«Companheira»

«Companheira»

10-11-07



«Nu na Banheira»
(Autor: Pierre Bonnard)

Artur Alonso.- Se nom fosse por ti talvez nom houvesse conhecido esta alegria, e aquela tristeza, e aquele desengano... mesmo as muitas horas lutado por um algo, inventado simplesmente por nós... se nom fosse por ti a palavra magia teria um outro significado.

depois da paixom o que resta é amor... o quotidiano... parece muito pouco apaixonante... e porém é.

«Companheira»
Artur Alonso Novelhe
Inédito, 2007


Procurei teu nome
            no horizonte
Ainda cantava
o primeiro raio da vida

Como pomba
            instalou-se a luz
Penteou com assombro
o penúltimo assobio
antes da noite falecer

Procurei nascer
do teu ventre aumentar
numa longínqua viagem

E dei
            em te levar
E dei
            em ensonhar-te

como se ainda estivesses
a meu lado
beijando-me a fronte

Escrito ?s 18:08:05 nas castegorias: Poesia do Clube, Artur Alonso

Endereço de trackback para este post

Trackback URL (clique direito e copie atalho/localização do link)

Ainda sem comentários

      O nosso clube é um grupo de galeg@s comprometid@s com a terra e a língua que tencionamos trazer a voz que chega d@s noss@s avôs e d@s avôs d@s nosso@s avôs.

      Somos pessoas que tentamos transmitir liberdade às novas gerações, enfiando palavras que saem do coraçom e enfeitando-as com acordes e melodias.

      http://poetas.agal-gz.org
      novelhe[arroba]gmail[ponto]com
      Agosto 2018
      Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
       << <   > >>
          1 2 3 4 5
      6 7 8 9 10 11 12
      13 14 15 16 17 18 19
      20 21 22 23 24 25 26
      27 28 29 30 31    

      Busca

    multiblog