, História, e Realidade Social, com a sua exposiçom intitulada “As craves do assalto ao Estado de Bem-Estar”

Com umha sala ateigada de público, o professor Antom Losada Travada compartilhou com os assistentes sobre as politicas de saqueios dos bens públicos dos cidadás auspiciados polos políticos da “Casta” em favor das oligarquias financieras.

Ao findar a sua exposiçom houvo um colóquio com grande participaçom dos assistentes.

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 ... 38 >>

Agrupaçom Cultural O Facho

Agrupaçom Cultural O Facho existe desde o ano 1963 . Nasce da vontade conjunta de umha vintena de estudantes, trabalhadores e profissionais liberais d’A Corunha.
+ info

Agrupaçom Cultural O Facho
Rua: Federico Tapia 12-1º
15005 A Corunha
o_facho_a_cultural@yahoo.com.br

Ligações

Busca

Ferramentas do usuário

Feeds XML

powered by b2evolution