09:50:56, por da Cultura   , 76 palavras  
Categorias: novas

Observaçom astronómica

23-12-11


O sábado 14 de Janeiro de 2012 Amigas da Cultura e a "Asociación Astronómica Sirio de Pontevedra" organizamos umha visita ao observatório astronómico de Cotobade.
Será a partir das oito da tarde, com saída desde Ponte Vedra.

Para apontar-se ligar nos telefones:
657 745 075 (Xoán) - 650 359 046 (Anjo)
ou no mail amigasdacultura@gmail.com

O dia e hora som susceptíveis a mudanças de última hora dependendo das condiçons atmosféricas.

Cá podedes descarregar um mapa com as instruçons de como chegar até o observatório:
OACchegar.pdf

  19:07:53, por da Cultura   , 119 palavras  
Categorias: novas

Imagens do I Roteiro da Pantalha

25-11-11

Aí vam algumhas fotos do I Roteiro da Pantalha, que decorreu em Cerdedo o passado sábado 19. O tempo respeitou as perto de 50 ánimas da Companha, polo que pudêrom percorrer os caminhos de Cerdedo, Revolta ou Cavenca sem problemas até finalizar o seu percurso na Veiga das Almas.

Full story »

  12:17:03, por da Cultura   , 124 palavras  
Categorias: novas

I Roteiro da Pantalha

12-11-11

O vindouro sábado, 19 de Novembro, às 21:00, convidamos-vos ao I Roteiro da Pantalha que percorrerá os caminhos, os bosques e as aldeias de Cerdedo (Terra de Montes)

A Pantalha sairá desde o cemitério de Cerdedo, passando pola Torrente, ponte e ermida de Santo António, aldeias da Revolta e Cavenca, caminho do Rapenlo, ponte dos Portamuinhos, até as Veighas das Almas.

Nas Veighas das Almas, esconjuro arredor do lume ao cargo da Irmandade Druídica Galaica.

Imprescindível: aparelhos de iluminaçom, a ser possível tradicionais: faróis, candelejas, círios, cabaças talhadas... Nom se desbota qualquer outra caracterizaçom (respeitando a tradiçom).

Após a caminhada, ceia e contacontos em Casa Florinda, Pedre (986 753 180)
Apontar-se antes do dia 15 telefonando para:
687 642 430 (Calros Solla) ou 650 359 046 (Anjo Torres)
ou no mail amigasdacultura@gmail.com
15 euros ? Vagas limitadas

  17:49:22, por da Cultura   , 253 palavras  
Categorias: novas

Contra as AAIs a ENCE e Elnosa

20-10-11

A Associaçom Cultural Amig@s da Cultura apoia a manifestaçom convocada pola APDR para o vindouro 21 de outubro em contra da possível renovaçom das Autorizaçons Ambientais Integradas a esse cancro que, para Ponte Vedra e para toda a Galiza, supom o complexo contaminante ENCE-Elnosa.

Temos umha nova ocasiom de demonstrar que a maioria da vizinhança da Ria de Ponte Vedra está em contra da permanência das duas fábricas em Louriçám, que nom queremos esperar a que a concessom acabe em 2018, que ENCE e Elnosa devem ser fechadas já, porque há razons para denegar-lhes a renovaçom das AAIs e porque seguem a ser umha condena para o meio ambiente, para a pesca e o marisqueio ou para umha exploraçom racional dos recursos florestais.

Sabemos que o mais provável é que nom o faga... mas a Junta do PP tem a possibilidade ainda de arranjar o grave erro que foi a primeira aprovaçom das AAIs polo bipartido PSOE-BNG. Umha aprovaçom que, nunca está de mais lembrá-lo, foi a culminaçom da traiçom cometida por um ?governo progressista? que, contra as suas promessas, consolidou o complexo ENCE-Elnosa em lugar de fechá-lo, e aliás fijo-o com umhas autorizaçons ambientais manifestamente ilegais e feitas à medida de duas empresas incapazes de cumprir a legislaçom ambiental.

Só mantendo o pulso da mobilizaçom popular, da luita iniciada há décadas, temos possibilidades de atingirmos a vitória e podermos recuperar Louriçám e a Ria de Ponte Vedra, agora mesmo sequestradas por ENCE e Elnosa e vítimas do seu terrorismo ambiental.

Ponte Vedra, outubro de 2011

  18:59:52, por da Cultura   , 250 palavras  
Categorias: novas

Apresentaçom da curta-metragem "A Fraternidade dos Cíclopes"‏

10-10-11

A vindoura terça-feira 11 de Outubro apresentaremos a curta-metragem "A Fraternidade dos Cíclopes" de Augusto Fontám.

Terá lugar às 20 horas na Baiuca "A Viúva" de Campanhó.

Full story »

  17:45:45, por da Cultura   , 170 palavras  
Categorias: novas

Subida ao Monte do Seixo (Cerdedo-Terra de Montes)

17-08-11

Da A.C. Amig@s da Cultura convidamos-vos a participar na Subida ao Monte do Seixo que decorrerá o vindouro 27 de agosto (sábado). Será umha visita reivindicativa e festiva à Montanha Mágica quando se cumprem dez anos desde a instalaçom do parque eólico na mesma.

Combinaremos às 10h na Igreja de Cerdedo para, em carros, subirmos até o Seixo. Ali, além de um realizarmos um roteiro (de dificuldade baixa), também haverá tempo para diferentes atividades como o ritual do Lugnasad, jogos populares e a procura do tesouro.

Jantaremos também no monte (cada quem tem de levar a sua comida). Em caso de nom fazer bom tempo para jantar ali, faremo-lo no bar O Meu Lar (Cerdedo).

FORA O PARQUE EÓLICO!

Organiza: o Rato Rabisaco

Apoiam: Asociación Pola Defensa da Ría (Ponte Vedra), Asociación de Mulleres Espadela (Cerdedo), A.C. Canón de Pau (Cotobade), A.C. Trentinán (A Lama), Verbo Xido (Terra de Montes),
Amig@s da Cultura (Ponte Vedra),Vaipolorio (Ponte Vedra), CS Lume! (Vigo), Instituto Galego de Estudos Célticos

Para mais informaçom ligade para o 650 359 04

  11:35:47, por da Cultura   , 309 palavras  
Categorias: novas

Em Ponte Vedra... festas em galego!

13-08-11

Mais um ano chegam as festas da nossa cidade e da Associaçom Cultural Amig@s da Cultura queremos dar a conhecer a nossa opiniom sobre alguns aspectos da programaçom de festas apresentada polo Concelho.

Em primeiro lugar consideramos que a presença da língua galega nas festas é mui escassa, algo que é especialmente evidente (ainda que se fai extensivo a outras atividades) nos concertos onde, mais um ano, só há umha artista a empregar o nosso idioma. Como se nom houvesse hoje bandas e artistas na Galiza que empregam o galego nos mais variados estilos musicais e com grande qualidade, por nom falar no conjunto de países de fala galego-portuguesa. Mas nom, como sempre recorre-se aos artistas de moda da indústria musical espanhola. Pouca confiança demonstram BNG e PSOE na potencialidade da cultura galega e nulo trabalho fam assim no eido da normalizaçom lingüística.

Tampouco concordamos com o facto de os programas de festas editados polo Concelho recolherem celebraçons religiosas como missas ou procissons católicas. A Cámara Municipal tem que guiar-se polo mais firme laicismo e nom pode dar privilégios a umha confissom religiosa sobre as outras nem ofender as pessoas que nom acreditam em nengumha fé ou que, tendo-a, defendem o necessário laicismo das instituiçons públicas.

Neste aspecto também exigimos que a Deputaçom provincial deixe de promocionar as celebraçons católicas e de pôr publicidade na propaganda das mesmas. Mais umha vez, o PP mostra a sua face nacional-católica e integrista, a sua conivência com umha instituiçom opressora, patriarcal, homófoba e totalitária.

Finalmente achamos que o modelo de festas do Concelho segue a ser pouco participativo, nom está o suficientemente aberto à implicaçom das associaçons culturais ou vicinais, e segue a promocionar um lazer mais passivo que ativo, um produto de consumo mais que umha atividade comunitária criadora de identidade e cultura.

Ponte Vedra 100% em galego!

Ponte Vedra, agosto de 2011

  19:51:47, por da Cultura   , 289 palavras  
Categorias: novas

Lástima de bois!

04-08-11

A Associaçom Cultural Amig@s da Cultura quer expressar o seu apoio à manifestaçom contra as touradas convocada por ?Touradas fora de Ponte Vedra? e que decorrerá o vindouro sábado, 13 de agosto, partindo da praça da Peregrina às 20h.

Full story »

  12:37:52, por da Cultura   , 448 palavras  
Categorias: novas

Sem escusas nem trampas, ENCE-Elnosa fora já!

07-06-11

A A.C. Amig@s da Cultura apoia a Marcha que a APDR convoca polo feche do complexo ENCE-Elnosa o vindouro 11 de junho. Também apoiamos a sua reivindicaçom de que nom sejam renovadas as Autorizaçons Ambientais Integradas, posto que, com os dados oficiais na mao, incumprem a legislaçom em matéria de contaminaçom, polo que nom podem continuar a sua atividade incumprindo a lei.

Está já claro que as duas empresas nom querem abandonar Louriçám, é mais, nom assumem que nom podem seguir a partir de 2018 e pressionam à Junta do PP e ao Ministério de Meio Ambiente (PSOE) para que se saltem as leis e permitam a sua continuidade renovando-lhes a concessom com a que levam décadas estragando a ria desde que o regime franquista, pola força e a base de paus, impujo a sua instalaçom.

A crise capitalista nom pode ser umha excusa para tentar manter estas empresas em Ponte Vedra. É necessário já um plano para a recolocaçom laboral dos trabalhadores e trabalhadoras de ENCE e Elnosa, mas nem a Junta nem o Ministério falam disto nem dam passos nessa direçom, tam só procuram comprazer os proprietários das empresas.

Em teoria existe consenso sobre a nom continuidade do complexo no seu empraçamento atual, mas nom podemos confiar-nos porque nom seria a primeira vez que os políticos se pregam aos interesses da empresa, passando por cima da vontade popular maioritária e das suas promessas eleitorais. Nom esqueçamos que o anterior bipartido PSOE-BNG, que ?ia tirar ENCE da ria?, ajudou à sua continuidade renovando as AAI.

ENCE e Elnosa continuam a contaminar, a prejudicar a nossa saúde e danar o nosso entorno. Nem sequer as provas oficiais podem maquilhá-lo, apesar de serem feitas polas próprias empresas e nom pola Junta nem por organismos independentes.

Mas o problema principal do complexo ENCE-Elnosa, como denuncia o ecologismo coerente, é que está a impedir um outro modelo económico, tanto na nossa ria como em boa parte da Galiza. Na ria de Ponte Vedra porque prejudica o setor do marisqueio e da pesca. No conjunto do país porque ao promover o monocultivo do eucalipto, que necessita e depende da pasteira, reforça a tendência ao abandono e à morte do rural e os incêndios florestais, enquanto é um obstáculo para um outro uso do monte e dos seus recursos e para fazer viável um rural vivo.

Por todo isto apoiamos sem duvidá-lo a luita contra o complexo ENCE-Elnosa. A mobilizaçom popular é vital para conseguir o feche da pasteira, e agora mesmo mais que nunca. Nos próximos anos decidirá-se o resultado final desta luita e do nosso esforço e implicaçom, nom das boas palavras dos responsáveis das administraçons, dependerá a vitória.

Ponte Vedra, junho de 2011

  17:36:30, por da Cultura   , 143 palavras  
Categorias: novas

Apresentamos "O ano que chimpamos o cacique", de Calros Solla

20-05-11

Ontem, acompanhad@s polo Xe Freire e o próprio Calros Solla, decorreu na Galeria Sargadelos a apresentaçom do livro "O ano que chimpamos o cacique. Crónica do agrarismo en Cerdedo".

Full story »

<< 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 >>

Agosto 2018
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
 << <   > >>
    1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30 31    

Pesquisa

  Feeds XML

blog software